sexta-feira, 10 de abril de 2015

Seriam respeitados de outra maneira? " Cercados pela polícia e o exército, os corredores, alguns judeus religiosos, saíram às 05h30 de Rosh HaAyin, uma cidade no centro de Israel, na Linha Verde - a linha de demarcação herdada do conflito de 1967 - e percorreram cerca de 40 quilômetros na Cisjordânia ocupada, segundo Shahar Sadok, um dos organizadores.''


Toggle navigation

Buscar


Recife, 10/ABR/2015

32º/ 21º
outras regiões

cheia


A-A+

TAMANHO DA LETRAENVIARIMPRIMIRCORRIGIR
Votação:

Compartilhe:
Share on facebookShare on twitterMore Sharing Services0


Atletismo »"Maratona bíblica" reúne 2.200 corredores na Cisjordânia


AFP - Agence France-Presse

Publicação: 09/04/2015 20:50 Atualização:
Cerca de 2.200 corredores participaram nesta quinta-feira da primeira "maratona bíblica", organizada pelos israelenses em um percurso pela Cisjordânia ocupada, uma prova que contou com um forte esquema de segurança e que foi denunciada por grupos palestinos.

Este evento, que provocou o fechamento de várias ruas na Cisjordânia, foi denunciado pelos palestinos que convocaram manifestações para denunciar o ato "racista e agressivo do ocupante", em uma declaração lida pela agência oficial de notícias Wafa.

Cercados pela polícia e o exército, os corredores, alguns judeus religiosos, saíram às 05h30 de Rosh HaAyin, uma cidade no centro de Israel, na Linha Verde - a linha de demarcação herdada do conflito de 1967 - e percorreram cerca de 40 quilômetros na Cisjordânia ocupada, segundo Shahar Sadok, um dos organizadores.

A corrida passou pela colônia de Ariel, um dos núcleos israelenses na Cisjordânia ocupada com 18.000 habitantes.

Perto da linha de chegada, no cruzamento de Shilo, localizado na estrada entre Nablus e Ramallah, um palestino esfaqueou na quarta-feira dois soldados israelenses, um ferido seriamente, antes de ser morto.

A maratona lembra um episódio do Antigo Testamento, em que um membro da tribo de Benjamim sai de Eben Ezer (atual Rosh HaAyin) e vai até Shilo para anunciar ao sacerdote Eli a derrota dos israelitas ante os filisteus.

"Não, não era perigoso e não houve nenhum incidente", disse Sadok.

Os palestinos acreditam que a presença de cerca de 400.000 colonos israelenses na Cisjordânia é uma tentativa por parte de Israel de impedir a criação de um Estado palestino nas fronteiras de 1967.

A comunidade internacional considera a colonização ilegal, bem como a construção de assentamentos nos territórios ocupados e anexados por Israel desde 1967. Apesar disso, o Estado judeu continua a se expandir, incluindo em Jerusalém Oriental, onde os palestinos querem transformar na capital do Estado que aspiram alcançar.



Tags: maratona bíblica cisjordânia



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.







15:55 - BB vai abrir 50 agências especializadas no atendimento à microempresa

15:52 - Casa Amarela recebe mutirão de atendimentos veterinários neste sábado

15:45 - Júlio César lamenta gols sofridos, mas avisa: "Se eu tomar gol e meu time sair vencedor, eu não ligo"

15:42 - Museu do Videogame Itinerante chega ao Recife neste sábado com exposição de consoles antigos

15:41 - Reunião do Confaz termina sem consenso sobre redução e unificação das alíquotas

15:39 - Haddad admite que obras podem atrasar em SP

15:39 - Saxofonista Leo Gandelman apresenta união do erudito com o popular neste sábado, no Santa Isabel

15:35 - Após conclusão de obra, abastecimento de água é retomado no Cabo de Santo Agostinho

15:35 - O infectologista Luciano Arraes fala sobre a epidemia de dengue e a virose misteriosa

15:34 - Produção brasileira de cerveja cai 4% no primeiro trimestre, diz CervBrasil

15:27 - Capacidade de liderança de quem ocupa a Presidência está abalada, diz FHC

15:25 - Já experimentou lasanha de jerimum? Confira receita e aprenda a fazer em casa



Ed Motta critica público brasileiro e bate boca com internautas no Facebook
Após estreia pelo Sport, Matheus Ferraz é elogiado por Baptista e está garantido no jogo de domingo
Olha! Recife realiza passeio pelo Jardim Botânico
Chamada de voz do WhatsApp vira isca para levar vírus aos smartphones
Fechamento de vitrines em Amsterdã revolta prostitutas








© Copyright 2014, S/A Diario de Pernambuco. Todos direitos reservados.