sexta-feira, 14 de novembro de 2014

A PACIÊNCIA DO POVO JUDEU NÃO DEVE SER BANALIZADA. O MONTE DO TEMPLO CLAMARA SEMPRE PELO TEMPLO E ISTO DAR-SE-Á DE UM JEITO OU OUTRO. JUDEU OS QUALQUER ISRAELENSE TEM DIREITO DE SUBIR E ORAR, ENQUANTO ISSO NÃO SE DER, O ESTADO DEMOCRÁTICO É GRITANTEMENTE FALHO E O DIREITO DOMINANTE CABE A EXTREMA DIREITA E JUDEUS ORTODOXOS POLITICA E SIONISTAMENTE ATUANTE - http://shalom-israel-shalom.blogspot.com.br/2014/11/israel-levanta-restricoes-ao-acesso-do.html?m=1






sexta-feira, Novembro 14, 2014


ISRAEL LEVANTA RESTRIÇÕES AO ACESSO DO MONTE DO TEMPLO PARA MUÇULMANOS DE TODAS AS IDADES

Numa clara demonstração de boa vontade, e como provável resultado do encontro tri-partido entre o primeiro-ministro Netanyahu, o secretário norte-americano John Kerry e o rei Abdullah da Jordânia, Israel decidiu esta manhã levantar as restrições que desde há muitos meses vigoravam, limitando a entrada no Monte do Templo a homens com mais de 50 anos.
Esta manhã todos os homens muçulmanos puderam subir ao Monte para rezar independentemente da sua idade.
ACABAR-SE-ÃO AS TENSÕES?
Segundo um porta-voz da polícia israelita que assegura o controle das entradas no recinto, esta medida visa "acalmar a situação" no local.
Para além destas medidas de boa vontade, Israel levantou também as barricadas que bloqueavam o acesso do bairro árabe Isawiya, em Jerusalém, ao French Hill, também na capital israelita. 

ENCONTRO TRI-LATERAL
Como resultado do encontro tri-lateral (Israel, Jordânia e EUA) realizado ontem à noite em Aman (Jordânia), e que teve a duração de 3 horas, foram abordadas formas práticas e específicas visando o restabelecimento da tranquilidade em Jerusalém. 
Segundo John Kerry, "Há firmes compromissos da parte da Jordânia e da parte de Israel em darem passos concretos. Netanyahu reiterou claramente o seu compromisso de manter o status quo, de forma a evitar uma futura escalada."
Netanyahu terá também alertado haver uma necessidade de parar com o incitamento à volta de questão de Israel e do Monte do Templo, razões que na opinião do primeiro-ministro provocam a violência recente.
O presidente palestiniano Abbas terá prometido entretanto a John Kerry tudo fazer para parar a violência e restabelecer a calma.
Esperemos que as promessas correspondam a acções concretas. Como sempre, Israel já deu o primeiro passo...

Shalom, Israel!

QUER CONTRIBUIR PARA ESTE MINISTÉRIO?
Se desejar contribuir com alguma oferta para encorajar o nosso ministério, ficaremos imensamente reconhecidos!

Para fazer qualquer contribuição, pode usar o sistema mundial de transferências "paypal", completamente seguro, bastando para tal clicar no pequeno rectângulo na coluna à direita onde diz "Doar", logo abaixo do anúncio dos DVDs. Obrigado!




Sem comentários: