quinta-feira, 11 de setembro de 2014

O Hamas vive da misericórdia israelense que os palestinos não praticam entre si, mantém armas para matar pessoas na base da covardia, usa a imprensa antissemita pra espalhar mentiras decretadas em seu estatuto e ainda quer enganar Israel para rebaixar o Mahmoud Abbas?


http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/mundo/2014/09/11/interna_mundo,446588/hamas-diz-que-pode-negociar-possivel-tregua-diretamente-com-israel.shtml

Assine 0800-­0315000
Correio Braziliense
Concursos
TV Brasí­lia
SuperEsportes
Entretenimento
Classificados
Diários Associados

ASSINE ASSINANTE ANUNCIE CADASTRE-SE CONTATO EXPEDIENTE
Brasília, 11 de setembro de 2014

MUNDO
CAPA BRASIL / POLÍTICA ECONOMIA CIDADES-DF MUNDO DIVERSÃO E ARTE DIVIRTA-SE MAIS CIÊNCIA E SAÚDE TECNOLOGIA TURISMO REVISTA
CORREIO DIGITAL #VCNOCB ESPECIAIS CONCURSOS SUPER ESPORTES EU, ESTUDANTE VÍDEOS FOTOS BLOGS CLASSIFICADOS BUSCA CB
A- A+ TAMANHO DA LETRAENVIARIMPRIMIRCORRIGIR
(0) Comentários Votação:         Compartilhe:Share on facebook Share on twitter Share on orkut More Sharing Services
0

Hamas diz que pode negociar possível trégua diretamente com Israel
No entanto, ministro israelense rejeitou imediatamente qualquer possibilidade de negociação com a organização que controla a Faixa de Gaza

France Presse
Publicação: 11/09/2014 11:48 Atualização:
Gaza - O número dois do Movimento de Resistência Islâmico (Hamas), no exílio, Musa Abu Marzuk, afirmou nesta quinta-feira (11/9) que sua organização poderá ver-se obrigada a negociar diretamente com Israel os próximos passos para uma trégua de longo prazo.

No entanto, um ministro israelense rejeitou imediatamente qualquer possibilidade de negociação com a organização que controla a Faixa de Gaza.

No entanto, Israel e Hamas negociaram indiretamente por intermédio do Egito e, em 26 de agosto, no Cairo, concluíram um cessar-fogo que pôs fim a 50 dias de guerra, onde mais de duas mil pessoas morreram do lado palestinos e mais 70 do lado israelense.

As duas partes decidiram retomar as discussões um mês depois para resolver questões de fundo e transformar o cessar-fogo provisório em uma trégua permanente.

Segundo os acordos concluídos depois da guerra, Israel se comprometeu em suavizar as restrições à importação de mercadorias e de materiais de construção para a Faixa de Gaza. Mas, no momento, quase não houve mudanças na zona, segundo dirigentes palestinos.

"Do ponto de vista da lei islâmica, não há nada de mal em negociar com o ocupante (israelense)", afirmou Abu Marzuk. "Muitas questões que eram tabu em nosso movimento podem ser alvo de discussões", enfatizou ainda.

Leia mais notícias em Mundo

Saiba mais...
 Organização denuncia possíveis crimes de guerra de Israel em Gaza
 Exército israelense abre investigações internas sobre erros em Gaza
 Palestino morre em operação de soldados israelenses na Cisjordânia
 Preso palestino é encontrado morto em penitenciária israelense
Em compensação, o ministro da Ciência israelense Yakov Peri excluiu qualquer negociação direta com o Hamas.

"Até que o Hamas abandone o caminho da violência e do terrorismo, reconheça o direito à existência do Estado de Israel e aceite as condições do Quarteto para a Paz, Israel não realizará negociações diretas com esta organização terrorista", declarou Peri à rádio pública.

Tags: israel diretamente trégua possível negociar hamas
Esta matéria tem: (0) comentários
Não existem comentários ainda
Comentar
Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha
E-mail

Senha
 
Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso
PUBLICIDADE

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

INFIDELIDADE NO CASAMENTO
Casal Angelina Jolie e Brad Pitt incluem traição, dele apenas, no acordo pré-nupcial

PUBLICIDADE

Últimas notíciasMais acessadas
De      até  
13:09 - Al-Qaeda no sul da Ásia reivindica seu primeiro ataque no Paquistão
13:07 - Cameron não descarta ataques aéreos contra Estado Islâmico na Síria
13:01 - Grupo rebelde Boko Haram cercam Maiduguri, cidade no nordeste da Nigéria
12:28 - Homem guardava 50 gatos mortos em seu congelador nos Estados Unidos
12:25 - Ataque com suposto drone americano mata quatro membros da Al-Qaeda no Iêmen
11:57 - Argentina diz ter achado pelo Facebook filho desaparecido há 18 anos
11:50 - Líbano abrirá seu primeiro campo para acolher refugiados sírios
Veja a lista completa »

Diários Associados Clube FM TV Brasília Vrum Lugar Certo Correio Web Dzai D.A Press Fundação
Diários Associados