terça-feira, 29 de julho de 2014

http://shalom-israel-shalom.blogspot.com.br/

POR IEHOUAH QUE VIVE - DESINTEGREM O HAMAS - LIBERTEM E GOVERNEM GAZA E CISJORDÂNIA POIS SOMENTE ISRAEL PODE LIVRAR A HUMANIDADE DOS ASSASSINOS MUÇULMANOS 'FUNDAMENTALISTAS'


terça-feira, Julho 29, 2014

A IGNÓBIL E VERGONHOSA MANIPULAÇÃO NOTICIOSA PROMOVENDO A MENTIRA E A DETURPAÇÃO DOS FACTOS

Sempre foi assim: quando se trata de Israel, a comunicação social continua ao lado da mentira, propagando-a, valorizando-a, prestando um enorme favor ao terrorismo e às suas "razões", fomentando o ódio exacerbado contra os judeus através da transmissão de imagens dúbias, manipuladas e manipuladoras, com o objectivo de vitimizar os terroristas e criar uma acusação global contra os judeus - sempre considerados os "maus da fita."
Isso ficou claramente demonstrado mais uma vez na nojenta e condenável apresentação das notícias de Gaza, ontem à noite, na RTP1, no "Jornal da Noite", através da constante exibição de imagens de sofrimento, massacre e sangue "palestiniano" derramado, e uma quase completa ausência de imagens e informação sobre o sofrimento do povo de Israel, constantemente massacrado pelos ataques e ameaças terroristas vindas de Gaza. Essa informação não convém à RTP...uma televisão do estado que sobrevive à custa da espoliação do dinheiro dos contribuintes que, mesmo que nunca vejam esse canal, são obrigados a sustentar o mesmo através de um ilícito imposto (a que chamo roubo) inserido nas facturas da electricidade...
Ninguém sabe ao certo qual a origem das imagens grotescas repetidamente apresentadas pela TV, uma vez que já mais que uma vez se constatou haver imagens chocantes, especialmente de crianças massacradas, mas cuja origem nada tem a ver com Gaza, mas com a Síria...!
E, não contentes ainda com estas informações tendenciosas e manipuladoras, a RTP e afins apressaram-se a condenar Israel pelo ataque ao hospital Shifa e ao campo de refugiados Shati, entrando na onda das mentiras do Hamas, não se preocupando em esperar pela investigação e confirmação das responsabilidades, sabendo-se claramente que as mesmas explosões que causaram vítimas civis nada tiveram a ver com Israel, mas com o rebentamento de rockets disparados pelos terroristas e que explodiram antes do tempo em território de Gaza.
Tal como a Antena 1, que tenho vindo a ouvir, e que não se cansa de falar dos mortos palestinianos e das casas destruídas, mas não refere uma só vez os 5 soldados israelitas mortos esta manhã nem os rockets que continuam a ser disparados contra território israelita.
Há minutos atrás telefonei às duas redacções (rádio e TV) e, fui respeitosa e educadamente escutado, tendo ficado registada a minha queixa. Seria bom que muitas mais pessoas que amam Israel e entendem o que se está a passar com esta manipulação informativa telefonassem ou escrevessem para as redacções dos vários órgãos de comunicação social no país e região onde residam (jornais, rádios e TVs), mostrando o seu desagrado. Não imaginam o efeito que isto pode ter, pois a comunicação depende em grande parte da opinião pública, e se nós nos mantivermos calados, isso poderá representar para eles um assentimento com a desinformação com que eles saturam as casas dos cidadãos pelo mundo fora.


PROVAS DA RESPONSABILIDADE TERRORISTA DAS EXPLOSÕES EM SHIFA E SHATI
O centro de informações das Forças de Defesa de Israel publicou imagens das trajectórias dos rocketsdisparados ontem pelos terroristas do Hamas e que acabaram por cair no hospital de Shifa e no campo de refugiados de Shati.
A explosão em Shifa, que o Hamas atribuiu a Israel, matou alegadamente 10 pessoas. Outras 10 pessoas terão morrido na explosão no campo de Shati.
As informações entretanto prestadas e confirmadas por Israel mostram que um míssil Fajr-5 disparado pelos terroristas de Gaza acabou por falhar o alvo e atingir Shifa.
A comunicação social foi rápida na informação destas explosões, atribuindo a responsabilização a Israel, não se preocupando minimamente com a investigação dos factos e o apuramento das responsabilidades. Tampouco irão desmentir a notícia errada que ontem deram, pois isso não lhes convém.

