sexta-feira, 31 de outubro de 2014

http://shalom-israel-shalom.blogspot.com.br/2014/10/esplanada-do-templo-reaberta-aos.html?m=1


sexta-feira, Outubro 31, 2014

ESPLANADA DO TEMPLO REABERTA AOS MUÇULMANOS

24 horas depois de ter sido encerrada por causa das tensões provocadas pela tentativa de assassinato do rabino Yehudah Glick por um jihadista muçulmano, a esplanada do Templo foi esta manhã reaberta para que os muçulmanos acima de 50 anos de idade e todas as mulheres pudessem ir orar na mesquita de al Aqsa.
Todas as precauções foram no entanto tomadas, mesmo assim não se conseguindo evitar alguns confrontos com manifestantes, neste que é considerado o "Dia da Ira" árabe e que a Fatah aproveitou para fazer incitamento à violência por parte dos palestinianos.
Felizmente não se têm confirmado as piores previsões para este dia em Jerusalém oriental. 
Apesar do provocador presidente palestiniano Mahmoud Abbas ter vociferado a sua habitual "diarreia verbal", afirmando que o fecho do Monte do Templo era "uma declaração de guerra", Israel anunciou claramente que o fecho era temporário e tinha como objectivo"acalmar os ânimos" exacerbados pelo atentado contra um fundamentalista judeu. 
Esta manhã, depois que a polícia israelita negou a entrada a homens com menos de 50 anos, enquanto um dos grupos abandonou o local pacificamente, um grupo de jovens arruaceiros palestinianos tentou mesmo assim invadir o espaço, tendo sido prontamente impedidos pela polícia israelita. Um grande grupo de palestinianos decidiram fazer as suas orações nas ruas próximas do Monte do Templo. 
Não há indícios de que se esteja a caminho de uma "terceira intifada", como alguns já andam a tentar propagar, mas ao mesmo tempo crê-se que estes conflitos em Jerusalém oriental poderão prolongar-se ainda por bastante tempo.

Shalom, Israel!

Sem comentários: