sexta-feira, 17 de abril de 2015

Além das colocações de Netanyahu, o regime verde recebe a mesma estima inconsequente que o nazismo recebeu, as lideranças islamitas são aplaudidas e elogiadas como foram as nazistas e tanto o mundo civilizado como as sociedades religiosas mundiais consentem com silêncio, apoio ou falta de atitude. Mas pergunto a ti povo iraniano: é interessante passar pelas condições deploráveis que o nobre povo alemão acabou passando? Vale a pena mesmo, apostar todas suas gerações nisso?


Toggle navigation

Buscar


Recife, 17/ABR/2015

32º/ 21º
outras regiões

minguante


A-A+

TAMANHO DA LETRAENVIARIMPRIMIRCORRIGIR
(0) Comentários
Votação:

Compartilhe:
Share on facebookShare on twitterMore Sharing Services0


Crítica »Netanyahu compara Irã à Alemanha nazistaEsta não é a primeira vez que o primeiro-ministro israelense faz declarações contrárias ao Irã


AFP - Agence France-Presse

Publicação: 16/04/2015 08:09 Atualização:


O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu, no dia 13 de abril de 2015, em Beit Shemesh. Foto: Jack Guez/AFP

Jerusalém (AFP) - O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, comparou nesta quarta-feira o Irã à Alemanha nazista, na véspera do dia que recorda o Holocausto.


"Do mesmo modo que os nazistas tentaram dominar o mundo aniquilando o povo judeu, o Irã busca controlar a região (Oriente Médio) e destruir o Estado hebreu", disse o premier em Jerusalém, um dia antes do 70º aniversário da libertação dos judeus dos campos de extermínio e de concentração da Alemanha nazista.


Ao citar o acordo firmando recentemente entre as grandes potências do grupo 5+1 (Estados Unidos, China, Reino Unido, Rússia, França e Alemanha) e o Irã sobre o programa nuclear iraniano, o chefe de governo israelense afirmou que as lições da Segunda Guerra Mundial foram esquecidas.


"Os governos democráticos cometeram um erro capital antes da Segunda Guerra Mundial e nós, como muitos de nossos vizinhos, estamos convencidos de que acabam de cometer outro erro amargo", afirmou o líder israelense, que acusa o Irã de querer fabricar uma arma nuclear.


Na semana passada, Netanyahu já havia chamado o Irã de "o Estado terrorista mais perigoso do mundo".


Tags: comparação nazista alemanha irãcrítica netanyahu




Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda
Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senhaE-mailSenha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.







15:09 - Levy diz haver interesse global em se criar bancos de fomento

15:06 - Lula e Paulo Câmara chegam à fábrica da Itaipava

15:02 - ONS eleva previsão de ENA na região Sudeste para abril

14:56 - Encontro promove Nordeste como terra para investidores

14:56 - MPPE identifica irregularidades e recomenda à Prefeitura do Recife devolução do Plano Específico do Cais José Estelita, Santa Rita e Cabanga

14:50 - ONU pede rápida investigação dos assassinatos na Ucrânia

14:47 - Premiê italiano diz que estabilidade da Líbia é a solução para a crise migratória

14:35 - Sérgio China fecha treino, mas Salgueiro não deve ter muitas novidades para jogo com Sport

14:31 - Novos emojis negros da Apple são usados de maneira discriminatória

14:26 - Família de lutadores mata assaltantes no interior de SP

14:20 - Seis tendências do SPFW para usar agora

14:20 - Com pouca chuva, nível do Cantareira fica estável pelo sexto dia seguido


Professores decidem hoje se mantêm paralisação
Hernane Brocador pode reforçar o Sport para a disputa do Campeonato Brasileiro
Justiça suspende eleição de Guilherme Uchoa à presidência da Assembleia
Mistérios da maçonaria são tema do Olha! Recife
Vídeo mostra a aterrissagem de um foguete em navio. Veja o que acontece








© Copyright 2014, S/A Diario de Pernambuco. Todos direitos reservados.