terça-feira, 22 de julho de 2014

IEHOUAH SEJA CONTIGO GRANDE ISRAEL - NA VIDA E NA MORTE SOMENTE IEHOUAH - ESTA É A GENUÍNA LIBERDADE DE TODOS OS POVOS

http://shalom-israel-shalom.blogspot.com.br/
terça-feira, Julho 22, 2014

"NENHUM PAÍS ACEITARIA ROCKETS A CHOVER SOBRE O SEU TERRITÓRIO" - AFIRMOU HOJE BAN KI-MOON, NA SUA VISITA A ISRAEL


Segundo o comandante da brigada "Nahal" do exército israelita, a maior parte dos túneis já terão sido localizados e prontos a serem destruídos.
O comandante Uri Gordon informou ainda que o Hamas tentou sequestrar soldados israelitas, mas sem êxito. "A brigada Nahal tem estado a combater o Hamas há uma semana e atingiu já uma grande parte da infraestrutura terrorista" - acrescentou o comandante israelita.


MAIS DOIS SOLDADOS ISRAELITAS MORTOS
Esta tarde mais 2 soldados israelitas perderam a vida nos confrontos com os terroristas em Gaza, elevando o número de baixas israelitas para 28.
Apesar dos vários esforços para se alcançar uma trégua, o próprio primeiro-ministro israelita afirmou que a operação irá prosseguir até que se consiga alcançar uma tranquilidade sustentável e as capacidades dos terroristas grandemente afectadas.

Os terroristas do Hamas prosseguem o disparo de rocketscontra o sul de Israel e têm tentado entrar no território israelita através dos túneis bem elaborados que andaram a construir nestes últimos 2 anos com o dinheiro dos "benfeitores". Por "benfeitores", entenda-se os otários europeus e americanos, tão "comovidos" com a causa dos "pobres palestinianos" cuja oligarquia vive nos maiores luxos, longe e muito bem protegidos da zona de conflito, e que recebe diariamente centenas de camiões de ajuda material permitidos por Israel.
As imagens que a TV nos transmite de Gaza não mostram a existência de favelas ou barracos, mas antes de muito boas casas e prédios. Mas a auto-vitimização palestiniana convence facilmente os mal-informados e os vulneráveis à des-informação com que os media constantemente nos saturam.


SOLDADO DESAPARECIDO

Oron Shaul está desaparecido. Dos 7 soldados israelitas mortos ontem pelos terroristas do Hamas, apenas 6 corpos apareceram, faltando o corpo deste herói, o que tem originado a ideia de um suposto sequestro ou então da morte do jovem.
Mesmo debaixo de fogo dos inimigos, os soldados israelitas sempre tentam recuperar os corpos dos seus heróis caídos em combate. Esperemos que o mesmo aconteça com o corpo deste herói israelita.


"NENHUM PAÍS ACEITARIA ROCKETS"

De visita à região, o secretário-geral das Nações Unidas, Ban ki-Moon afirmou que se encontrava ali com o coração angustiado:"Mesmo enquanto falamos, há rockets do Hamas e da Jihad Islâmica a cair continuadamente em Israel."
E acrescentou: "Condenamos veementemente os ataques com rockets. Têm de parar imediatamente. Condenamos a utilização de espaços civis, escolas, hospitais e de outras facilidades civis para fins militares. Nenhum país aceitaria rockets a chover sobre o seu território. Todos os países e partidos têm a obrigação de proteger os seus habitantes."
E, por ironia do destino, na altura em que Ban ki-Moon proferia estas palavras, as sirenes de alarme soaram no sul do país. Nada como ver a realidade de perto. Isso convence mais do que muitas palavras...


"AGIREMOS DECIDIDAMENTE PARA ACABAR COM A AMEAÇA" - AFIRMOU NETANYAHU
Na conferência de imprensa conjunta com o secretário-geral da ONU em Tel Aviv, o primeiro-ministro israelita afirmou que Israel"agirá decisivamente para acabar com a ameaça aos seus cidadãos." E acrescentou: "O Hamas constrói túneis terroristas debaixo de hospitais, mesquitas e escolas. A comunidade internacional tem de tomar uma posição clara e responsabilizar o Hamas por rejeitar os esforços de cessar-fogo e reiniciar as hostilidades."
"Eles estão a cometer um duplo crime de guerra. Eles querem mais baixas civis, enquanto que nós não queremos maia baixas civis."
Netanyahu acrescentou ainda que o povo de Gaza "é vítima do brutal regime do Hamas que o mantém refém."
Continuando o foco das acusações contra o Hamas, Netanyahu afirmou ainda a ki-Moon que o Hamas impede as pessoas de irem para os hospitais de campo que Israel construiu para os habitantes de Gaza: "Acredito que o sr. entende isto: é direito de qualquer estado defender-se, e Israel fará o que for necessário para nos defender.
Não é apenas o nosso direito. É a nossa obrigação."


Shalom, Israel!



Poderá também gostar de:

COINCIDÊNCIA DE FILMES?

ISRAEL PREPARADO PARA QUALQUER ATAQUE SÍRIO

O TIRANO AHMADINEJAD DÁ FORÇA AO HEZBOLLAH NA SUA VISITA AO ...

Linkwithin
Publicada por Shalom à(s) 7/22/2014 Sem comentários:
Enviar a mensagem por e-mailDê a sua opinião!Partilhar no TwitterPartilhar no FacebookPartilhar no Pinterest