segunda-feira, 2 de março de 2015

A Ressureição de Kerry


Em conselho da ONU, Kerry faz defesa acalorada de Israel

Estadão Conteúdo
Redação Folha Vitória
Genebra - O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, fez nesta segunda-feira uma defesa vigorosa de Israel perante o Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, pedindo que seus membros acabem com o que o que ele chamou de "foco injusto e tendencioso" sobre o Estado judeu.
"Ninguém nesta sala pode negar que há um foco desequilibrado em relação a um país democrático", disse Kerry, criticando o fato de que nenhum outro país aparece tanto nas reivindicações ao Conselho de Direitos Humanos quanto Israel. "É preciso dizer que a obsessão deste Conselho com Israel, na verdade, pode comprometer a credibilidade de toda a organização."
As declarações foram feitas ao mesmo tempo que em a administração de Barack Obama tenta atenuar as queixas internas e externas de que o apoio a Israel não tem sido suficientemente forte. O Estado judeu ainda acusa os EUA de uma aproximação com o Irã, em meio às negociações para o acordo nuclear com a república islâmica. Fonte: Associated Press.