sábado, 13 de setembro de 2014

São pessoas dessa índole assassina descarada e descabida que supostos 43 traidores do Tsahal querem fazer de conta que estão defendendo. Vão pendurar as línguas com eles! Israel não pode ter outro estado dentro de si e muito menos dessa natureza.



http://shalom-israel-shalom.blogspot.com.br/2014/09/familia-judia-escapa-por-milagre.html?m=1

 ▼
sexta-feira, Setembro 12, 2014
FAMÍLIA JUDIA ESCAPA POR MILAGRE A LINCHAMENTO DOS ÁRABES

Ontem à noite, nos arredores de Jerusalém, uma família de judeus que se dirigia de carro para orar junto ao Muro entrou por um caminho errado, na povoação de Wadi Joz, escapando "por milagre" ao apedrejamento e bloqueio da estrada pelos "pacíficos" palestinianos.
Após ter entrado pela estrada errada nos arredores da capital Jerusalém, o carro foi recebido com uma verdadeira chuva de pedras e tijolos massiços que entraram pelo vidro pára-brisas, naquilo que a mãe da família Etti Cohen descreveu como "um quase linchamento popular". A família conseguiu felizmente escapar com apenas alguns ferimentos ligeiros.
"Sinto que escapámos por milagre" - confessa Cohen no meio de lágrimas. "Quando acordei esta manhã, a primeira coisa que fiz foi chorar histericamente porque não conseguia acreditar que estávamos sãos e salvos em casa."
Apesar de tudo, a família conseguiu mesmo assim chegar junto ao Muro pelas 6 da tarde locais.
"Nós não somos de Jerusalém e por isso usámos um programa de navegação que nos mandou virar à direita - e foi o que fizemos" - recorda Cohen, prosseguindo: "Nos primeiros segundos tudo correu bem."
A família notou então que todas as placas estavam escritas em árabe e que as pessoas que se encontravam naquela estrada estreita olhavam para eles com um olhar tipo: "Por que é que vieram aqui? O que é que estão aqui a fazer?"
Cohen disse então aos restantes familiares que não deviam estar ali, ao que, a filha que estava ao volante acedeu, tentando sair calmamente daquela zona.

VÍTIMAS DE UMA EMBOSCADA
O que se passou é que a família acabou por ser vítima de uma emboscada.
"Um rapaz com uns 12 anos veio de repente bater à janela do meu marido que vinha do lado esquerdo, mesmo enquanto o nosso carro andava...depois ouviram-se gritos e 3 carros barrando a estrada à nossa frente."
"Foi então que os tijolos começaram a voar contra nós, quebrando inicialmente o vidro traseiro do carro. Simplesmente não acreditei que aquilo nos estivesse a acontecer. Logo outras pedras quebraram mais vidros do carro e atingiram alguns de nós. Foi então que a minha filha acelerou e conseguiu fugir dos carros da frente conduzindo o nosso carro por cima do passeio, ao mesmo tempo que eu ligava para a polícia e pus-me simplesmente a gritar. Todos nós gritávamos. O medo era grande."
"O operador da polícia que estava ao telefone disse para abandonarmos imediatamente aquela estrada  porque "era perigosa" e para conduzirmos em direcção ao vale. Pouco depois vimos uma patrulha da polícia israelita."
"Tudo terminou num verdadeiro milagre. O carro ficou completamente danificado, mas tudo bem, desde que estejamos salvos."

Se entrar na zona errada nos arredores de Jerusalém pode acarretar a perda de vida para os judeus, imagine-se o que aconteceria se o governo de Jerusalém cedesse parte da Cidade àquela gente impregnada de tanto ódio e desrespeito pela vida...
Shalom, Israel!

Shalom à(s) 9/12/2014
Partilhar
 
1 comentário:

olga12 Setembro, 2014
Aqui no Brasil também acontece isto quando algum motorista "desatento" tem o azar de entrar em determinadas favelas... Muitos são até mortos! Nada justifica isto exceto o crime.
Se há lugares que não podemos entrar isto deve indicar alguma coisa sobre o tipo de gente que mora neles e, também indicar a ausência do Estado e da lei. Mas, aí já é outra história e, esta muito mais antiga!
Que bom que a família escapou com vida! Embora longe de israel há situações que são semelhantes para ambos os povos, pois há alguns que têm o rótulo de oprimidos e, são eles mesmos os opressores!
Shalom, Israel!

Responder

Carregar mais...


Página inicial
Ver a versão da Web
Acerca de mim

Shalom
Ver o meu perfil completo
Tecnologia do Blogger