terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Nós somos brasileiros, portanto gostemos ou não de um partido ou uma gestão governamental, temos que fazer quem estiver no puder funcionar. Se for para modificar a política, que o gigante brasileiro se levante e aja, se não, que façamos as coisas funcionarem antes que nos tornemoa palco de gangues devastadoras, pois nosso povo não deve ser exposto à manipulação tanto terrorista como criminosa que devasta grande parte da ilustre Europa



O auditor que causou um grande problema para um pequeno país
Cortes de energia caem, mas carga interrompida cresce 76%
Temer e PMDB ouvem Levy sobre medidas de ajuste fiscal
Para Levy, Caixa tem grande trabalho com políticas públicas
Governo tem vontade e meios para ajustes, diz Levy
MT, PR e SC sofrem com desabastecimento, diz Sindicom
Estados e municípios aumentam cortes e risco de recessão
Demanda fraca pesa na confiança, diz superintendente da FGV
Austeridade fiscal de Dilma abrirá caminho para recuperação
Empréstimo a distribuidoras deve sair em março, diz CCEE

PreviousNext

ECONOMIA23/02/2015 10:36

5 razões pelas quais o Brasil está falhando, segundo a TIME


31565 views 

Ueslei Marcelino/ReutersDilma Rousseff: "ainda não está decidido se vai ter a entrevista e o pronunciamento, ou só o pronunciamento", disse fonte
João Pedro Caleiro, de Exame.com



São Paulo - O Brasil está no meio de uma "tempestade perfeita" de fatores negativos, de acordo com um artigo no site da TIME.

O texto é assinado por Ian Bremmer, presidente e fundador do grupo de consultoria Eurasia e um dos editores da revista americana. 

Ele lista as 5 razões que fazem com que as perspectivas para o país sejam "cada vez mais sombrias", em reportagem ilustrada com a imagem da presidente Dilma Rousseff.

A primeira razão para pessimismo é o cenário econômico, com o real em queda livre e um janeiro com amaior taxa mensal de inflação desde 2003. A revista usa a previsão do FMI de crescimento de 0,3% do PIB em 2015, mas os economistas ouvidos pelo boletim Focus já preveem recessão de 0,5%. 

A segunda razão citada pela TIME é a escassez de água, que já afeta o abastecimento em grandes estados como São Paulo e também prejudica as usinas geradoras de energia elétrica - gerando um risco duplo de racionamento e apagão.

Outro ponto para atenção com o Brasil, segundo a revista, são as "altas ameaçadoras na pobreza e no transporte público". A reversão no declínio da pobreza atinge em cheio o discurso do PT, e os aumentos das tarifas de ônibus trazem à memória os protestos de 2013.

A TIME encerra a lista com os alertas de que "a corrupção não está indo embora" e "Rousseff está pagando o pato". O escândalo da Petrobras e os números de aprovação em baixa da presidente são citados, assim como o longo histórico do país com o pagamento de propinas e a troca de favores:

"Mais de 20 mil empregos do governo são por nomeação - comparado com 5.500 nos Estados Unidos - dando a políticos munição para recompensar aliados ou parceiros de negócios", diz o texto.




Comentários


Recomendamos para você



Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados

Postagens (24 horas retroativas)