segunda-feira, 1 de setembro de 2014

יהוה Iehouah tem permitido ao povo de Israel antevisão de ameaças e vantagens quanto aos ardis internacionais. Com isso a responsabilidade de impedir as atrocidades costumeiramente praticadas contra o cidadão universal judeu, ao que é ofensivo e degradante a ausência de pena capital correta para os envolvidos com ideologias terroristas. Pessoas dispostas a matar outros aleatoriamente não tem condições de ser mantidas presas ou livres.

http://shalom-israel-shalom.blogspot.com.br/2014/08/soldados-da-onu-fogem-da-siria-e.html?m=1

sábado, Agosto 30, 2014
SOLDADOS DA ONU FOGEM DA SÍRIA E REFUGIAM-SE EM ISRAEL

Segundo informações da TV árabe "Al Jazeera", soldados das forças de paz das Nações Unidas estacionados na Síria estão esta manhã a fugir da região fronteiriça e a abandonar os seus postos, após terem sido atacados pelas forças rebeldes que combatem o regime sírio de Assad, refugiando-se no lado israelita dos Montes Golan.
Segundo as informações actuais, os grupos rebeldes que combatem o regime sírio capturaram 44 militares das forças de paz das Nações Unidas e atacaram tropas filipinas nos Montes Golan.
Segundo o general filipino responsável pelas forças militares filipinas da ONU estacionadas nesta região fronteiriça entre a Síria e Israel, "há combates na região, mas os militares filipinos estão seguros."
Não se sabe ainda se os outros 44 militares das ilhas Fiji que foram sequestrados já foram eventualmente libertos como resultados das negociações entretanto havidas. Sabe-se no entanto que todos "se encontram bem."
Desde 1974 que esta fronteira entre a Síria e Israel é patrulhada por forças militares internacionais da ONU, estando presentemente ali 1.223 soldados provenientes das ilhas Fiji, Índia, Irlanda, Nepal, Holanda e Filipinas.
Esta zona tem estado ultimamente debaixo de tiroteios entre as forças leais ao regime do presidente sírio Assad e as forças rebeldes, com a própria presença de grupos ligados à Al Qaeda.
Shalom, Israel!





http://shalom-israel-shalom.blogspot.com.br/2014/08/membros-do-hamas-capturados-por-israel.html?m=1

sexta-feira, Agosto 29, 2014
MEMBROS DO HAMAS CAPTURADOS POR ISRAEL CONFESSAM CRIMES DE GUERRA

Durante a operação "Margem de Protecção" na Faixa de Gaza, centenas de palestinianos combatentes terroristas do Hamas renderam-se às forças israelitas ou acabaram por ser capturadas pelas mesmas.
Durante os interrogatórios, muitas conclusões extraídas pelo serviços secretos israelitas - Shin Bet - comprovaram que os terroristas islâmicos fizeram "proeminente uso de mesquitas e de hospitais em Gaza como lugares de reunião e refúgio para os terroristas."
Pior ainda foi a "construção de túneis e rampas de lançamento de rockets e ainda a colocação de arsenais junto a infantários e jardins escola."
Soube-se ainda que arsenais foram depositados em escolas e hospitais. Descobriu-se também que líderes do Hamas, vestidos com uniformes da polícia palestiniana, refugiaram-se em hospitais da Faixa de Gaza.
Todas estas e muitas outras confissões feitas pelos prisioneiros palestinianos só vêm confirmar aquilo que há muito tempo Israel tem vindo a dizer ao mundo, ainda que para os meios de comunicação social estas informações mais que comprovadas não despertem qualquer tipo de interesse, de tão viciados na mentira esses meios estão.
Mas, pior ainda, é o facto de o Conselho de Segurança das Nações Unidas continuar a ignorar estas evidências, agindo de forma colaboracionista com o terrorismo islâmico internacional.
Nada de novo, muito menos que nos espante...
Shalom, Israel!
Shalom à(s) 8/29/2014