quarta-feira, 5 de novembro de 2014

SHALOM ISRAEL. SHALOM SIONISTAS E ISRAELITAS DE TODO O MUNDO. SHALOM ISRAELENSES. NOSSOS PARABÉNS AO POVO NORTE-AMERICANO POR DEMONSTRAR NA SUPERIORIDADE DADA AO PARTIDO REPUBLICANO, O REPÚDIO DA MAIORIA DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA QUANTO AO GOVERNO PRÓ ANTISSEMITA DE BARACK HUSSEIN OBAMA E AS PERVERSIDADES LATIDAS POR KERRY CONTRA ISRAEL ENQUANTO SUA JEZABEL PARTICULAR PROMOVE O TERRORISMO E AS INJUSTIÇAS GLOBAIS. ESTA VITÓRIA É UM PRESENTE IEHOUAH PARA VOCÊS REFLETIREM E SEREM PELO SIONISMO ASSIM COMO NO BRASIL MAIS DE 48% DA POPULAÇÃO SE UNIU A AÉCIO NEVES POR UM GRITO E ATO DE LIBERTAÇÃO, EDUCAÇÃO E ELEVAÇÃO. CABE AO POVO UNIDO E LIVRE DE ISRAEL, ESTADO SIONISTA JUDEU, SER O GRANDE ISRAEL, UNIFICAR SHAVEI ISRAEL DE GAZA À CISJORDÂNIA E DO GOLAN ATÉ O SINAI, BANIR A IMAGEM MILITARISTA E TERRORISTA DE AL ACKSA DE JERUSALÉM - PARA SEMPRE - E DIZER EM ATOS SÓLIDOS E ETERNOS: AQUI FOI E SERÁ SEMPRE E SOMENTE ISRAEL, COVARDES AMALDIÇOADOS NÃO NOS ITIMIDAM, AMAREMOS SEMPRE, NÃO NOS ENTREGAREMOS OU NOS NEGOCIAREMOS NUNCA. SOMOS SIONISTAS SOMOS IEHOUAH.

Quarta, 27 de fevereiro de 2008, 18h36  Atualizada às 19h28

Obama é ameaça para

 Israel, segundo Partido

 Republicano

A eleição do democrata "Barack Hussein Obama" seria uma ameaça para a segurança de Israel, alegou a direção local do Partido Republicano no Tennessee (sudeste dos EUA), ilustrando seu comunicado com uma foto do senador de turbante.
"O Partido Republicano do Tennessee se junta a um grupo cada vez mais importante de americanos preocupados com o futuro de Israel, a única democracia estável do Oriente Médio, caso o senador Barack Hussein Obama seja eleito presidente dos Estados Unidos", informa um comunicado publicado em seu site.
"Chegou a hora de falar a verdade sobre Barack Obama e sua posição sobre temas cruciais, como a segurança nacional e a segurança de Israel", declarou Robin Smith, presidente do partido, citado no comunicado.
A nota foi publicada depois do apoio manifestado a Obama pelo ex-líder do movimento muçulmano negro americano Louis Farrakhan, conhecido por suas declarações anti-semitas e homofóbicas.
Questionado na última terça-feira durante um debate televisivo, Obama rejeitou as posições anti-semitas de Farrakhan e destacou que não solicitou o apoio do líder muçulmano.
A foto de Obama de turbante, tirada em 2006 no Quênia, foi divulgada na última segunda-feira pelo site Drudge Report, que afirmou tê-la obtido de um assessor de Hillary Clinton.
Um porta-voz de Obama acusou a equipe de campanha da ex-primeira-dama - que desmentiu estar envolvida no caso - de tentar desestabilizar os eleitores.
Obama se converteu ao cristianismo e freqüenta uma igreja de Chicago, cujo pastor recentemente elogiou a ação de Farrakhan





quarta-feira, Novembro 05, 2014


HAMAS REIVINDICA AUTORIA DO ATENTADO DESTA MANHÃ EM JERUSALÉM QUE MATOU 1 PESSOA E DEIXOU 10 FERIDOS

Continuando a vaga de terror das últimas semanas em Jerusalém, os terroristas palestinianos causaram esta manhã mais uma carnificina contra pessoas inocentes, cerca de uma semana depois de um atentado em tudo semelhante ao de hoje.
Uma carrinha (van) arremeteu contra um grupo de pedestres que aguardavam a chegada do metro, assassinando uma das pessoas e deixando mais de 10 outras feridas.
O autor do ataque que conduzia o veículo é um operacional do Hamas residente em Jerusalém oriental.
O grupo terrorista Hamas já assumiu a responsabilidade pelo ataque terrorista, tendo o seu porta-voz Mushir al-Masri elogiado o terrorista autor do crime, alegando que era uma acção de vingança relacionada com "a al-Aqsa e ao sangue dos que guardam al-Aqsa."
O oficial do Hamas Fawzi Barhoum também aplaudiu o ataque terrorista, e apelou a mais violência: "Louvamos esta operação heróica" - afirmou o bandido, acrescentando: "Apelamos a mais...operações destas."
Logo que se deu o atentado, várias unidades de emergência compareceram nos 2 locais onde o veículo colidiu com pessoas inocentes junto à paragem de metro"Kever Shimon haTzadik."
Segundo os primeiros relatos, o terrorista atingiu inicialmente um grupo de forças de segurança que aguardavam num cruzamento de uma estrada principal que atravessa uma zona de Jerusalém oriental e um bairro adjacente ultra-ortodoxo judeu, dirigindo-se depois para a estação de metro de superfície, avançando depois pela rua fora e atingindo vários carros.
AKARI, O OPERACIONAL TERRORISTA DO HAMAS
O bandido arremeteu depois contra um grupo de pedestres, matando uma pessoa e deixando duas em muito mau estado, outras duas em estado não muito grave e mais uma com leves ferimentos.
O terrorista avançou depois, colidindo contra alguns carros, parou o veículo, e saiu do mesmo com uma barra de metal com a qual começou a atacar os pedestres no local. 
As forças da polícia presentes abateram mortalmente o terrorista. 
Esta zona do ataque tem sido palco de confrontos e problemas desde que um grupo de judeus mudaram para algumas casas nesta parte da já conturbada capital de Israel.
Ibrahim al-Akari, o suspeito terrorista causador deste ataque foi identificado pela polícia como sendo um operacional do Hamas do bairro Shuafat, em Jerusalém oriental, e o seu irmão é supostamente um palestiniano libertado como parte do acordo para a libertação do soldado israelita Gilad Shalit.

ESPLANADA DO TEMPLO ENCERRADA ESTA MANHÃ
Pouco depois de confrontos provocados por palestinianos esta manhã contra as forças de segurança israelitas, o acesso à esplanada foi fechado mais uma vez. Os atacantes começaram a atirar pedras e foguetes quando viram um grande grupo de activistas israelitas à entrada do recinto. 
Pouco depois da situação ter acalmado, o recinto voltou a ser aberto pelas forças de segurança.

Shalom, Israel!

QUER CONTRIBUIR PARA ESTE MINISTÉRIO?
Se desejar contribuir com alguma oferta para encorajar o nosso ministério, ficaremos imensamente reconhecidos!


Para fazer qualquer contribuição, pode usar o sistema mundial de transferências "paypal", completamente seguro, bastando para tal clicar no pequeno rectângulo na coluna à direita onde diz "Doar", logo abaixo do anúncio dos DVDs. Obrigado!


Sem comentários: