sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Jornalismo antissemita, racista e xenófobo da Istoé Dinheiro merece pagar processo indenizatório, além de retratação. O que a cor da pele tem a haver com este assunto? Ficaram vesgos judeus norte-americanos? Eliminem essa aberração ou de que vale a democracia? Fora que, o atacante objeto da misericórdia judaica e judia diz: morte aos judeus!, E alguém ainda diz que não houve antissemitismo?




Isto É Dinheiro

Android
Itunes
Facebook
Twiter
RSS
Newsletter

« Edições anteriores


HOME
NOTÍCIAS
ECONOMIA
INVESTIDOR
NEGÓCIOS
FINANÇAS
MERCADO DIGITAL
ESTILO
BLOGS E COLUNAS
ÍNDICES
TV DINHEIRO
REVISTA
MAIS




NOTÍCIASECONOMIA

Homem negro é morto pela polícia após esfaquear judeu em Nova York

09/12/2014 14:47



Compartilhe:
Share on linkedinShare on facebookShare on twittermailShare on google



Imprimir:
print


Um homem negro esfaqueou um estudante judeu israelense em uma sinagoga do Brooklyn em Nova York na madrugada desta terça-feira e foi abatido pouco depois pela polícia, informaram autoridades do templo e as forças de segurança.

O ataque, que pode ter sido antissemita, ocorreu na sede mundial da comunidade hassídica Chabad Lubavitch, um braço ortodoxo do judaísmo, no Brooklyn, por volta da 01h40 (04h40 de Brasília) desta terça-feira, disse Adam Navarro, porta-voz da polícia de Nova York.

O jovem esfaqueado foi identificado como Levi Rosenblat, que chegou de Israel para estudar na sinagoga da sede Chabad-Lubavitch no Brooklyn, segundo um comunicado desta comunidade religiosa que leva a assinatura do rabino Motti Seligson.

De acordo com Seligson, o estado de saúde de Rosenblat, que ficou ferido no rosto, era estável.

O agressor, "segundo testemunhas, foi ouvido dizendo de maneira repetida 'Matar os judeus'", disse Seligson.

Os agentes da polícia, que chegaram ao local rapidamente, tentaram fazer com que o agressor, um homem negro de 49 anos, largasse a arma, uma faca de cozinha de 23 cm, mas ele se lançou contra eles, que atiraram em sua barriga.

Parte da intervenção policial foi registrada em um vídeo que circula nas redes sociais.

Ali é possível ver policiais no interior da sinagoga exigindo que o agressor largasse a faca e se entregasse, em uma tensa negociação na qual um rabino pedia para a polícia não atirar.

O homem larga em certo momento sua faca, mas quando um agente se aproxima para detê-lo ele volta a pegá-la e avança gritando entre o mobiliário e as estantes cheias de livros.

Na gravação ouve-se um tiro, mas não é possível ver quem atira, nem o homem ser baleado.





A polícia indicou à AFP que recebeu declarações sobre comentários antissemitas e que o departamento de crimes raciais investigava a questão.

"Embora estejamos muito abalados por todo o ocorrido, estamos muito agradecidos à polícia pela rápida resposta e estamos trabalhando de perto com as autoridades na investigação em andamento", disse Seligson no comunicado.

A sinagoga onde o ataque ocorreu permanece aberta 24 horas por dias e durante a noite é frequentemente utilizada por indigentes para se refugiar.

Pouco depois do ataque, o rabino Moni Ender, porta-voz da comunidade Lubavitch em Israel, disse a uma rádio que, ao que parece, o ataque não teve motivos antissemitas.

"Podemos garantir que estamos 98% certos de que não se trata de um ato premeditado de ódio", disse.



AVALIE ESTA NOTÍCIA:


Compartilhe:
Share on linkedinShare on facebookShare on twittermailShare on google



Imprimir:
print



3 COMENTÁRIOS:


rodinelson// 10/12/2014- 18:15
50Denunciar


coitadinho do negro que só queria matar o judeu malvado com uma facada!!! (ficou bom assim redator??)

Marcio Moshe// 10/12/2014- 12:00
20Denunciar


Que chamada tendenciosa, n?o? Jornalismo? Não.

Gustavo// 10/12/2014- 11:17
40Denunciar


Mas que título tendencioso... Coloca-se um assassino que invade uma sinagoga e mata um inocente como vítima da polícia americana por ser negro. Que espécie de jornalismo é esse?


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
+ LIDAS
+ COMENTADAS


Economia
Wall Street abre em baixa
12/12/2014 às 12:49

Share on linkedinShare on facebookShare on twittermailShare on google


Economia
ONS volta a prever chuvas mais fortes em dezembro e reduz custo da operação
12/12/2014 às 12:45

Share on linkedinShare on facebookShare on twittermailShare on google


Economia
Coreia do Norte não parece disposta a retomar negociações nucleares
12/12/2014 às 12:36

Share on linkedinShare on facebookShare on twittermailShare on google

+ NOTÍCIAS


TV DINHEIRO+

JBS é a empresa do ano no agronegócio
O que você quer ser quando se aposentar?
Como planejar bem a aposentadoria?
Já se aposentou, mas o rendimento é insuficiente?
VÍDEOS

LEIA TAMBÉM

Wall Street abre em baixa
12/12/2014+

ONS volta a prever chuvas mais fortes em dezembro e reduz custo da operação
12/12/2014+

Coreia do Norte não parece disposta a retomar negociações nucleares
12/12/2014+

Após CIA, serviço secreto britânico sob pressão
12/12/2014+





Home
Notícias
Economia
Negócios
Finanças
Mercado Digital
Estilo
Blogs e Colunas
Índices
TV Dinheiro
Fotos
Revista
Edições Anteriores
Mais
Fale Conosco

Android
Itunes
Facebook
Twiter
RSS
Newsletter




© Copyright 1996-2011 Editora Três

É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.