sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Com relação aos palestinos, o ministro contou que sempre há tentativa de diálogo por parte dos israelenses. Kahlon espera que o diálogo iniciado nas últimas semanas avance para que assim “todos os problemas sejam solucionados e possamos ter um Israel forte e seguro para os nossos descendentes”.









Divisão Feminina

Dor Achshav

Dor Hemshech

Empresários

Marcha da Vida

Fundos e Legados

Fundo Comunitário

Pequenas Comunidades

Profissionais Liberais

Ministro das Comunicações de Israel em visita ao Brasil






No dia 10 de março de 2010, aconteceu um almoço na Hebraica de São Paulo com a presença do Ministro das Comunicações de Israel, Moshe Kahlon e de sua esposa, que contou sobre sua trajetória para ativistas do Fundo Comunitário e líderes da comunidade judaica.

O ministro compartilhou com os presentes que ele e sua família foram beneficiados pelos projetos do Keren Hayesod. Graças a esta oportunidade, ele teve a chance de progredir. O presidente do Fundo Comunitário, Nilton Serson completou: “Por sua história de vida, Kahlon é a pessoa certa para transmitir a mensagem do Keren Hayesod, que há 90 anos muda a vida das pessoas”.

Membro do partido Likud, Moshe Kahlon é parlamentar há oito anos e se tornou ministro das Comunicações há um ano e meio. Disse que não tinha aspiração de ser político “mas essa porta se abriu então tive que aproveitar”. Assim como o convite de vir ao Brasil. “O governo de Israel valoriza muito o trabalho realizado pelo Keren Hayesod. Quando me convidaram vir a São Paulo conhecer uma das comunidades mais importante da América Latina aceitei imediatamente”.

O ministro também aproveitou a ocasião para expor a situação de Israel nos campos que ele considera mais importantes: economia e segurança. Com relação aos palestinos, o ministro contou que sempre há tentativa de diálogo por parte dos israelenses. Kahlon espera que o diálogo iniciado nas últimas semanas avance para que assim “todos os problemas sejam solucionados e possamos ter um Israel forte e seguro para os nossos descendentes”.

O presidente da Hebraica, Arthur Rotenberg ressaltou o quão importante é o estreitamento de laços entre Brasil e Israel, “especialmente no setor das telecomunicações”. Boris Ber, presidente da Fisesp, acrescentou: “É um intercâmbio de boas notícias e novidades tecnológicas”.