quinta-feira, 17 de julho de 2014

Israel começa operação terrestre contra Faixa de Gaza


Hoje, 00:26

http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_07_18/Israel-come-a-opera-o-terrestre-contra-Faixa-de-Gaza-7849/



Foto: AP/Mohammed Ballas

O primeiro-ministro de Israel Benjamin Netanyahu ordenou começar a operação terrestre contra a Faixa de Gaza, relata a agência Itar-Tass.

Segundo o secretário de imprensa, citado pela RIA Novosti, a operação visa destruir túneis de terroristas.

A etapa terrestre começou 10 dias depois do início da operação “Margem Protetora”, dirigida contra o Hamas, que até então foi efetuada por ar e mar.

Palestina, Israel, Hamas, conflito, Internacional

Recomendar:

Comentários

#Benaiah Cabral Hoje, 03:56
QUINTA-FEIRA, 17 DE JULHO DE 2014 Governo israelense ordenou ao Exército o início de uma operação terrestre na Faixa de Gaza http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2014/07/leia-o-comunicado-do-governo-de-israel-sobre-a-invasao-de-gaza-4553622.html Leia o comunicado do governo de Israel sobre a invasão de Gaza 17/07/2014 | 18h21 Leia o comunicado do governo de Israel sobre a invasão de Gaza JACK GUEZ/AFP Ofensiva vai incluir operações de infantaria, de artilharia e de inteligência Foto: JACK GUEZ / AFP "O primeiro-ministro e o ministro da Defesa ordenaram que as Forças de Defesa de Israel (FDI) iniciem uma operação terrestre a fim de atingir os túneis subterrâneos de terror construídos em Gaza que conduzem a território israelense. Esse túnel foi usado hoje pela manhã por terroristas do Hamas para entrar em território israelense, com a intenção de causar dano massivo a civis israelenses. As FDI impediram com sucesso essa tentativa de terrorismo. O primeiro-ministro e o ministro da Defesa ordenaram às FDI que façam preparativos para expandir a operação terrestre. A ordem de agir à noite foi aprovada pelo gabinete de segurança, depois que Israel concordou com a proposta egípcia de cessar-fogo que o Hamas rejeitou, continuando a disparar foguetes contra Israel. Nem o Hamas observou o cessar-fogo humanitário proposto pelas Nações Unidas, mantendo o fogo contra Israel. Em razão dos incessantes ataques criminosos do Hamas e de suas perigosas incursões em território israelense, Israel é forçado a defender seus cidadãos. A Operação Margem Protetora continuará até atingir seu objetivo — restaurar a calma e segurança por um longo tempo a seguir, ao mesmo tempo que minar de forma significativa a infraestrutura do Hamas e outros grupos terroristas na Faixa de Gaza." * Jornal Haaretz

#Benaiah Cabral Hoje, 04:03
Por uma consciência voltada para o bem-estar mútuo sou completamente contra Gaza ficar sem o controle do Tsahal, mesmo isto custando vidas israelenses e bloqueios internacionais, pois foi por se retirar de Gaza que Israel armou um inimigo dele e de povos ainda cegos para a armadilha que se desenvolva. Iluminem-se israelenses, o Gabinete ou o Knessete não pode ter mais chances de torná-los alvos fáceis e irônicos de agitadores alérgicos ao povo judeu.