quinta-feira, 16 de abril de 2015

A resposta de Putin foi o mesmo que uma ausência de resposta. Se os S-300 não fossem perigosos, porque tamanha importância, senão a de blindagem quanto às intocáveis instalações nucleares iranianas? Uma vez que o Irã promove e sustenta o terrorismo, tem que ser defendido de quem por prioridade?


POR
Sputnik Brasil
versões regionais
16:27 16 ABRIL 2015


CAPA
BRASIL
MUNDO
SOCIEDADE
DEFESA
OPINIÃO
MULTIMÍDIA
RÁDIO
AGORA NO AR



BUSCA


MUNDO
Putin: "S-300 não ameaçam Israel"
MUNDO
07:36 16.04.2015(atualizado 08:18 16.04.2015) URL curta
31160Quando fornecemos equipamento militar a um país de certa região, tomamos em conta a situação lá, especialmente quando se trata do Oriente Médio, frisa Vladimir Putin.


"Nós não somos o maior fornecedor de armas para o Oriente Médio, os Estados Unidos entregam muito mais", disse o presidente. O premiê israelense Netanyuahu manifestou preocupação com os fornecimentos de mísseis S-300 ao Irã, mas é um equipamento defensivo e por isso não ameaça Israel.

Além disso, Vladimir Putin explicou que o fornecimento de S-300 não está na lista de sanções internacionais, trata-se de um acordo Rússia-Irã.


60


Tags:
Benjamin Netanyahu, Vladimir Putin, Irã, Israel, Rússia

EM FOCO

EUA continuam criando obstáculos ao Banco de Investimentos AsiáticoO Prêmio Nobel de Economia, Joseph Stiglitz, acredita que impedimentos dos EUA ao Banco Asiático de Investimentos em Infraestrutura é uma evidência da insegurança dos Estados Unidos de perder o seu controle sobre as decisões financeiras do mundo.
264

Sputnik destaca comentários de Putin sobre principais questões da agenda internacionalO presidente russo Vladimir Putin participou nesta quinta-feira (16) da Linha Direta que durou quatro horas, respondendo a 74 perguntas de cidadãos da Rússia. Confira as respostas sobre os temas internacionais mais atuais.
366

Rússia e universidade gaúcha vão abrir segunda estação do Glonass no BrasilA Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), no Rio Grande do Sul, assinou uma parceria com o governo russo para instalar uma nova antena de captação de sinais de satélite do sistema de navegação global Glonass, análogo russo do sistema norte-americano GPS. A cidade será a segunda no país a receber uma estação do Glonass.
197

NOTÍCIAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
MAIS LIDAS

15:58Al-Qaeda assume controle de aeroporto, terminal de petróleo e porto no Iêmen
15:19Rússia e universidade gaúcha vão abrir segunda estação do Glonass no Brasil
15:13EUA continuam criando obstáculos ao Banco de Investimentos Asiático
15:09Três conhecidos críticos de Poroshenko são assassinados em três dias em Kiev
14:56Empresas espanholas seguem apostando na RússiaTodas as notícias

MULTIMÍDIA
FOTOS
VÍDEOS
INFOGRÁFICOS

Protestos contra violência policial continuam nos EUA



SIGA O SPUTNIK
FACEBOOK
TWITTER



NOTÍCIASBrasilMundoSociedade
Ciência e tecnologia
Cultura
Esportes
Mundo insólitoDefesaOPINIÃOMULTIMÍDIAFotosVídeosInfográficosRÁDIOProgramasEntrevistasOnde nos ouvirSPUTNIKQuem somosAplicativo móvelTermos de Uso
© 2015 Sputnik
A rede Sputnik foi registrada no Serviço Federal de Supervisão na área das Tecnologias de Informação e Meios de Comunicação Social (Roskomnadzor) em 17 de novembro de 2014. Certificado de registro EL № FC77-59867. O site pode incluir matérias com classificação 18+

×
Sputnik NewsSputnikFREE - In Google PlayVIEW



Leia mais: http://br.sputniknews.com/mundo/20150416/777232.html#ixzz3XVCRuvjB