terça-feira, 15 de julho de 2014

יהוה Iehouah Elohim Adonai seja a recordação de suas imprudências demasiadas Israel. O povo e o exército arquem com a incompetência de seus gestores e estes reconhecidos, (talvez?), como seus verdadeiros inimigos. - Não olhe Iehouah para seus atos, deixe-me amargar por Ti.

Israel analisava a proposta do Egito para uma trégua, uma semana após o início da ofensiva do Exército hebreu contra a Faixa de Gaza, enquanto o Hamas exigia um acordo mais amplo para um cessar-fogo, mas rejeitou a proposta classificando a iniciativa como uma "rendição". O braço armado do Hamas, as brigadas al-Qassam, rejeitou o texto do acordo. “Nossa batalha contra os inimigos continua e irá crescer em ferocidade e intensidade”, afirmou o grupo.