quarta-feira, 19 de novembro de 2014

"uma coisa normal que pode ser esperada de todo homem que tem coragem e um sentimento de unidade com seu povo e com o Islã."


terça-feira, 18 de novembro de 2014

Família dos terroristas celebra e defende o ataque: "coisa normal para todos que pertencem ao Islã"


A família dos primos Uday Rassan Abu Jamal, residentes do bairro de Jabel Mukabar, em Jerusalém, estavam eufóricos nesta terça-feira, celebrando o atentado terrorista cometido por seus parentes.

"Nós respondemos com gritos de alegria quando recebemos a notícia sobre as mortes", disse Ala'a Abu Jamal ao falar de seus primos para o jornal israelense Yedioth Aharonoth (reproduzido pelo Israel national News). "As pessoas aqui distribuiram doces para as pessoas que nos visitaram, e havia alegria pelos mártires."

Ele prosseguiu dizendo que o ataque era "uma coisa normal que pode ser esperada de todo homem que tem coragem e um sentimento de unidade com seu povo e com o Islã."

"O ataque foi uma surpresa para nós, não esperavamos que ele iria ocorrer", afirmou Ala'a Abu Jamal. "Os dois mortos (os terroristas) eram trabalhadores e não eram ligados a qualquer organização. Um deles era casado com três filhos. Obrigado Alá, alguém que morre como mártir, isso é uma grande coisa..."

Apesar de o primo dizer que eles não tinham ligações com nenhum grupo, a Frente pela Libertação da Palestina assumiu a autoria do ataque ataque.

A matéria traz também vizinhos celebrando os ataques e louvando os terroristas. 

Nenhum comentário: