segunda-feira, 30 de março de 2015

KADIMA: SUA CRIAÇÃO, APLAUSOS INTERNACIONAIS PARA SHARON E HIPER ESTABELECIMENTO DO TOTAL TERRORISMO GUERRILHEIRO EM GAZA ELEVADO À AMEAÇA MILITAR PELO APOIO SIRIO-ÁRABE-IRANIANO E ANTISSEMITA... JUDEUS QUE EQUILIBRAVAM GAZA ENXOTADOS POR MANOBRAS POLÍTICAS APÁTRIDAS E SUICIDAS BENEVOLAS SOMENTE PARA SEUS INTOCÁVEIS. NÃO PERMITA MAIS POVO E NAÇÃO DE ISRAEL ATOS ASSIM E OUTROS CONTRA SUA EEXISTÊNCIA. IEHOUAH DOS EXÉRCITOS SEJA CONVOSCO


 2005
Depois de 38 anos, o premiê israelense Ariel Sharon determina a desocupação total da Faixa de Gaza, deixando-a sob o controle da Autoridade Nacional Palestina, dominada pela Fatah, principal facção da OLP
http://content-portal.istoe.com.br/istoeimagens/imagens/mi_5145209055906117.jpg
 2006
O Hamas ganha as eleições para o Parlamento palestino, derrotando a Fatah. A vitória fortalece a ala moderada, liderada por Ismail Haniya


http://content-portal.istoe.com.br/istoeimagens/imagens/mi_5145266287244357.jpg
2007
As forças de segurança do Hamas expulsam os dirigentes da Fatah da Faixa de Gaza e assumem o controle do território. A Fatah fica confinada à Cisjordânia. Israel responde bloqueando quase totalmente a Faixa de Gaza

http://www.istoe.com.br/reportagens/5235_O+MASSACRE+DE+GAZA

Kadima

  • Vigiar esta página
Kadima
PresidenteTzipi Livni
Fundação24 de novembro de 2005, porAriel Sharon
SedeNa cidade de Petah Tikva
IdeologiaCentrismoLiberalismo eSionismo
Site
[1]
Kadima (em hebraicoקדימה, lit. Avante) é um partido político de Israel, de ideologia centrista, fundado pelo ex-primeiro-ministro Ariel Sharon e integrantes moderados do Likud, após o primeiro ter abandonado o partido em21 de Novembro de 2005, e por integrantes do Partido Trabalhista.[1]
Actualmente é liderado por Tzipi Livni, que venceu as prévias do partido para suceder Ehud Olmert em 17 de Setembro de 2008[2] .
Antes de enfrentar as suas primeiras eleições, em 2006, o Kadima sofreu com a saída de cena de seu fundador (Sharon), que desde então está em coma devido a dois acidentes vasculares cerebrais, mas que venceu as eleições, conquistando 29 dos 120 assentos no referido ano.[3] Em 2009 o partido conquistou 28 cadeiras.
Maiores nomes do partido:

Referências

Ligações externas