quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

SULAMITA. A MAIS BELA E A BELEZA SEM FIM


Postagens




Entrada (24h. O Blog + De 1.000)

Visualizações de página 





21 de jan de 2015, 


1600 





20 de jan de 2015, 


43 





25 de fev de 2015, 


24 





21 de jan de 2015, 


12 





24 de fev de 2015, 





SULAMITA - A MAIS BELA DAS MULHERES



Valdenira Nunes de Menezes Silva



" Eu dormia, mas o meu coração velava; e eis a voz do meu amado que está batendo" (Cantares de Salomão 5:2).



O livro "Cantares de Salomão", conhecido também como "Cântico dos Cânticos" ou "Poema de Amor", é visto pelo povo judeu como o livro do amor de Deus por Seu povo, Israel.
Cantares de Salomão é um livro onde lindas canções de amor são derramadas diante nós e onde vemos a mão de Deus dando amorosas pinceladas e transformando-o num verdadeiro poema.

Várias interpretações são dadas a ele:

1- O povo judeu vê, claramente, através dele, o amor de Deus por seu povo.
2- Alguns cristãos crêem que ele representa o amor de Cristo pela igreja.
3- Outros cristãos crêem que se pode ver nele o amor de Cristo pela alma de cada pessoa.
4- Alguns comentaristas o interpretam como o amor entre um homem e uma mulher.

E você, minha irmã, quando está lendo Cantares de Salomão, em qual destas posições você se coloca?
Quem sabe, algumas de nós, se coloca como sendo a própria sulamita?

Ah, como é doce e suave quando ouço do meu esposo, do meu amado, daquele que Deus colocou para eu amar por toda a minha vida ...
"Que belos são os teus amores, irmã minha! oh esposa minha! quanto melhores são os teus amores do que o vinho! e o aroma dos teus bálsamos do que o de todas as especiarias"(Cantares de Salomão 4:10). Talvez não estas mas muitas outras palavras bonitas ditas por ele são como um refrigério e um bálsamo para a minha alma!

Quando leio a história de Cantares de Salomão, tenho desejo de agir como ela ... amar aquele que é o esposo que Deus me deu e de ser amada por ele.
Em Eclesiastes 9:9 a Bíblia nos exorta a amarmos aquele que Deus nos deu, com um amor sem medida. Ele diz:"Goza a vida com a mulher [o marido]que amas, todos os dias da tua vida..."
Na nossa história, esta mulher, a sulamita, era amorosa e talvez a mais bela de todas as mulheres. Ela teve seus momentos de alegria por viver intensamente um amor tão lindo e apaixonado, e seus momentos detristeza por estar, algumas vezes separada daquele seu tão grande amor.

Assim como vemos, hoje em dia, com muitos casais que se amam, a sulamita e seu amado se tratavam com muito amor e se comparavam com coisas engraçadas mas que, com certeza, eles mesmos ficavam lisonjeados ... Vejam este quadro:





O AMADO PARA A SULAMITA 

A SULAMITA PARA O SEU AMADO 







1- "As éguas dos carros de Faraó, te comparo..."(Cantares 1:9). 

1- "O meu amado é para mim um ramalhete de mirra" (Cantares 1:13). 


2- "... os teus olhos são como os das pombas" (Cantares 1:15). 

2- "Como um cacho de chipre nas vinhas de En-Gedi é para mim o meu amado" (Cantares 1:14). 


3- "Pomba minha..." (Cantares 2:14). 

3- "Qual a macieira ... tal é o meu amado" (Cantares 2:3). 


4- "... não desperteis meu amor ..." (Cantares 3:5). 

4- "O meu amado é semelhante ao gamo ..." (Cantares 2:9). 


5- "Quem é esta ... perfumada de mirra ..." (Cantares 3:6). 

5- "O meu amado é cândido ... (Cantares 5:10). 