5 SOLDADOS ISRAELITAS MORTOS NO ATAQUE VINDO DO TÚNEL

Ontem à noite vários terroristas do Hamas conseguiram infiltrar-se em Israel através de um túnel que entrava 150 metros dentro do território israelita, junto da fronteira de Karni cross e perto dokibbutz Nahal Oz, atacando um quartel das FDI, e disparando um rocket que matou 5 soldados israelitas. O objectivo dos terroristas era sequestrar um ou mais soldados israelitas. Vários disparos foram feitos a partir do quartel, causando uma vítima palestiniana. As vítimas israelitas são soldados de 19, 20 e 21 anos.
É já de 53 o número de vítimas mortais israelitas, havendo neste momento 130 sendo tratados em vários hospitais.


ISRAEL DESTRÓI A CASA DE LÍDER TERRORISTA
A casa de Ismail Haniyeh, um dos principais líderes políticos do Hamas, foi esta noite destruída pelas forças israelitas. Esta moradia situava-se no campo de refugiados Shati. O líder palestiniano não se encontrava na casa, sabendo-se que continua cobardemente escondido algures nos subterrâneos de Gaza.


CENTRAL ELÉCTRICA DE GAZA ATINGIDA PELOS ATAQUES ISRAELITAS

 A única central eléctrica que fornece energia para a Faixa de Gaza deixou de funcionar devido aos bombardeamentos israelitas de ontem à noite e que afectaram o gerador de vapor, atingindo os tanques de combustível, que arderam por completo.
A intensidade das chamas é tão grande, que até há poucos minutos os carros dos bombeiros não tinham possibilidade de se aproximar das mesmas.
Este ataque à central eléctrica é um golpe muito forte às infraestruturas de Gaza. Parte da electricidade para a Faixa de Gaza é comprada a Israel, estando agora o fornecimento também comprometido por causa dos estragos causados a várias linhas de fornecimento.
As principais estações de rádio e TV de Gaza foram também alvo dos ataques da aviação israelita durante esta noite.

Shalom, Israel!

Publicada por Shalom à(s) 7/29/2014 Sem comentários:
Enviar a mensagem por e-mailDê a sua opinião!Partilhar no TwitterPartilhar no FacebookPartilhar no Pinterestsegunda-feira, Julho 28, 2014

6 RAZÕES PORQUE OS PALESTINIANOS INOCENTES ESTÃO A MORRER EM GAZA

O meu amigo Ron Cantor escreveu um excelente artigo sobre a tão incompreendida actuação das Forças de Defesa de Israel em Gaza e as consequentes vítimas "inocentes" da guerra entre um estado de direito e o terrorismo islâmico. Não podia deixar de o transcrever, pois comprova uma realidade que muitos preferem não conhecer, ou que ignoram como resultado da verdadeira manipulação pró-terrorista fomentada pela esmagadora maioria dos órgãos de comunicação social.
Passo a transcrever o excelente artigo. Divulgue por favor entre os seus amigos, para que entendam a realidade ocultada pelos media e sejam esclarecidos sobre a verdade dos factos.

