quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Ei Espanha: Que tal se medidas extremas forem adotadas contra você?


Israel critica voto dos Congresso espanhol a favor do Estado palestino
Voto estimula palestinos a adotar posições extremisQue tal tas, diz comunicado. Atentado matou cinco pessoas em sinagoga de Jerusalém na terça.
19/11/2014 09h21 - Atualizado em 19/11/2014 09h21
Da France Presse
Israel denunciou nesta quarta-feira (19) a votação do Congresso de Deputados da Espanha favorável ao reconhecimento da Palestina como Estado, ao afirmar que "estimula os palestinos a adotar posições cada vez mais extremistas", segundo um comunicado do ministério das Relações Exteriores.
"A declaração do Parlamento espanhol pode apenas afastar as possibilidades de um acordo entre Israel e os palestinos", afirma o comunicado.
"Teria sido melhor que o Parlamento espanhol condenasse o horrível massacre que os palestinos cometeram em uma sinagoga em Jerusalém", na terça-feira (18), no qual cinco israelenses morreram, completa a nota oficial.
Mundo
versão clássica
Globo © 2001-2014
princípios editoriais