terça-feira, 30 de setembro de 2014

יהוה Iehouah Tseva'ot conceda aos que combatem o Estado Islâmico inspiração e intuição para manobras e superações próprias de suas Sagradas Energias



http://g1.globo.com/mundo/noticia/2014/09/tropas-curdas-fazem-ofensiva-contra-jihadistas-em-tres-frentes-no-iraque.html


Tropas curdas fazem ofensiva contra jihadistas em três frentes no Iraque
Operações começaram de madrugada em Mossul, Kirkuk e perto da Síria. Peshmergas são apoiados por bombardeios aéreos.
30/09/2014 06h29 - Atualizado em 30/09/2014 06h29
Da France Presse
As forças curdas iniciaram nesta terça-feira (30) na região norte do Iraque uma ofensiva em três frentes contra os jihadistas da organização Estado Islâmico (EI), anunciaram à AFP oficiais "peshmerga".
As operações, que começaram durante a madrugada, acontecem ao norte de Mossul, controlada pelos jihadistas, ao sul da localidade petroleira de Kirkuk e contra uma cidade na fronteira com a Síria.
Um comandante afirmou que os combatentes curdos (peshmergas) entraram na cidade de Rabia, na fronteira com a Síria, depois de assumir o controle de dois vilarejos, As Saudiya e Mahmudiya.
"Os soldados estão lutando no centro de Rabia", afirmou a fonte a respeito da localidade que fica 100 km ao norte de Mossul, a segunda maior cidade do Iraque.
Apoiados por bombardeios aéreos, os peshmergas também atacaram a cidade de Zumar, a 60 km de Mossul.
A fonte peshmerga, que pediu anonimato, não revelou detalhes sobre o apoio aéreo.
Os curdos assumiram o controle de Rabia e Zumar após a ofensiva de junho do EI. Mas após dois meses, os jihadistas atacaram as posições dos peshmergas, que foram obrigados a recuar.
Mais ao sul, as forças curdas assumiram o controle de vilarejos na região de Daquq que estavam sob controle do EI desde junho.
"Libertaram as localidades de Saad e Khaled, e controlam completamente a área após combates violentos", anunciou o general curdo Westa Rasul.
De acordo com o general, os combatentes enfrentaram uma intensa resistência no avanço para Al-Wahda, que fica 30 km ao sul de Kirkuk.