terça-feira, 25 de novembro de 2014

Os israelenses que se comportam como traidores de seu país e aliados à causa terrorista das lideranças palestinas não são sequer um décimo de um por cento da população israelense, mas são uma vergonha pra toda humanidade - Que Israel expurgue do poder líderes levantados por tais pois são tão criminosos como os crimes que defendem



Violência explode em Ferguson, EUA; veja fotos dos protestos
Racismo é diário, diz viúva de Mandela
França adia decisão sobre entrega de navios Mistral à Rússia
Pequim detalha ambição de controle em evento sobre internet
Total irá a julgamento na França por corrupção em contratos
Papa pede ajuda europeia para imigrantes no Mediterrâneo
Aproximação das igrejas católica e ortodoxa gera esperança
Jihadistas criam campos de treinamento para menores na Síria
Países buscam incentivos fiscais para captura de carbono
França propõe zonas de segurança na Síria para salvar Alepo

PreviousNext

MUNDO12/11/2014 11:18

Grupo de israelenses pede que Dinamarca reconheça Palestina


70 views
-

Lior Mizrahi/Getty ImagesPalestina: israelenses asseguram que única maneira de garantir segurança passa pela existência de um Estado palestino



Jerusalém - Mais de 650 cidadãos israelenses publicaram nesta quarta-feira um pedido dirigido ao parlamento da Dinamarca para que o país reconheça o Estado palestino.

Os signatários decidiram levar a reivindicação após saberem que os membros da câmara dinamarquesa terão em breve uma votação para revisar o reconhecimento daPalestina baseado na solução dos dois Estados.

Estes 660 israelenses asseguram que a única maneira de garantir a estabilidade e a segurança de seu próprio país passa "claramente pela existência de um Estado palestino ao lado de Israel" assentado sobre as fronteiras de 1967.

"Vossa iniciativa de reconhecer o Estado da Palestina fará avançar as perspectivas de paz e encorajará israelenses e palestinos a terminarem o conflito", diz a carta.

Semanas atrás, o mesmo grupo fez uma solicitação semelhante aos parlamentares espanhóis como parte de uma nova iniciativa destinada a alimentar essa consideração já anunciada pelo novo Executivo sueco.


Também recentemente o parlamento britânico aprovou, em uma histórica resolução votada por maioria absoluta, uma iniciativa que pede que o governo de David Cameron reconheça a Palestina como um Estado independente.

Entre os signatários da carta israelense estão profissionais como médicos, professores universitários e jornalistas, entre outros.

Tópicos: Conflito árabe-israelense,Dinamarca, Europa, Países ricos,Israel, Palestina
E-mail



Comentários
Sugestões dos Editores10 marcas que mudaram os seus logos em 2014
As 15 melhores escolas de MBA fora dos Estados Unidos
12 filmes para apaixonados por tecnologia


Recomendamos para você

FROM THE WEBGerar água a partir do ar com o uso de Skywells#makethefuture


10 países com maiores impostos e menor retorno para a população | EXAME.comEconomia


STJ confirma legalidade de sistema de score de crédito | EXAME.comEconomia

Recomendado por

Versão Desktop


Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados