domingo, 21 de setembro de 2014

http://palestinalivree.blogspot.com.br/2014/09/revisionismo-palestino-em-busca-de-uma.html?m=1


YESHU'A - JESUS, PALESTINO, MUÇULMANO E TERRORISTA? JAMAIS

sábado, 20 de setembro de 2014

Revisionismo palestino: em busca de uma história


O revisionismo histórico é a espinha dorsal do discurso político e acadêmico palestino. É assim que seus líderes tentam criar uma história "árabe palestina" e uma identidade própria, distinta do violento colonialismo da história árabe-islâmica no Levante.

Os árabes "palestinos" são uma criação recente e sequer existiam antes da criação da OLP em 1965. Um bom exemplo disso é a resolução 194 da ONU (1948) que trata dos refugiados que deixaram o local após a guerra que os países árabes  travaram contra Israel logo após sua independência: os refugiados não eram chamados de "refugiados palestinos", o que faria referência a uma identidade nacional, mas sim de "refugiados da palestina", referindo-se a geografia -- simplesmente o lugar de onde saíram.

Um dos métodos desta tentativa de criar uma história palestina é apresentar Jesus -- que de acordo com as escrituras cristãs era um judeu vivendo na terra da Judéia -- como um palestino, ao mesmo tempo em que o transformam em um profeta islâmico e se apropriam de conceitos cristãos.

 Jesus é um palestino; o abnegado Yasser Arafat é um palestino; Mahmoud Abbas, o mensageiro da paz na terra, é um palestino. Quão grande é esta nação da Santíssima Trindade! "
Al-Hayat Al-Jadida (Jornal oficial do Fatah e da Autoridade Palestina), 30 novembro 2012


Pois é, na "Santíssima Trindade" do jornal da Autoridade Palestina, Jesus é apenas Jesus. Já Arafat era "abnegado" e Mahmoud Abbas o "mensageiro da paz na terra"!

Xeique Muhammad Hussein, o mufti (autoridade religiosa islâmica) de Jerusalém afirma que Jesus era um muçulmano palestino.
Fala exibida no canal oficial da Autoridade Palestina (Fatah), no dia 21 de abril de 2009


Palestina Livre às 15:53
Compartilhar
 
Nenhum comentário:
Postar um comentário

Início
Visualizar versão para a web
Os conflitos no Oriente Médio explicados apenas com fontes árabes


Palestina Livre

Visualizar meu perfil completo
Tecnologia do Blogger

(VER O VÍDEO NO BLOG FONTE)