segunda-feira, 3 de novembro de 2014

http://www.salseiro.com.br/Materia.aspx?canal=112&materia=2282











Em FocoOpiniãoRelaxSustentabilidade





Daime na cabeça





Conad libera o uso da ayahuasca. Na Grã-Bretanha, o chá é servido às 17h. Qual será o horário brasileiro?



22/2/2010 - 11:30

Por Vinícius Ruiz





Divulgação





Banisteriopsis caapi mais...

O Conad (Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas) declara “Paz e Amor” para os participantes da União do Vegetal, e outras religiões, que utilizam a ayahuasca – vulgo Santo Daime – para fazer suas incursões religiosas de 'purificação'.





O chá alucinógeno é empregado em diversas regiões que surgiram na Amazônia, na década de 1970, e rapidamente se espalharam pelo Brasil – por que será? O assunto ganhou as manchetes por causa da regulamentação, pelo Governo Federal, do uso do chá em cerimônias religiosas. Mas a pergunta que não quer calar veio à tona: mas é seguro para a saúde utilizar o Daime?





Para o Conad sim. A explicação é que o uso é tão aceitável como o álcool. Segundo o órgão, há poucas chances do usuário se tornar dependente. “As drogas alucinógenas que induzem alucinação mental têm pouco poder de indução de dependência. É muito diferente do crack, cocaína e heroína, por exemplo”, explica Elisaldo de Araújo Carlini, membro do Conad e professor da pós-graduação em psicofarmacologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).





Claro que o uso da ayahuasca não está liberado para tomar em praça pública. De acordo com Carlini, o documento que baseia a regulamentação expressa um trabalho bastante longo e feito com muito cuidado.





O que foi levado em conta para permitirem o uso do alucinógeno foi que “eles [rel


Divulgação





a folha psychotria viridis dá o "Santo" cházinho, que leva...

igiosos] seguem padrões severos. A mistura tem de ser preparada adequadamente e o próprio ritual controla qualquer alteração mental que possa acontecer. Os mestres são muito exigentes em coibir qualquer fuga da normalidade”.





A ‘piração’ do chá milagroso pode causar algumas reações adversas, como vômitos e náuseas, mas é considerada uma purificação do corpo e leva ao 'autoconhecimento'.





Linha de fogo





Se por um lado os usuários do Daime ‘deliram’ com a purificação, por outro, eles sofrem grande preconceito na sociedade. Até pouco tempo, o chá era considerado uma droga. O próprio governo fez uma cartilha sobre drogas onde inseriu a ayahuasca como “alucinógeno”, o que é ofensivo para esses grupos, que consideram a substância um sacramento.





Para a antropóloga Beatriz Labete, as religiões e usuários da ayahuasca sofrem preconceitos diversos e são encarados como dependentes de drogas.





“Há relato de um hospital que não queria aceitar o sangue de doadores que pertenciam ao Santo Daime. Há, ainda, disputas judiciais de guarda de filhos entre pais separados, onde um tenta desmoralizar o outro acusando-o de ser de uma seita perigosa”, afirma a pesquisadora, que trabalha no Instituto de Psicologia Médica da Universidade de Heildelberg, na Alemanha.





Outra questão





Se por um lado o preparo e o uso são muito bem controlados por esses líderes religiosos, como afirma o professor Carlini, e assim sendo, não afeta a saúde do homem, do outro lado da balança tem o desejo do homem em realizar ‘viagens’ gratuitamente.





E, aí sim, o controle do uso é praticamente impossível de ser realizado. A população brasileira, se não é a mais religiosa do mundo, está prestes a ver sua população se tornar uma espécie de Grã-Bretanha, louca pelo chá das cinco, e mais 'fiel' que o próprio 'Deus'.






Divulgação





à visão que o Santo Daime proporciona: isso sim é "purificação" e autoconhecimento"


SAIBA MAIS



Holanda é o país
Cocaína no ar de Barcelona e Madri.
Zona de Guerra: superação da violência e drogas.




Comentários




Comente esta matéria


Nome


E-mail









atualidades


vestibular


sua carreira


jogos


baladas


lelynho





© Salseiro 2008 | Créditos | Política de Privacidade | Fale Conosco |