sexta-feira, 25 de julho de 2014

POSTULADO יהוה IEHOUAH A TODA CONSCIÊNCIA LÚCIDA E RESPONSÁVEL DA NAÇÃO BRASILEIRA E DEMAIS POVOS: SOCIALISMO E COMUNISMO SURGIRAM PARA INSPIRAR E NORTEAR A ESTRUTURAÇÃO DE ORGANIZAÇÃO DOS POVOS, PORTANTO NO MOMENTO QUE FORÇAS DE ESQUERDAS SÃO MOVIDAS A FAVOR DO TERRORISMO INTERNACIONAL VISÍVEL NAS ATIVIDADES DO HAMAS ACLAMADO POR MAIORIA PALESTINA, FUNDAMENTA-SE A PERICULOSIDADE DOS MOVIMENTOS DE ESQUERDA, CAOS E INSANIDADE, A EXEMPLO DO CORRUPTO E CORROMPIDO PARTIDO PT, PRESIDENTE DILMA E ATUAL GOVERNO BRASILEIRO. ESTES QUE ATACAM ISRAEL DIPLOMATICAMENTE PARA GANHAR APOIO TERRORISTA E DAS MULTIDÕES ENGANADAS OU AMEDRONTADAS PELO MESMO, NÃO DEVE SER ELEITO PARA NENHUM CARGO BRASILEIRO E CIDADÃOS CONSTRUTIVOS MEDIANTE MEIOS DEMOCRÁTICOS DEVEM EXPURGAR ESSAS EQUIPES INCOMPETENTES DA POLÍTICA E INFLUÊNCIA SOCIAL. CRISTÃOS. JUDEUS E 'LAICOS'; REASSUMAM A POLÍTICA DO SEU PAÍS POR ORDEM E PROGRESSO E DIGAM NÃO AO TERRORISMO INTERNACIONAL




TERÇA-FEIRA, 1 DE JULHO DE 2014

QUEM FINANCIA E, OU, APOIA O HAMAS É O QUÊ ?!

O Exército de Israel destruiu nesta segunda-feira (30) à noite as casas dos dois principais suspeitos do sequestro dos três jovens israelenses encontrados mortos em Hebron, no sul da Cisjordânia ocupada, confirmaram testemunhas à AFP. As casas de Marwane Qawasmeh e de Amer Abu Eisheh, membros do Hamas em Hebron, foram destruídas com explosivos, acrescentaram as fontes consultadas pela AFP. As organizações de defesa dos direitos humanos advertiram para a retomada desse tipo de prática por parte de Israel, de destruir os bens de autores de atentados. De acordo com elas, é a primeira vez que isso acontece desde 2005. Fontes militares israelenses relataram à AFP que o Exército havia derrubado a porta da casa de Marwane Qarasmeh, mas o imóvel continua de pé. Não foram dadas informações sobre a outra residência. Os corpos dos três adolescentes israelenses que sumiram há duas semanas perto da cidade palestina de Hebron, na Cisjordânia, foram encontrados nesta segunda (30). Os três israelenses "foram sequestrados e assassinados a sangue frio por animais em forma de humanos", declarou o líder israelense, citado por seu gabinete. "O Hamas é responsável e o Hamas pagará", advertiu. Gil-Ad Shaer, Naftali Fraenkel, ambos de 16 anos, e Eyal Yifrah, de 19 anos desapareceram perto de um assentamento judeu da Cisjordânia, território sob ocupação de Israel. Naftali Fraenkel também tinha nacionalidade americana.

POSTADO POR SOBERANO SENHOR IEHOUAH ELOHIM ÀS 11:13