segunda-feira, 13 de abril de 2015

Islã. Futuro e Presente no Passado. Assassinato, Escravidão, Tortura, Estupro, Genocídio... Cruzadas muçulmanas contra Cristãos e Judeus


http://praelio.blogspot.com.br/2011/06/ha-1441-anos-uma-terrivel-praga-nascia.html?m=1






quarta-feira, 8 de junho de 2011


Há 1441 anos uma terrível praga nascia no mundo: O Islã!

Segundo informa a Wikipédia (não sei se essa é a data exata), no dia 08 de junho de 570, há exatos 1441 anos, nascia em Meca através de Maomé o Islamismo. Essa praga que em 1440 anos causou aproximadamente 270 milhões cadáveres em nome de Allah.

Mas, como é dia de festa, aniversário, tenho que dar um belo presente. Meu presente para esse "grande" dia em que um pedófilo com transtornos psiquiátrico e como diz o Padre Zacaria Botros, com enormes pervesões sexuais,fundou uma religiãoé um texto do blog De Olho na Jihad, simplismente brilhante.

São Tiago Mata-mouros venha em nosso auxílio!

O Islã

1- Estupro: O Islam endossa o estupro de todas as não-muçulmanas, as quais esta doutrina de ódio ensina que são prostitutas, pois, como infiéis, não merecem nenhum respeito dos muçulmanos. Maomé foi um estuprador em série. Uma de suas "esposas", Rayhāna bint Zayd ibn ʿAmr, foi uma escrava de guerra judia, da tribo dos Banu Quraiyza, que ele exterminou em 626.  O monstro a estuprou e transformou em escrava sexual no mesmo dia em que mandou decapitar o marido dela, junto com todos os outros homens da tribo (600-900).

Seguindo o exemplo de Maomé, os muçulmanos radicados na Europa hoje lançam uma veradadeira campanha de estupros contra as cristãs dos países onde vivem, que não é denunciada pela imprensa por covardia e cumplicidade. E no chamado "mundo muçulmano" a situação é muito pior. O sequestro e estupro de não-muçulmanas é prática corriqueira por lá.

Permitir a entrada de muçulmanos em nossos países cristãos é uma demência tão grande quanto convidar estupradores para se mudarem para nossas casas.(Veja também o item 4, abaixo)
2- Afirmar que Deus tem um filho; blasfêmia: Cristo é o filho de Deus, assim como o assassino e impostor blasfêmo Maomé e todos seus seguidores têm Satanás por seu pai, pois está escrito: "Por que não entendeis a minha linguagem? Por não poderdes ouvir a minha palavra. Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira" (João 8, 43-44); e também: "Guardai-vos dos falsos profetas, que vem até vós disfarçados em ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores.Pelos seus frutos conhecereis . Colhem-se, porventura, uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos ?" (Mateus 7, 15-16) (Veja o segundo parágrafo do item 4, abaixo, para você ver o que é blaslfêmia de verdade)

Eis aqui o pai de Maomé e todos os que o seguem


3-Exploração: Maomé lançou milhares de infelizes na escravidão. Ao contrário do Judaísmo e do Cristianismo, que abriram caminho para o fim da escravidão, oIslam sempre uma religião pró-escravidão.

Vários séculos antes das Cruzadas, os muçulmanos já escravizavam os cristãos europeus.

A Arábia Saudita, terra do falso profeta Maomé e a nação mais muçulmana do planeta, foi o último país do mundo a abolir a escravidão, EM 1962.

Hoje, no Sudão, os árabes do norte aterrorizam e escravizam os negros cristãos do país.

Os cristãos que no decurso da história possuíram escravos o fizeram em total desacordo com o Cristianismo, ao passo que os muçulmanos escravistas apenas seguiram o exemplo de Maomé. A própria idéia moderna de que a escravidão é abominável surgiu no Ocidente cristão.

E é justamente um punhado de membros desta porcaria de culto de ódio, criado por um grande senhor de escravos como foi Maomé, que acusam o Cristianismo de exploração?

4-Promiscuidade (...), Pedofilia: Jesus viveu casto e ensinou a monogamia. Maomé foi um polígamo, um estuprador de escravas a tal ponto depravado que chegou a anunciar, num trecho do Corão, que Deus lhe dava autorização exclusiva para comer todas as mulheres a sua volta. Parece mentira, não é? Pois olhe: 

Ó Profeta, em verdade, tornamos lícitas, para ti as esposas que tenhas dotado, assim como as que a tua mão direita possui (cativas), que Deus tenha feito cair em tuas mãos, as filhas de teus tios e tias paternas, as filhas de teus tios e tias maternas, que migraram contigo, bem como toda a mulher fiel que se dedicar ao Profeta, por gosto, e uma vez que o Profeta queira desposá-la;este é um privilégio exclusivo teu, vedado aos demais fiéis. Bem sabemos o que lhes impusemos (aos demais), em relação às suas esposas e às que suas mãos direita possuem, a fim de que não haja inconveniente algum para ti. E Deus é Indulgente, Misericordioso. (Corão, 33: 50)

SEGUNDO O FALSO PROFETA IMPOSTOR MAOMÉ, ESTE AÍ É DEUS FALANDO COM ELE, TRABALHANDO PARA ELE COMO CAFETÃO. Note o cinismo monstruoso dos trechos destacados em negrito. O sujeito tem que ser um completo débil mental para acreditar que este lixo blasfêmo que é o Corão é a palavra eterna de Deus.
Maomé também foi um pedófilo capaz de "se casar" com uma menina de 6 anos de idade  (Aisha)  e começar a estuprá-la quando ela tinha 8 anos e 9 meses de idade, ele que era um homem de 54 anos.

A mais linda história de amor de todos os tempos,
de acordo com os muçulmanos

Seguindo o exemplo de seu chefe, os muçulmanos vêm estuprando as não-muçulmanas há 1400 anos.

Desde o fim do regime do ditador Saddam Hussein, milhares de cristãs iraquianas já foram estupradas e sequestradas para servirem como escravas sexuais no Iraque e em outrospaíses árabes de quinta categoria  (veja o vídeo do item 1).

Isso para não falar em pedofilia, que é difundidíssima e aberta no mundo muçulmano, seguindo o exemplo do notório pedófilo Maomé; a tal ponto que uma das medidas da revolução islâmica do Irã foi baixar a idade mínima do casamento das mulheres para 9 anos, já que essa era a idade que Aisha tinha quando Maomé começou a estuprá-la. Abaixo, um amigo próximo do Aiatolá Khomeini conta sobre como ELE MOLESTOU UMA MENINA DE 4 ANOS DE IDADE COM O CONSENTIMENTO DOS PAIS DELA.


Aqui, um clérigo islâmico diz com todas as letras: O ISLAM ENDOSSA A PEDOFILIA, POIS MAOMÉ ERA PEDÓFILO:



Em 2009 mesmo, 400 árabes da faixa de Gaza, já homens feitos, se casaram em massa com meninas que não tinham mais de 6 anos de idade, sob o patrocínio do grupo terrorista Hamas.



E é esta escória que acusa o Cristianismo de ser responsável por pedofilia? Cada um deles é um Iago, acusando todos os demais de serem perversos e imorais.

5-Violência Doméstica: Qual o país cristão em que já ocorreu de a Suprema Corte decretar que é legal o marido espancar a esposa, porque a religião predominante lá dá permissão para isso? Não precisa nem responder.

Mas foi isto o que a Suprema Corte de Abu Dhabi, um dos Emirados Árabes, fez outro dia, inocentando um pedaço de lixo humano que espancou a esposa e a filha,como noticiamos aqui.

E se o "mundo muçulmano" é atrasadíssimo para tudo o que é bom e decente, (seis míseros prêmios Nobel em uma população de 1 bilhão de pessoas, em 55 países), para tudo o que não presta eles lá são os mais adiantados. No que diz respeito à violência doméstica, esta gente chegou a desenvolver regras especiais para o espancamento de esposas (vídeo abaixo) e técnicas próprias para brutalizar e destruir psicologicamente as mulheres (fotos abaixo).

Imam ensina o modo correto do marido bater na esposa
Você deve se lembrar das vezes em que ouviu padres e pastores
ensinando os maridos a espancarem as mulheres, claro


Isto aqui é violência doméstica:

No Ocidente, com sabemos, é muito comum vermos
católicos praticantes e evangélicos fervorosos jogarem
ácido na cara das esposas. Pois bem. Naturalmente,
entre os muçulmanos devotos da Ásia central e do Subcontinente Indiano,
 o desfiguramento facial das mulheres e namoradas rebeldes
é tão difundido quanto entre nós...
Alguns exemplos (Fonte: Tampa Bay Blog):





Os afegãos são particularmente criativos.
Além do desfiguramento por ácido, também cortam os narizes das mulheres:


E não deixa de ser irônico que este cartaz esteja chamando a atenção do mundo todo na mesma semana em que uma atriz da série de filmes do Harry Potter foi agredida pelo pai e pelo irmão, por estar se encontrando com um rapaz não muçulmano. A moça precisou pular da janela do quarto para não ser vítima de um assassinato "por motivo de honra",que são a coisa mais comum no "mundo muçulmano" e entre muçulmanos vivendo no Ocidente.

Esta mulher paquistanesa abaixo, por exemplo, radicada com a família na Inglaterra, foi queimada viva junto com as filhas pelo marido, um muçulmano devoto, incomodado com a ocidentalização excessiva delas. Logo abaixo, uma moça iraquiana sendo linxada pelos parentes por ter "desonrado" a famíllia.


6-Violência e Crime: Não vamos nem comentar. Melhor simplemente colar aqui alguns endereços para posts que já publicamos, para esclarecimento dos que não lêem regularmente este blog ou outros de igual tendência:

Islam: Igual a si mesmo ontem, hoje e sempreO que os documentos vazados pelo Wikileaks não vão te mostrar sobre a tortura no IraqueA primeira decapitação de um garoto taliban de 12 anos de idade;Vídeo legendado: o testemunho terrível de uma das sobreventes do massacre na igreja em Bagdá;  Sem cortes nem censura: múltiplas decapitações de jovens soldados russos por muçulmanos chechenosBala no Urso Gangster;Arcebispo: Cristãos iraquianos sofrem 'limpeza étnica planejada'; Obama relembra Mumbai: e Fort Hood, Sir?A violência política da Bíblia e do CorãoBoletim da perseguição islâmica às mulheresAs ligações da Irmandade Muçulmana com organizações supremacistas islâmicas globaisMuçulmanos bósnios postam video em homenagem ao aliado nazista Hajj al-Husseini, mufti de JerusalémVamos acabar com a perseguição e o massacre em massa dos cristãos do IraqueIndonésia - Aumento de ataques e violência contra igrejas; cristãos preocupadosO discurso de Reagan sobre a Jihad muçulmanaLista crescente de atrocidades muçulmanasA mesquita do Marco Zero e a construção de Mesquitas no EgitoIslam: 270 milhões de cadáveres em 1400 anosA chama eterna da indignação muçulmanaXaria para os bobosÉ assim que muçulmanos tratam os cristãos naquele bastião do Islã 'moderado' que é a Indonésia (Aviso: Cenas de violência extrema).

8-Vandalismo: Jesus não foi um vândalo. O Cristianismo não prega o vandalismo. Quem se envolve em vandalismo com o endosso e em função do próprio credo que seguem são os muçulmanos, seguindo o exemplo de Maomé, que depredou todos os bens que não roubou das 3 tribos judaicas de Medina que ele expulsou, massacrou e escravizou; e que depredou todos os ídolos da população de Meca assim que teve oportunidade de fazê-lo. Seus discípulos têm sido zelosos em destruir, depredar e ultrajar os símbolos religiosos de todos os outros, desde então.

Vandalismo? Vandalismo é isto aqui:

Note o crescente islâmico no topo do monumento:
Por que é que os muçulmanos são os únicos a associarem
as mal-feitorias que fazem à própria religião, senão porque esta as endossa?



no Monte das Oliveiras, em Israel

Nos países muçulmanos, incendiar os templos e casas dos
cristãos sob qualquer pretexto, é prática corriqueira
Já passou da hora de nós cristãos começarmos a 
fazê-los provarem do própio veneno


Vandalismo à moda muçulmana:
Que membros de outra religião jogam aviões em prédios?


9-Drogas: O Islam é a única religião do planeta que usa o narcotráfico como forma de financiar as próprias atividades. A a al-Qaida, e o Hizballah estão envolvidos com o tráfico de cocaína no norte da África, em associação com traficantes sul-americanos, como já denunciamos aqui,aqui aqui. No Afeganistão, o Taliban ganha fortunas com a produção de heroína.

Quantos grupos evangélicos ou católicos você vê envolvidos com um lixo destes? E por que esta é uma especificidade do Islam, entre várias outras, igualmente diabólicas?

Conclusão: Só mesmo doentes mentais e espirituais podem dizer da própria religião que com ela eles têm "casamento, família, honra, segurança e direitos para homens, mulheres e crianças", quando esta mesma religião tem um currículo sinistro destes. Doentes e mentirosos, que têm por pai ao Diabo, que é o pai da mentira e de todos os que seguem Maomé.

