domingo, 19 de outubro de 2014

POBRES, NEGROS E DIFERENTES DO BRASIL E DO MUNDO TEM QUE SER ALERTAS QUANTO AOS QUE TENTAM ENGANÁ-LOS POIS NO ORIENTE-MEDIO OS NOSSOS MAIORES SIMILARES SÃO OS ISRAELENSES SIONISTAS JUDEUS OU ÁRABES


sábado, 18 de outubro de 2014

Centro de Informações palestino sobre policial negra: "africana que veio das selvas da África para matar e profanar nossos lugares santos"




A página oficial do Centro de Informações palestino no Facebook (المركز الفلسطيني للإعلام), com suas mais de 619 mil curtidas, descreve desta maneira um video que mostra uma mulher muçulmana atacando uma soldado/policial negra que fazia a segurança de pontos turísticos em Jerusalém:

#شاهد ..مقدسية حرة تضرب و"تشد شعر" مجندة صهيونية افريقية جاءت من ادغال افريقيا لتقتل وتدنس مقدساتنا

"Em Jerusalém [mulher] bate e puxa o cabelo de uma soldado sionista africana que veio das selvas da África para matar e profanar nossos lugares santos".

Este tipo de comentário é perfeitamente aceitável em países árabes. É muito comum ver a imprensa e a população destes países se referirem publicamente a um negro como عبد (escravo). 
Até o momento nenhum dos comentaristas -- que louvam efusivamente o ataque -- criticou o uso da descrição racista. 


Nenhum comentário: