terça-feira, 25 de novembro de 2014

NETANYAHU NÃO ESTÁ AMEAÇANDO A FRANÇA E NENHUMA DAS NAÇÕES QUE ESTÃO SE CURVANDO DIANTE DO TERRORISMO E BATENDO TESTA PARA O TERROR ISLÂMICO. APENAS EXPRESSA A REALIDADE QUE TAIS SE FAZEM DE AMEAÇAS GLOBAIS A ISRAEL E A MUNDO PELO QUAL VALE A PENA LUTAR




Buscar
Quem somos
Contato
Todas as notícias



INICIAL
ESTADOS
Acre
Alagoas
Amapá
Amazonas
Bahia
Ceará
Distrito Federal
Espírito Santo
Goiás
Maranhão
Mato Grosso
Mato Grosso do Sul
Minas Gerais
Pará
Paraíba
Paraná
Pernambuco
Piauí
Rio de Janeiro
Rio Grande do Norte
Rio Grande do Sul
Rondônia
Roraima
Santa Catarina
São Paulo
Sergipe
Tocantins
BRASIL
MÍDIA
MUNDO
AMÉRICA LATINA
CULTURA
GERAL
MOVIMENTOS
ECONOMIA
TV
RÁDIO



Mundo


1
25 de novembro de 2014 - 9h57

Israel ameaça o parlamento francês por votação sobre a Palestina
O premiê israelense, Benjamin Netanyahu, advertiu o Legislativo francês que o considerará irresponsável se votar uma resolução não vinculante que pede o reconhecimento do Estado palestino independente.


Benjamin Netanyahu, primeiro ministro de IsraelO premiê declarou à imprensa: "claro que estou preocupado porque o reconhecimento de um Estado palestino seria irresponsável. (...) Por isso estão votando é por uma Palestina sem paz".

Os palestinos querem ter um Estado. Não finalizar a guerra com Israel, mas sim continuar a partir das fronteiras melhoradas, disse Netanyahu, cuja política de expansão nos territórios ocupados é objeto de crescentes críticas na União Europeia (UE) e inclusive de seu aliado estratégico, os Estados Unidos.

Israel conta com um dos 10 exércitos mais poderosos do mundo além de possuir centenas de bombas atômicas fabricadas em suas instalações secretas no deserto de Negev, reveladas ao mundo por um cientista deste país que as considerou um perigo para a humanidade nas mãos de governos extremistas.

Em contrapartida, os palestinos não possuem Exército, nem Força Aérea nem Marinha de Guerra e suas forças de ordem interna estão limitadas a armas de médio calibre e pessoais.

As formulações do premiê acontecem após o reconhecimento do Estado palestino pela Suécia, a votação do Legislativo britânico que pede ao Governo uma ação similar e programadas votações sobre o tema nos parlamentos francês e espanhol.

Em 1993 a Organização para a Libertação da Palestina assinou os Acordos de Oslo, nos quais reconhece Israel em troca da libertação de palestinos em prisões desse país e o início de diálogo de paz que desembocasse na constituição do Estado independente.

A morte, em um atentado de 1995, do premiê Yitzhak Rabin, partidário do princípio de terra por paz, um caso inédito até então, lançou o processo negociador por um precipício do qual nunca saiu; a parte de Tel Aviv permanece não cumprida.

O aumento do extremismo das administrações israelenses, a crescente expropriação de territórios na Cisjordânia e, este ano, a agressão militar de 50 dias contra Gaza, têm levado uma parte da comunidade internacional a repensar sobre sua postura frente à crise palestina, que já se prolonga por 68 anos.

Fonte: Prensa Latina




0 comentários







Últimas


Geral | 11h14
Estudo mostra redução da desigualdade entre as regiões metropolitanas


Brasil | 11h03
Deputado critica tentativa da oposição de criminalizar menores


América Latina |10h56
Diálogos de paz na Colômbia enfrentam impasse crucial


Mídia | 10h42
Senador defende regulação da mídia e fim do monopólio


Geral | 10h35
Manaus e Maceió exibem filmes sobre direitos humanos

NOTÍCIAS RELACIONADAS A:

FRANÇA



23/11/2014Roberto Correa Wilson: Um olhar sobre o império francês na África




18/11/2014MEC publica edital para 1,5 mil vagas de curso online de francês




12/11/2014França vota o reconhecimento do Estado Palestino




27/10/2014França e Índia parabenizam Dilma e reforçam interesse em parcerias




24/10/2014França: Bloqueio contra Cuba viola normas internacionais

MAIS TEXTOS


MÍDIA



O extermínio do jovem negro, reportagem exclusiva da TV Vermelho - BA Livro Dialética Radical do Brasil Negro ganha segunda edição


PÁGINAS INDICADAS















Biblioteca Marxista
|
Galeria de Imagens
|
Linha do Tempo
|
Hip-Hop a Lápis
|
Logotipo
|
Manual da Redação
|
Manifesto Vermelho
Vermelho Anterior
|
Todos os especiais
|
Versão celular
|
Quem somos
|
Contatos
|
Comunismo


Portal Vermelho: Rua Rego Freitas, 192 - 4º andar. Centro - São Paulo - SP - CEP 01220-010 - Tel.: (11) 3054-1837






SeguirPartilhar
Toggle Dock