sexta-feira, 8 de maio de 2015

Israel é a única nação pequenina e frágil do planeta que tem necessidade de possuir capacidade de defesa planetária, pois que mente cometerá a insanidade de negar que tanto judeus como israelenses são objetivo de inimizade mundial por milhares de anos? O motivo? O real é a liderança natural de Iehouah, possível fortemente entre os mesmos. Modernamente: Sionismo.



Israel testa sistema de propulsão de mísseis balísticos
Sistema serve para lançar em órbita satélites ou mísseis nucleares. País nunca admitiu existência de armas nucleares em seu território.
05/05/2015 15h56 - Atualizado em 05/05/2015 15h56
France Presse
Da France Presse
Israel testou nesta terça-feira (5) um sistema de propulsão para mísseis balísticos, segundo meios de comunicação israelenses.
O ministério da Defesa anunciou a realização do teste, sem esclarecer para que este sistema de propulsão servirá.
"O lançamento (...) ocorreu como estava previsto", indicou o ministério, sem fornecer mais detalhes.
O jornal econômico Globes afirmou que o teste ocorreu na base de Palmahim, ao sul de Tel Aviv. O sistema de propulsão pode servir para um tipo de aparelho chamado Shavit, utilizado para colocar satélites em órbita, mas que também é utilizado para mísseis tipo Jericho, estimou o Globes.
Segundo especialistas militares estrangeiros, Israel segue desenvolvendo o Shavit e dispõe de várias baterias de Jericho que podem ser equipadas com ogivas nucleares e ser lançados nas colinas próximas a Jerusalém.
Israel nunca reconheceu possuir armas nucleares e nega-se a participar de uma conferência sobre desnuclearização no Oriente Médio, mas especialistas apontam que possui 200 ogivas.
SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Este conteúdo não recebe mais comentários.
Mundo
versão clássica
Globo © 2001-2014
princípios editoriais