domingo, 7 de setembro de 2014

http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_09_03/Kerry-critica-Israel-por-anexa-o-de-terras-palestinas-0047/




3 Setembro, 20:35
Kerry critica Israel por anexação de terras palestinas

Foto: East News/AP Photo/Saul Loeb
Foto de arquivo
O Secretário de Estado dos EUA, John Kerry, lançou fortes críticas ao governo israelense por se ter apropriado de centenas de hectares das terras situadas na Cisjordânia a fim de construir ali novos colonatos.

De acordo com o periódico Haaretz, Kerry pretende se encontrar com representantes da direção palestina a fim de debater a “questão da terra” e as vias de regularização do conflito entre Israel a Autoridade Palestina.
Muitos países europeus também se mostram apreensivos pela conduta de Israel. O Reino Unido, França, Espanha e Itália afirmam que a construção de novos colonatos poderá provocar aumento da tensão entre as partes em conflito.
Antes, Israel tinha informado sobre a decisão de tomar conta de 400 hectares na Cisjordânia. A organização israelense Paz Hoje constata que este foi o maior ato de apropriação nos últimos 30 anos.
Palestina, Israel, Cisjordânia, conflito, John Kerry, Internacional
Recomendar:


Comentários
#sergio 3 Setembro, 21:48
Agora eu quero ver o barata obosta qual medidas vao tomar contra esrrael kkkkkkkkkkk si fuderao tropa de fdp agora esrrael ta mandando no pedaço ai cade os machos da UE; a russia não invadiu a crimeia foi a crimeia que se aliou a federação russa seus otarios mas isrrael roubou terra da cisjordãnia
#Mário Limas 4 Setembro, 00:29
Aqui, kerry critica, quase pedindo desculpas por isso...cinismo de apoio ás atrocidades cometidas.


#elderdoria 4 Setembro, 02:28
CADE A ONU? CADE A OTAN? CADE AS SANÇÕES SEUS CINICOS
#Nilvan Oliveira 4 Setembro, 05:12
E ai quais vai ser as sanções contra Israel, onde esta o tal Obama para impor suas sanções, ou sera que vai deixar passar batido, sua moral vai ficar prejudicada perante o mundo, e porque so a Russia tem que ser penalizada.


#ALDagostin 4 Setembro, 06:00
Paizinho safado. Só tem um remédio para deter este golias sanguinário. Uma TSAR resolve tudo. Simples assim.


#Ettore 4 Setembro, 12:22
One word has always been the worst enemy of Israel and its biggest threat: Equality. The concept of “chosen people” is the puzzle to solve and all else in the end it happened because of Destiny. Israel could show the World a new face in the affairs with Palestine. The World would have to reconsider and be grateful to Israel for this change. That would the beginning of a new World that welcomes a new Humankind no longer made of Animals hiding behind a tie. In this new World Religion and Science would be one and the same. http://www.wavevolution.org


#Benaiah Cabral Hoje, 11:27
Realmente a Crimeia não foi invadida e não tinha ou tem por obrigação ser ucraniana quando a Ucrânia se fez da e como Ex União Soviética, pra depois tentar sacanear o perfil russo prevalecente na Crimeia, totalmente diferente de Cisjordânia e Gaza que por toda ótica de observação real e imparcial é Israel com ou sem autorizações alheias. Em 1948 os árabes locais quiseram e travaram uma guerra de destruição em massa com seus vizinhos contra a minoria judaica local e isolada. Até 67 arrotaram o quanto quiseram, até devido enfrentamento. Vão pro colo dos ordinários dos seus apoiadores, os idiotas, porque os lúcidos já haviam se integrado a Israel desde antes, E NEM POR ISSO SÃO JUDEUS OU SIONISTAS, são chutados do colo e Israel deixa se acomodarem como refugiados QUE NENHUM MORALISTA QUIS OU QUER, e na maior sandice possível vai se formando a mentirosa e hipócrita causa palestina. Felizmente sou sionista e hebraista por opção, mas ainda que nao fosse jamais iria vulgarizar minha existência defendendo causas criadas na desinformação e contra-informaçao. Israel pode até enlouquecer e parir um Estado Palestino, mas como um feto morto nunca vai existir/funcionar
Benaiah Cabral