6- "Eis que és formosa amiga minha ..." (Cantares 4:1). 

6- "As suas faces são como canteiro de bálsamo ..."(Cantares 5:13). 


7- "... o teu cabelo é como o rebanho de cabras"(Cantares 4:1). 

7- "Tal é o meu amado, e tal o meu amigo ..." (Cantares 5:16) 



E você, minha irmã, como chama o seu amado?
Você é como aquele rio cujas águas correm amorosamente para o seu amado? Ou você é aquele rio seco, cheio de pedregulhos e sem nada para oferecer?
A sulamita era uma mulher apaixonada. Será que eu ou você somos também apaixonadas, amorosas e meigas para nosso marido? Se não somos assim, então temos que pedir ao nosso Pai do céu que nos transforme em mulheres cujas características sejam semelhantes às dela - amorosa, apaixonada e meiga.

A sulamita eram uma mulher que ansiava pelos beijos do marido, vagueava pelas ruas da cidade procurando o seu amado. Observando esta sua maneira de ser, de agir, podemos ver nela um amor romântico, um amor que quer agradar àquele a quem ela tanto ama. Podemos perceber que não é apenas um amor físico mas é muito mais do que isto ... é um amor verdadeiro, um compromisso para toda uma eternidade ... é um amor que não vê o passar do tempo, as transformações físicas mas se transforma em um amor amadurecido, mais forte e mais profundo. Podemos chamar este amor de amor duradouro, eterno e diferente da paixão que é passageira e parecida com um vapor que se esvai.

Ah amada irmã, este é o amor que quero ter por meu marido e, oro ao Senhor, que o mesmo amor ele possa ter por mim.

Na Bíblia, vemos homens e mulheres que se amaram com este mesmo tipo de amor - sincero, apaixonado e eterno. Dentre tantas histórias de casais que se amaram podemos citar a história de...

1- Isaque e Rebeca - eles se amaram apesar de ter sido o servo de Abraão quem a escolheu para ele. Vemos que o Senhor agiu abençoando a vida dos dois.
2- Jacó e Raquel - eles se amaram apesar do pai dela, Labão, ter enganado Jacó. Além dos sete anos que ele havia trabalhado para poder se casar com a sua amada, teve que trabalhar mais sete, e isso porque a amava muito.
3- Elcana e Ana - eles se amaram mas tiveram que esperar muitos anos para poderem ter o primeiro filho e o dedicarem ao Senhor. Depois deste primeiro filho, que foi o profeta Samuel, eles ainda foram abençoados com muitos outros. Porque se amavam esperaram o tempo escolhido por Deus para receberem tamanha dádiva.

Vejam o que nos diz a irmã Ann Spangler em seu livro "Elas": "Se você foi tão afortunada em seu casamento a ponto de experimentar um amor que tenha pelo menos a metade da paixão descrita neste livro da Bíblia, leia-o à luz de sua história agradecendo a Deus pela bênção recebida. Mas, em caso negativo, fique satisfeita por saber que o amor do casal e sua expressão sexual são idéia de Deus."
Talvez, amada irmã, você não tenha o amor do seu marido do jeito que você gostaria. Talvez o seu marido nem viva mais com você. Mas, apesar de tudo isto, podemos ter certeza de que existe um amor que nunca se acaba, que é sincero e que deseja o melhor para nós. Veja que amor seguro ...
"Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor" (Rom 8:38-39).

"Obrigada, Pai, porque Tu és um Pai que consolas. Tu és um Pai que nos ama e cuida de nós. Mesmo que ninguém neste mundo nos ame, Tu nos amas e nada poderá nos separar do Teu amor que está em Cristo Jesus, nosso Senhor. Amém!-----------------------------------------------------------------------------------------

Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página dehttp://solascriptura-tt.org/ )









http://solascriptura-tt.org/DoCoracaoDeValdenira/SulamitaMaisBelaDasMulheres-Valdenira.htm