quinta-feira, 16 de outubro de 2014

REFLEXÃO COMPARTILHADA. Em יהוה Iehouah Yehowah

Reflexão compartilhada. Tenho 39 anos, minha mãe 64. Apoiamos Aécio abertamente. Ela nasceu e cresceu sem vantagens sociais, escolaridade limitada a quarta série. Eu me limitei na oitava. Ela prosperou diversas vezes por esforços legais. Faliu ficando na extremissima miséria. Nunca reclamou do governo, família, ex-esposo ou Deus. Eu fui me adaptando a cada situação, não progredi como ela, mas também não reclamei dos outros. Aos 40 anos ela se converteu a Jesus na Universal e dez anos depois voltou a prosperar. Eu aos 26 - 10 anos depois de desistir dos estudos - renasci iniciando uma vida hebraica de escolha propria. Durante mais dez anos eu e ela, separados, vivemos experiências únicas e agora por mais de três anos estamos unidos em nova fase de nossas vidas. Jamais fomos prejudicados ou amarrados por nenhum tipo de capitalismo e por alguns anos temos ajudado muitos a tê-lo como ferramenta e habilidade. Hoje sou dez mil por cento político. Antes eu era nulo. Neste momento o melhor pra meu país Brasil e estado Bahia é que Aécio seja eleito e apoiado. Se não for, sou brasileiro e serei pelo bem-estar de minha nação. Apenas, com a decepção de ver uma formação política destrutiva, pró terrorista e criminosa no poder, em parte porque ainda acreditamos que quem diz ser coitado e fraco é padrão de honestidade e que rico é sinônimo de maldade. Ainda somos incapazes de colar as bundas na Livraria Saraiva do Iguatemi ou Leitura do Shopping Salvador Norte em São Cristóvão e ver com os olhos da mente o que é política internacional, nacional, teoria da conspiração, porque os velhos socialismo e comunismo fracassaram, porque judeus são caçados por 3.500 anos e como as multidões são controladas por lideranças facistas socialistas em detrimento de tudo que exale liberdade nesta vida. Lula que foi eleito não foi nada para o Brasil. Quem apareceu foi o Lula Capitalista, tucano, pmdbedista e isca de socialista. Depois de 8 anos, o Pt cuspiu em todos e no povo brasileiro à vontade...