6 RAZÕES PORQUE PALESTINIANOS INOCENTES ESTÃO A MORRER - por Ron Cantor

Durante estas últimas semanas o Hamas disparou mais de 2.500rockets contra Israel - não apenas as cidades do sul, mas alcançando mais de 80% de Israel. Isto vai contra todas as convenções de guerra. Atirar contra não-combatentes é terrorismo. Isso não é permitido pelas convenções de Genebra.
Israel não teve alternativa senão defender-se. Ao fazê-lo, mais de 900 palestinianos morreram. É-nos dito que provavelmente 805 dessas pessoas são civis não-combatentes.
Em primeiro lugar, não podemos confiar nos números que o Hamas nos apresenta, pois são uma organização terrorista mais conhecida pela propaganda do que pela honestidade. Mesmo assim, temos de nos questionar: quem deve ser culpado pelo elevado número de vítimas civis?
Mahmoud Abbas acusou Israel de genocídio. O presidente da Turquia afirmou que "a barbárie de Israel ultrapassou o próprio Hitler." O chefe da ONU condenou recentemente Israel apelidando as nossas acções de defesa como "atrozes." E até John Kerry fez troça da resposta de Israel quando o microfone estava ligado antes de uma entrevista, sem que ele se apercebesse disso.
Contudo, qualquer ser honesto ser humano deveria colocar a culpa inteira aos pés daqueles que começaram o conflito: o Hamas.

1. PORQUE O HAMAS USA AS MULHERES E AS CRIANÇAS COMO ESCUDOS HUMANOS
Existem amplas evidências de que o Hamas coloca crianças à volta dos seus lançadores de rockets. Isso é mais que desumano. O alvo do Hamas é duplo: impedir que Israel destrua os lançadores de rockets, mas, melhor ainda (segundo as suas pervertidas mentes jihadistas), "se Israel responder, podemos desfilar pelas ruas com montes de crianças mortas."
Escutei na CNN uma conselheira de Abbas dizer que nenhuma mãe deveria deixar o seu filho ser usado desta maneira. O argumento dela foi apenas esse - emoções, por causa da evidência das fotos. Mas, para responder à questão dela, essas são as mesmas mães que vão para a TV louvando Alá por os seus filhos terem sido bombistas suicidas. São as mesmas mesmas que andam nas ruas oferecendo doces quando israelitas são assassinados - e que rejubilaram perante as notícias de que o Hamas tinha assassinado 3 adolescentes judeus a sangue frio.
"Aqui está a diferença entre nós: nós usamos a defesa através de mísseis para proteger os nossos civis, e eles estão utilizando os seus civis para proteger os seus mísseis"(Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel).

2. PORQUE O HAMAS ESCONDE ARMAMENTO EM BAIRROS RESIDENCIAIS
Na semana passada foram encontrados 20 rockets dentro de uma escola administrada pelas Nações Unidas! Quando Israel descobre uma coisa dessas, tem uma decisão importante a tomar: ou destrói o depósito de armas, neste caso uma escola, arriscando danos colaterais, ou passa ao lado, sabendo que essas armas serão utilizadas contra Israel, suas tropas e seus cidadãos.
Oh...e mais uma...depois de ter descoberto as armas, a ONU entregou-as à polícia de Gaza, que está sob o controle do Hamas! Elas devolveram-nas para serem usadas contra civis israelitas. Sr. Ban: isso é atrocidade!
Os disparos do tanque das Forças de Defesa de Israel que atingiram o hospital al Aqsa e que infelizmente causaram vítimas civis aconteceram unicamente porque o Hamas armazenava um depósito de mísseis anti-tanque mesmo à beira do hospital. Esses mísseis já mataram pelo menos uma dúzia de soldados israelitas. O Hamas esconde-os propositadamente perto de um hospital, atraindo Israel aos bombardeamentos.
"Ao mesmo tempo que as FDI fazem todos os esforços possíveis para minimizar vítimas civis, o Hamas e a sua táctica deliberada de misturar as actividades terroristas com o ambiente urbano são os grandes e últimos responsáveis" (porta voz das FDI).

Contudo, sejamos claros: há uma grande diferença entre danos colaterais consequentes do esforço de Israel para destruir a capacidade do Hamas em atacar Israel, e aquilo que o Hamas faz: dirigir os ataques aos civis israelitas. Não é por causa de Israel que o Hamas não é bem sucedido nos seus disparos. Mas não é por falta de tentativas: mais de 2.500 rockets em duas semanas e apenas uma vítima mortal.

3. PORQUE OS "INOCENTES" PALESTINIANOS ELEGERAM O HAMAS COMO SEU REPRESENTANTE
Depois que em 2005 Israel deixou Gaza e esperou que houvesse paz, o povo de Gaza elegeu o Hamas para o governo. Eles escolheram o Hamas! Eu entendo que isso se deveu em grande parte ao facto de a Autoridade Palestiniana ser então e agora completamente corrupta e de que os seus políticos enchiam os seus bolsos com o dinheiro vindo para as ajudas humanitárias dos EUA, da ONU e da Europa. Mas, mesmo assim, a alternativa era uma organização terrorista que traria o governo islâmico a Gaza e que sacrificaria os seus filhos e filhas com a mesma quantidade de pensamento necessário para comprar uma barra de chocolate?

4. PORQUE OS "INOCENTES" PALESTINIANOS NÃO SE LEVANTAM CONTRA O HAMAS E IMPEDEM QUE ELES ATIREM ROCKETS CONTRA OS CENTROS POPULACIONAIS ISRAELITAS
Esta forma de terrorismo começou há quase uma década e o Hamas ainda governa em Gaza. O povo não se levantou contra os terroristas. Esta é a terceira vez em cinco anos que eles atraíram sobre si mesmos uma resposta mortífera da parte de Israel por causa do interminável disparo de rockets. E, talvez ontem, depois de mais de 900 habitantes de Gaza terem morrido, eles tivessem que chegasse. O Hamas anunciou então que tinha sequestrado um soldado israelita. Tal como um cão que perde a atenção no momento exacto em que se lhe atira uma bola de ténis, o povo de Gaza saiu imediatamente para as ruas para celebrar o rapto, que nem sequer se confirmou.

5. PORQUE O HAMAS ESCONDE ENTRADAS DE TÚNEIS EM CASAS DE CIVIS E EM MESQUITAS
O diário "Times of Israel" relatou há poucos dias: "Foram descobertas entradas para túneis dentro de casas e mesquitas - afirma o exército."
Muito se falou e escreveu acerca do assim chamado "massacre" na cidade de Shejaya. Há alegações de dezenas de mulheres e crianças inocentes que terão morrido ali. Aquilo que não nos contaram é que existiam ali mais de 100 alvos terroristas, incluindo 2 mesquitas que serviam de bases e de armazéns de armamento para o Hamas.
Além disso, as Forças de Defesa de Israel alertaram os não combatentes para evacuarem a área antes deles entrarem. Será que a Inglaterra avisou Berlim antes de despejar 70.000 toneladas de explosivos sobre a cidade? Claro que os residentes de Berlim não estiveram à espera de telefonemas e folhetos alertando sobre a desgraça que viria sobre eles: 1,7 milhões evacuaram a cidade. No entanto, em Gaza, o Hamas encoraja os seus cidadãos a ficarem e morrer ali.
E ninguém condenou os EUA e a Inglaterra pelo bombardeamento de Berlim. Por quê? Porque não era um acto de agressão, mas de auto-defesa. Da mesma forma, Israel está em Gaza apenas para destruir túneis terroristas e tirar a capacidade ao Hamas para lançar rockets.

6. O HAMAS ESTÁ MARAVILHADO COM O NÚMERO DE VÍTIMAS. ISTO É EXACTAMENTE O QUE ELES QUERIAM
O primeiro-ministro israelita estava certo quando na passada segunda-feira afirmou: "Esta é a mais cruel e grotesca guerra que já vi. Não só o Hamas visa os civis (israelitas), e esconde-se atrás dos seus cidadãos, mas quer também empilhar o maior número possível de mortos para as câmaras de televisão, visando conquistar simpatia."
Sim, enquanto Israel se esforça para evitar a morte de palestinianos, o Hamas quer que eles morram - e quantos mais melhor. Esta é a estratégia deles. Enquanto os comandantes do Hamas se escondem em bunkers subterrâneos, eles regozijam-se à medida que mais e mais gente do seu próprio povo morre pela causa. Mais combustível para a máquina da propaganda.

Então... questione-se...QUEM É O CULPADO?

Shalom!

Publicada por Shalom à(s) 7/28/2014
Enviar a mensagem por e-mailDê a sua opinião!Partilhar no TwitterPartilhar no FacebookPartilhar no Pinterest

Etiquetas: crianças usadas como escudos humanos, guerra em Gaza, hamas, operação "Margem de protecção", os inocentes palestinianos

1 comentário:

Soberano Senhor Iehouah Elohim disse...

Shalom prezado Chaver, pois assim o considero. Fiz 39 hoje e digo que suas postagens são parte do presente que o Creador Iehouah me deu. Obrigado e Ele, Você e também Yeshu'a. Desde que não venha haver nenhuma objeção da sua parte, seus artigos que tenho reproduzido no iehouah.blogspot.com.br também estarão presentes no iehouah.com.br e grupos do de extensão que estou por criar ou movimentar pelo Judaismo Hebraista citando endereço on-line e protegendo integridade do conteúdo. Te solicito e aos internautas sionistas ou amigos de Israel contribuição de material sobre o Professor israelenses Shlomo Sand e sua posição extremamente antissemita, antiisraelense e antijudaica. Se não desejar publicar pode me enviar pelo email judaismohebraista@gmail.com. Quando visitar Salvador da Bahia este humilde cidadão na pessoa civil de Cesar Augusto Cabral Arevalo está à sua disposição. Aqui coopero com uma Rabina e um pastor batista. Obrigado pela atenção - esta postagem é publica mesmo. 015 71 99229472.28 Julho, 2014

Enviar um comentáriodomingo, Julho 27, 2014

O HAMAS REJEITOU A PAZ - ISRAEL VOLTA A ATACAR O TERRORISMO

Os terroristas não querem a paz. Depois de um cessar fogo "humanitário" de quase 24 horas que Israel respeitou integralmente, apesar de alguns disparos derockets do Hamas, o governo israelita aceitou prolongar as tréguas por mais 24 horas. O Hamas não aceitou e começou a disparar rocketsindeterminadamente para o sul de Israel, visando atingir as populações civis. Um dos rockets matou um soldado israelita, elevando para 43 o número das vítimas militares do terrorismo islâmico contra o estado de Israel. 

ISRAEL RETOMOU AS OPERAÇÕES MILITARES
Israel vai retomar as intervenções militares em Gaza, por ar, por terra e por mar. A decisão foi tomada às 10 horas locais, após uma autêntica nuvem de rockets disparados contra o sul de Israel.
Apesar dos apelos da ONU e da cedência de Israel para uma extensão do cessar fogo por mais 24 horas, o grupo terrorista Hamas, indiferente ao sofrimento do povo que alega defender, rejeitou por completo.
Está claramente mais uma vez demonstrado quem não quer a paz...

O HAMAS É UM GRUPO CRIMINOSO E DESUMANO
O Hamas, fazendo jus ao seus instintos criminosos, rejeita toda a forma de assistência médica e mesmo até medicamentos da parte de Israel, uma medida que só vai aumentar o sofrimento das populações de Gaza.
"Até quando enviamos ajuda através da Cruz Vermelha, não há ninguém do outro lado disposto a receber os medicamentos. Eles não querem que o mundo veja a nossa ajuda humanitária" - afirmou a ministra para a Saúde de Israel.

EGIPTO DESTRUIU 13 TÚNEIS DE ACESSO ENTRE GAZA E O SINAI
As Forças de Segurança do Egipto já destruíram 13 túneis recentemente construídos e que ligavam Gaza ao território egípcio do Sinai. Neste últimos meses o Egipto já encerrou cerca de 1000 túneis semelhantes, como consequência do azedar das relações entre o actual governo egípcio e o Hamas, devido ao seu apoio à Irmandade Muçulmana, grupo recentemente deposto pela força do governo egípcio.
Esta manhã Israel destruiu o túnel que foi utilizado para matar 7 soldados israelitas no passado dia 20 de Julho.

Shalom!

Publicada por Shalom à(s) 7/27/2014 Sem comentários: