terça-feira, 19 de maio de 2015

Sim: abertos ao diálogo. Mas como não somos como os que retrocedem para destruição, sem negociação do Grande Israel, Jerusalém ou o Status de Nação Judaica















Login com seu e-mail @R7





Mantenha-me conectado

Ignore caso use um computador compartilhado:


Não possui uma conta no R7?Cadastre-se






19 de Maio de 2015
Especiais
Jornais
Rádios
Grupo Record
Você está aqui:






18/5/2015 às 20h17 (Atualizado em 18/5/2015 às 20h59)
Israel comemora aniversário de independência com representantes da sociedade paulista

Consulado realizou almoço em São Paulo que contou com discursos em favor da paz





Texto: -A +A


Eugenio Goussinsky, do R7
Evento foi realizado em um bufê da capital paulistaReprodução/Facebook

O aniversário de 67 anos da Independência de Israel foi comemorado em São Paulo, nesta segunda-feira (18), em evento que reuniu vários setores da sociedade paulista e contou com a presença de representantes de diferentes correntes religiosas.

O tom dos discursos foi de conciliação, contrastando com a imagem rígida do governo do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, enquanto as negociações de paz com os representantes palestinos pouco evoluem.

O consul de Israel em São Paulo e Sul do Brasil, Yoel Barnea, disse que seu país está aberto a diálogos que não se pautem pelo ódio e ressentimento, em busca de soluções para o impasse na região. E deu um recado a representantes de países e grupos em conflito com Israel.

— Continuamos a nos esforçar pela paz entre Israel e seus vizinhos. Falem conosco a linguagem da paz.

No almoço de confraternização, organizado pelo consulado em um bufê na zona oeste paulistana, a secretária estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Linamara Rizzo Battistella, discursou em nome do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Ela destacou o bom relacionamento entre Israel e Brasil, que reconheceu a independência do país judaico em 1949, ano seguinte à guerra que culminou com o surgimento de Israel como estado. Foram então estabelecidas relações diplomáticas entre ambos.

Dos cerca de 8 milhões de habitantes de Israel atualmente, em torno de 20% pertencem a minorias não judaicas.

Espalhe por aí: 




Links: 



Notícias relacionadas
Publicidade






Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus



Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus



Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus



Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus



Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Serviços do R7



Publicidade








ÚLTIMAS DE INTERNACIONAL

ÚLTIMAS DE NOTÍCIAS

12h32

12h02

12h01

11h48








Especiais

Serviços

Jornais


Rádios

Grupo Record




Faça do R7 a sua página inicialTodos os direitos reservados - 2009-2015 Rádio e Televisão