Mas apesar de repudiarmos as mentiras dos muçuns, o ódio desta gente à data da celebração do nascimento de Cristo é perfeitamente compreensível. A Bíblia diz que Cristo foi a luz que brilhou nas trevas e elas não os compreederam (João 1, 5). É da natureza das trevas odiarem a luz e também quem a ama. Um coração que se abre à mensagem negra do culto islâmico é tão inimigo de Cristo, do Cristianismo e da cristandade quanto qualquer demônio que povoa o Inferno, que é onde o chefe deles, o salteador de estradas e líder de culto Maomé, está ardendo, agora.

Vamos celebrar o Natal, nascimento do Salvador. Os muçuns, que celebram e servem a Maomé, achando que servem a Deus, que o sigam. Sigam mesmo(primeira imagem abaixo) e vão lá para onde ele está neste exato instante, esperando por eles (segunda imagem a baixo).

Mas enquanto isto, cabe a nós cristãos tomarmos as medidas cabíveis em relação a esta gente. Enquanto estes elementos estiverem entre nós, em nossos países, abominações como este cartaz são só o tipo de comportamento mais brando e menos ofensivo a nós que podemos esperar deles, no qual eles vão incorrer enquanto conspiram para nos matar, derrubar nossos governos, nos escravizar, destruir nossa civilização e varrer o Cristianismo da face da Terra.
"Se um cego guiar outro cego, cairão ambos na cova." (Mateus 11, 14)
O falso profeta Maomé arrastando consigo para o Inferno os muçulmanos:
Fazemos votos de que o fogo eterno lhes seja muitíssimo quente


O falso profeta Maomé em sua eterna morada,
enquanto vai esperando pelos muçulmanos que ainda não chegaram
(Divina Comédia: Inferno 28, 22-68)

8 comentários:

  1. Lamentável que esta religião tem total liberdade em nossos países. Devemos começar uma cruzada contra estes infiéis, pagãos!
    Responder
  2. É isso aí! Enquanto estivermos recebendo essa corja maldita, o Ocidente comete suicídio!
    Depois ainda tem brasuca que abjura o cristianismo para ganhar uma vaguinha no colo docapeta, ao aderir a essa seita demoníaca...
    Responder
  3. Pessoal reclama que eles matam e falam em 'cruzada' contra eles. realmente muito cristão
    Responder
  4. o islamismo radical e uma praga no mundo! e eles estao crescendo...eu respeito a religiao dos outros mas esta nao da pra aceitar...uma religiao q incentiva o estrupo,assassinato,pedofilia,suicidio e o odio...claro q nao devemos generalizar pq deve ter uns poucos mulcumanos bons....
    Responder
  5. só Jesus Cristo salva, só ele é o mediador entre Deus e o homem. I Timotio - 2.5
    Responder
  6. Sao uma praga mesmo. E vamos ter que ficar esperto eles parecem estar bem organizados tentando distorcer a visão das pessoas para mostra a religião deles como algo bom (nota-se melhor em comentários onde há noticias ruins sobre muçulmanos) e principalmente estão com taxas de fertilidade muito alta na Europa(e a população europeia esta decaindo)e acredito que podem estar tentando dominar o mundo.
    Responder
  7. Perfeito, o texto diz tudo o que essa maldita raça representa no mundo atual. Ainda bem que as grandes potências não deixam esses estados islâmicos se apossarem de grandes armamentos bélicos.
    Responder
  8. Essa seita do demônio está crescendo cada dia mais, estão se infiltrando na Europa, paulatinamente. Há bairros na Inglaterra que a lei é a sharia. Estão deixando esse praga crescer por covardia e inércia, achando que os direitos humanos se aplica a esses animais, esse erro vai sair muito caro. A próxima guerra mundial será religiosa e será o Ocidente contra os adeptos do capeta do Oriente. Até Nostradamus já previu esse fato, o que, pelo vista, está se concretizando. Precisamos escorraçar essa corja de volta para seus países de origem e fechar a porta para esses filhos do demônio.
    Responder
Muito obrigado pelo comentário!

Devo dizer que dificilmente não publico os comentários, rejeito aqueles que trazem apenas ofensas e não apresentam argumentos!

Ultimamente os comentários de "anônimos" que apenas cospem ofensas tem sido rejeitados! Não por suas palavras, mas por serem covardes que não tem coragem de assumir suas atitudes! Tudo que aqui escrevo, assino e assumo, portanto, gostaria que estes "Mister M" tivessem a mesma coragem!

Pax et bonvs!