quinta-feira, 28 de maio de 2015

DA POBREZA AO PODER POR JAMES ALLEN - NOTE-SE QUE APESAR DA ABORDAGEM UNIVERSALISTA, JAMES ALLEN SE REFERE POR ESTRELA DE GRANDES MESTRES AO INFINITA INTELIGÊNCIA E CONCEDE A TODOS ESTES O RESPEITO DOS SEUS MUNDOS DE CRENÇA


Estrela de Sabedoria

Mágica estrela do nascimento
De Vishnu, Krishna, Buda, Jesus,
Que aparece aos sábios no céu,
Para guiá-los com clara luz.

Na escuridão da noite profunda,
Nas trevas da meia-noite negra;
Tu, Arauto da vinda do reino
Do justo, com sua nova regra!

Tu que contas à mística história Do nascimento do Divino Ente
Nessa estrebaria das paixões,
Na manjedoura da humana mente!

Taciturno cantor do segredo
Da profunda e santa compaixão,
Que alegras a alma em sofrimento
E elevas o triste coração,

Ó Estrela! a mais resplandecente,
Tu de novo apareces no céu,
Tua luz de novo os sábios guia,
Dos credos obscuros rompe o véu;
Nova força dá aos lutadores
Que combatem os ídolos fúteis.
Númerosos erros parasitas,
Formas sem vida, dogmas inúteis.

Tu lhes esclareces o caminho,
Robusteces o seu interior,
Tu de novo as verdades antigas
Revelas a teu observador.

Aos corações que te amam, tu falas
Dos gozos puros da alma impoluta,
Ou da alegria, do contentamento
E da paz que vem depois da luta.

Bem ditosos são os peregrinos
Que te podem ver nos altos céus;
Bem-aventurados os que sentem
Em seu coração o raios teus.

Ilumina-nos, Estrela Santa,
Com teu incomparável fulgor;
Faze-nos sentir tua influência,
Enche os corações com puro amor!

Humilde, saber, paz e fé
Venham-nos com tua doce luz,
Ó antiga Estrela de Vishnu,
De Krishna, de Buda e de Jesus!