segunda-feira, 3 de novembro de 2014

http://www.portalangop.co.ao/angola/pt_pt/noticias/internacional/2014/10/45/Israel-autoriza-construcao-500-novas-habitacoes-Jerusalem-Oriental,015b8c1e-62c5-45bd-99f4-3ec88fa68934.html

Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

  • PORTUGUÊS
LUANDA
Max: °
Min: °
Página Inicial » Notícias » Internacional
03 Novembro de 2014 | 19h08 - Actualizado em 03 Novembro de 2014 | 19h08

Israel autoriza a construção de 500 novas habitações em Jerusalém Oriental

Jerusalem - O Ministério do Interior israelita autorizou nesta segunda-feira a construção de 500 novas unidades habitacionais em Jerusalém Oriental, um projecto que provocou recentemente uma forte condenação palestiniana e internacional, anunciou a organização Paz Agora.

Este programa de 500 habitações no bairro colonizado de Ramat Shlomo é um dos dois projectos que o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu instruiu acelerar em 27 de Outubro, informou à AFP Hagit Ofran, um líder da organização anti-colonização israelita.
O projecto inicial previa 660 unidades. Junto a outro projecto (de 400 unidades habitacionais no assentamento judaico de Har Homa), são mais de 1.000 casas que o primeiro-ministro quer construir.
         
O anúncio de Netanyahu ocorre num clima de crescente tensão entre israelitas e palestinianos em Jerusalém Oriental, anexada e ocupado por Israel.
A continuação da colonização israelita é um factor importante nestas tensões e um dos principais obstáculos para uma solução para o conflito israelo-palestiniano.
Os palestinianos querem fazer de Jerusalém Oriental a capital do Estado que aspiram.
A comunidade internacional considera a anexação e ocupação da região por Israel ilegal.