sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Que massacre? Só se for da ética e verdade praticada por esta alegada Rede Brasil Atual. Os israelenses estão de parabéns por não aceitarem nuances políticas praticadas por líderes seus ávidos de agradar uma opinião mundial que nunca sequer os respeitou. A política de Israel tem que ser alterada com urgência antes que o desequilíbrio dela arme e impulsione os neuróticos inimigos globais de Israel.

http://www.redebrasilatual.com.br/mundo/2014/08/em-cinco-de-semanas-de-conflito-aprovacao-de-netanyahu-caiu-de-82-para-38-em-israel-4503.html

 MASSACRE DE PALESTINOS

 Com conflito, aprovação de Netanyahu cai de 82% para 38% em Israel Pesquisa divulgada na segunda-feira (25) mostra que índices de satisfação despencaram; apenas quatro dias antes, premiê aparecia com 55% de aprovação por Opera Mundi publicado 29/08/2014 10:51 ABIR SULTAN/EFE Cinco dias após a invasão israelense no território palestino, Netanyahu aparecia com 82% de aprovação São Paulo – A consulta realizada pela emissora local Channel 2 News evidencia uma sensível queda nos índices de aprovação do premiê israelense Benjamin Netanyahu. Pesquisa semelhante feita quatro dias antes, em 21 de agosto, mostrava-o com 55% de aprovação. Três semanas atrás, em 5 de agosto, o índice era de 63%. Em 23 de julho, apenas cinco dias após o Exército israelense ter invadido o território palestino por terra, o chefe de governo aparecia com 82% de aprovação. A maioria dos consultados também defendeu o adiamento do início do ano letivo em certas regiões do país, marcado para a próxima segunda-feira, 1º de setembro. Em uma reunião do gabinete ministerial neste final de semana, Netanyahu externou relutância em prorrogar a data. O Channel 2 News não divulgou informações sobre o número de entrevistados, tampouco sobre margem de erro e a metodologia da pesquisa. A consulta foi realizada pela empresa Shiluv Millward Brown.