quinta-feira, 9 de abril de 2015

Quando tu França e você Europa se derem conta de que somente podem contar com o Sionista Estado Judeu De Israel, haverá tempo ainda de ajudar suas populações?


Emojis alienígenas invadem o iPhone após atualização do iOS
IBM testa inteligência artificial que imita cérebro humano
Remédio que impede HIV pode decretar fim da era da camisinha
"WhatsApp não é fim da história", diz diretor da Telefônica
Novo anticorpo reduz carga de HIV
Ataque de hackers interrompe transmissões do canal TV5 Monde
Cientistas encontram glaciares sob superfície de Marte
Teste dá nova esperança sobre imunoterapia contra aids
6 respostas sobre o Tidal, o serviço de música do Jay-Z
Maior aeronave do mundo está próxima de ser concluída

PreviousNext

TECNOLOGIA08/04/2015 21:36

Ataque de hackers interrompe transmissões do canal TV5 Monde


559 views 
0

AFPEstado Islâmico: canal alertou que podem ter sido criadas contas falsas do canal nas redes sociais



Paris - O canal francês "TV5 Monde" foi invadido em grande escala nesta quarta-feira por hackers jihadistas supostamente integrantes do grupoEstado Islâmico (EI), segundo informou a própria emissora.

"O site e as antenas da "TV5 Monde" sofrem neste momento um ataque virtual de grande dimensão. Nossas equipes estão trabalhando nisso", afirmou o canal, transmitido para 200 países, pelo Twitter.

As transmissões da emissora foram interrompidas, conforme confirmou o diretor-geral, Yves Bigot, e até o momento não foi possível restabelecer seu funcionamento normal.

Através da conta oficial do "TV5 Monde" no Facebook, os hackers começaram a divulgar informações pessoais e dados sobre supostos militares e profissionais do porta-aviões francês Charles de Gaulle, envolvido nos bombardeios contra o EI no Iraque.

Além disso, o canal alertou que podem ter sido criadas contas falsas do canal nas redes sociais, que divulgam propaganda jihadista.

Os hackers criaram um perfil do "TV5 Monde" na rede social Google+, no qual aparece uma imagem de um jihadista junto ao emblema do EI e a mensagem "Je suIS IS" (Eu sou o EI, em francês), em alusão ao slogan "Je suis Charlie" popularizado após o massacre contra a sede da revista "Charlie Hebdo". A mensagem é assinada como "Cibercalifado".

Outra mensagem postada nas redes sociais do canal diz que os soldados franceses têm a oportunidade de salvar suas famílias e criticam o "erro imperdoável" do presidente francês, François Hollande, por enviar tropas para enfrentar o Estado Islâmico.

Os autores também reivindicam os "presentes de janeiro", em referência aos atentados contra a "Charlie Hebdo" e o mercado judeu, e dizem que estão "investigando" os parentes dos militares franceses.

A diretora do "TV5 Monde", Hélène Zemmour, afirmou pelo site do canal que trata-se de um "ataque histórico e de grande dimensão, nunca visto em 30 anos".

"O ataque começou pouco depois das 22h (17h em Brasília) nas redes sociais e rapidamente nosso sistema informático caiu, assim como todas as nossas antenas mundiais", explicou.

Zemmour acrescentou que será difícil restabelecer a situação porque os hackers atacaram o sistema interno da emissora.

Com sede em Paris, o "TV5 Monde" foi criado em 1984 e chega a mais de 257 milhões de residências em mais de 200 países, sendo a segunda emissora mais difundida da televisão, atrás apenas da americana "MTV".




Comentários


Recomendamos para você





Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados