sexta-feira, 14 de novembro de 2014

http://www.minorias.com.br/rebeyehudah/quemejudeu




HOME
DOAÇÕES
JUDEUS





VOLUNTÁRIOS
CONTATE-NOS


PALAVRAS DO REBE YEHUDAH:
QUEM É JUDEU?

Judeus: quem são os judeus? Quem é judeu? Se uma judia casar-se com um não judeu seus filhos serão judeus? E seu marido passará a ser judeu? E ao contrário, se um judeu casar-se com uma não judia seus filhos serão judeus? E sua mulher, será judia? Muitos leitores já devem ter lido em algum lugar que judeu é todo aquele que se sentir judeu. Também costuma-se dizer que todas as pessoas que assumirem a fé judaica serão judias. Neste artigo quero esclarecer quem pode ser considerado judeu oficialmente de acordo com as leis judaicas dadas por D"us através de Moshe Rabeino, Moisés Nosso Mestre.
É sabido por todos que em todo o mundo e em todas as épocas o povo judeu sofreu perseguições e tentativas de extermínio. O caso mais recente é o mais conhecido, mas o holocausto ocorrido na Alemanha não é o primeiro e talvez não seja o pior deles. Em muitas destas tentativas os judeus sairam-se vencedores. Por exemplo, em nossa festa de Purim, comemoramos nossa vitória diante de nossos inimigos que desejaram nosso extermínio e marcaram data oficial para isto. Em tempos mais recentes na região da URSS os judeus sofreram várias expulsões chamadas pogroms, sendo obrigados a deixar seus lares, seus bens e irem para onde o czar determinasse. Nossa vida nunca foi fácil. D"us prometeu que nunca seremos exterminados como povo, mas a quantidade de vidas que perdemos em cada extermínio foi sempre muito grande. A opção dada por nossos perseguidores foi a conversão. Se o judeu abandonasse a fé judaica por completo e assumisse a fé imposta seria poupado da morte. Muitos preferiram morrer. Em muitos lugares os judeus foram obrigados a mudar de nome e sobrenome e escolheram como sobrenomes em épocas assim (os que aceitaram o abandono de sua fé para continuarem vivos) nomes de árvores frutíferas especialmente das frutíferas de Israel. Passaram a adotar sobrenomes como Oliveira, Figueira, Videira, Pereira e outros...
Alguém com sobrenome Oliveira tem origem judaica? A Oliveira é a frutífera mais importante de Israel, é a árvore que produz azeitonas. Muitos dos que fugiram para o Brasil foram obrigados pela igreja, que detinha o poder na época, a mudar de nome e sobrenome e aceitaram dentre outros, o sobrenome Oliveira. Então todos os Oliveiras são descendentes de judeus? Podemos estender isto aos demais sobrenomes que formaram-se da mesma forma?
Outros sobrenomes adotados pelos judeus na europa foram os de profissões. Sapateiro, Vinheiro, Coureiro, Peleiro, Agueiro, e outros, no idioma local evidentemente e muitos conseguiram manter estes sobrenomes ao mudarem-se de país.
Estes sobrenomes são mais frequentes do centro ao norte do Brasil, mas no sul e principalmente no Rio Grande do Sul existem muitos sobrenomes de origem alemã ou de sonoridade ou estrutura que fazem-nos parecerem alemães, geralmente chamados de ashkenazim quando judeus e alguns deles tem ascendência judaica.
Então alguém que tenha um destes sobrenomes deve ter origem judaica? É um dos judeus que hoje encontram-se afastados do judaismo? Deve sair correndo de volta para seu lar de origem?
É sabido que estas conversões, mudança de fé, abandono do judaismo, nem sempre foram levadas a sério e muitos mantiveram os costumes judaicos secretamente. Embora estes costumes foram perdendo-se aos poucos com o passar das gerações, alguns costumes que se mantiveram pode chamar a atenção. Muitas pessoas perguntam-se de onde vem o costume comum em sua família de acender velas no shabat, sextas à noite, de varrer a casa nas sextas-feiras à tarde de fora para dentro e ...
Novamente perguntamos, então alguém que tenha um destes costumes deve ter origem judaica? É um dos judeus que hoje encontram-se afastados do judaismo? Deve sair correndo de volta para seu lar de origem?
Existem exames laboratoriais que permitem traçar o roteiro genético de uma pessoa. Laboratórios especializados estão espalhados pelo mundo, inclusive no Brasil. O resultado pode indicar que os gens de determinada pessoa tiveram seu inicio na região do Egito, percorreu uma região da África e depois da Europa, chegando por fim ao Brasil. Se este roteiro for parecido com o roteiro dos judeus pelo mundo isto indicaria que se trata de um judeu? Seria alguém de uma das tribos perdidas? Ou seria apenas um judeu afastado?

