segunda-feira, 6 de abril de 2015

Em 1947, depois da Segunda Guerra, a ONU decidiu dividir o território entre judeus e palestinos e pela criação do Estado de Israel, como forma de amenizar os efeitos da perseguição nazista e do holocausto sobre o povo de Abraão. Os judeus aceitaram a decisão, os árabes, não. Vários conflitos opuseram Israel e palestinos desde então. Em 1967, na Guerra dos Seis Dias, Israel ocupou a parte Leste de Jerusalém, a Cisjordânia e Faixa de Gaza, que formariam o Estado Palestino, que nunca foi criado. Ao longo dos anos, houve várias tentativas de acordos de paz e surgiram diversos grupos terroristas como o Hamas, na Faixa de Gaza, e o Fatah, na Cisjordânia, e a tensão na área nunca deixou de existir.