ESCLARECIMENTOS

Judeu é o nome genérico dado a todos os descendentes das 12 tribos formadas pelos filhos de Jacob, chamado Israel, devido ao fato de que quando 10 destas tribos foram levadas em cativeiro, a tribo de Judá, a mais forte habitava o reino de Judá e não se perdeu, sua importância estendeu seu nome a todos. Conhecemos hoje os descendentes da tribo de Levi, que são chamados de Leviim e Cohanim e estes juntamente com todos os outros membros por força da importância da tribo de Judá são chamados de Judeus.
Esta origem tribal, familiar, faz com que todos os judeus sintam-se membros da mesma família. A mãe tem uma importância fundamental na família judia, portanto todos os filhos de uma mulher judia é considerado judeu. Os judeus tem fé no D"us Único e o conjunto de todos os mandamentos de Nosso D"us, que foram transmitidos por Moisés, formam a fé judaica. Além de ser uma grande família os judeus tem a mesma fé, a mesma religião. A família judaica forma o povo judeu e a fé judaica forma a religião judaica, o judaismo. Para este povo D"us prometeu uma terra e para lá enviou e ordenou morar para sempre os descendentes de Israel. Somos então um povo, uma religião e uma nação, os três inseparavelmente. Porém, se um judeu está afastado do seu povo continua sendo um judeu (judia), se está afastado de sua religião (judaismo) continua sendo judeu (judia) e se está afastado de sua terra continua sendo judeu. O retorno à terra não é indispensável para estar de volta para casa. O judeu deve primeiro retornar à sua fé e para isto será indispensável retornar ao povo. Rebe Yehudah cuidará dos que desejarem.
O povo judeu não é uma família fechada e pessoas que identificaram-se com o povo, fé e nação puderam ser admitidos e passaram a ser judeus. Maimônides escreve que todos os prosélitos são filhos de Abraham como todo judeu. Embora admita novos membros o judaismo nunca foi e não é proselitista e a admissão de novos membros segue critérios rigorosos de seleção. O judaismo admite que almas judias retornem ao povo através de conversões. Embora o tema do nosso projeto seja trazer de volta as almas que se afastaram da vida judaica, mas mantém o status de judias.
Sobrenomes ou costumes não são indicativos de almas judias.
Coincidência de geografia do gene não é indicativo de alma judia também.
Em geral os sobrenomes são dados pela linha paterna. A descendência judaica é dada pela linha materna. Se uma mulher judia, filha de mãe judia, neta e bisneta de judia, casar-se com um homem não judeu, de sobrenome nada parecido com os habituais aos judeus, seus filhos e filhas serão todos respectivamente judeus e judias. Ao contrário, se um homem judeu filho de mãe judia, neto e bisneto de judia, casar-se com uma mulher não judia, de sobrenome totalmente parecido ou diferente com os habituais aos judeus, seus filhos e filhas, apesar de qualquer sobrenome não serão judeus nem judias. E todos seus filhos e filhas terão sua linhagem genética. O judeu nasce de um ventre judeu.
Mas a família ainda não é tudo, é insuficiente para uma prova. É necessário que esta mulher judia tenha vivido e convivido nas últimas quatro gerações dentro de seu povo, em contato constante e mútuo. Nas últimas quatro gerações significa que sua mãe, suas avós e suas bisavós tenham feito o mesmo. A vida comunitária é fundamental para o povo judeu. As amigas da mãe desta judia são judias também, estudaram em escolas judaicas e frequentaram a sinagoga, conhecem-se e umas testemunham a origem das outras. O mesmo se passou com as avós e bisavós desta mulher judia.
O que aconteceria se uma mulher judia com total certeza de sua origem se declarasse judia, mas não fosse conhecida daqueles que ouvissem sua declaração? Por exemplo ela pretende casar-se e procura um rabino e afirma ser judia e pede-lhe para realizar seu casamento. Ou não tenha se preocupado com casamento, mas agora que tem filhos e filhas em idade escolar, vai até uma escola e solicita a matrícula de seus filhos? Ela deverá provar que é judia para conseguir o casamento (1a. pergunta) e embora muitas escolas judaicas recebam a matrícula de não judeus, para que frequente as aulas de judaismo e participe das atividades da religião, deverá também provar que é judia. Poderá levar sua mãe e apresentá-la ao rabino, mas não será prova suficiente porque a mãe seria capaz de afirmar sobre si mesma e nem por isto seria verdade. Trazer a avó e bisavó, se vivas, também não será suficiente pelos mesmos motivos. Poderá trazer amigas, amigos, pessoas que a conheceram na escola ou na sinagoga, pessoas confiáveis aos olhos das autoridades religiosas. Este processo poderá ser completado com documentos confiáveis e depois de transcorrido o tempo necessário e provando tudo sem nenhuma dúvida será então considerada judia e poderá ter o casamento judaico de acordo com a halachah ou ter seus filhos nas aulas de religião na escola judaica.

Como o leitor atento deve estar perguntando-se sobre os judeus que não seguem a religião, queremos nos adiantar e responder com uma pergunta. Antes de recebermos um e-mail, ja fazemos a resposta. E a pessoa que estaciona em local proibido? Não é um cidadão e um conhecedor das leis e regulamentos do trânsito? Seguir as leis, costumes, tradições e relacionar-se intimamente com o seu povo é esperado de cada judeu. Devemos considerar uma pessoa assim como alguém que pertence ao povo, mas afastou-se da convivência judaica. Mas o fato de proceder assim não o transforma em não-judeu, não o exclue de nada. Torna-o em uma letra da Torah que deve ser restaurada, mas ainda assim é judeu e é uma letra da Torah.

Portanto atenda meu pedido:
Se você é um judeu e está afastado inscreva-se neste site. Nós iremos até você.
Se você conhece algum judeu nestas condições peça-lhe para se inscrever aqui.
E se você pensa que é judeu, que sua mãe era judia, ou que seus avós eram judeus, ou que de alguma forma tem ascendência judaica, inscreva-se aqui. Você estará ajudando-nos a salvar vidas. Por outro lado, se não se enquadrou nestas condições, mas é simpatizante de nossa causa, clique em "contate-nos", acima, e envie-nos sua mensagem. A sua participação será muito importante para todos nós.

INSCREVA-SE




DOAÇÕES
PRESERVANDO OS JUDEUS
PRESERVANDO OS JUDEUS
QUEM É JUDEU?
MULHER JUDIA
SE FALTAR UM JUDEU
VOLTEM PARA CASA!!!
CARA DO JUDEU FAMOSO
BNEI ISRAEL
ANTISSEMITAS
AO DORMIR, AO LEVANTAR-SE





MINORIAS
preservar a vida