terça-feira, 4 de agosto de 2015

Quem não Age só Reage se der Tempo...



Premiê de Israel pede que judeus nos EUA se oponham a acordo com Irã
Benjamin Netanyahu falou sobre o assunto em conferência online. Primeiro-ministro diz que acordo nuclear firmado em julho 'trará guerra'.
04/08/2015 20h37 - Atualizado em 04/08/2015 20h37
Reuters
Da Reuters
Primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu durante reunião de gabinete neste domingo (21) (Foto: Reuters/Dan Balilty/Pool)O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu (Foto: Reuters/Dan Balilty/Pool)
O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, tentou convocar judeus norte-americanos nesta terça-feira (4) para se manifestarem contra um acordo nuclear com o Irã defendido pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e que será avaliado pelo Congresso, alertando sobre riscos de uma guerra catastrófica no Oriente Médio.
Em uma conferência on-line organizada por grupos judaicos na América do Norte, Netanyahu reiterou os argumentos de Israel de que o acordo de 14 de julho não era suficiente para conter os projetos nucleares iranianos de alcançar potencial de produção de bombas, ao passo que aliviar as sanções econômicas internacionais sobre Teerã poderia ajudar a financiar desestabilizadores conflitos regionais.
Com pesquisas mostrando equilibradas opiniões de judeus norte-americanos sobre uma questão que tem afetado a aliança entre EUA e Israel, Netanyahu apresentou sua oposição ao acordo como sendo não partidária. Ele também rebateu o contra-argumento da administração de Obama de que o acordo era a única forma de evitar uma eventual guerra com o Irã.
"Eu não me oponho a este acordo porque quero guerra. Eu me oponho a este acordo porque quero evitar a guerra. Todo este acordo trará guerra", disse ele. "É o momento de se levantar e ser levado em conta. Oponham-se a este perigoso acordo."
Organizadores disseram que 10 mil pessoas, sem considerar a audiência de grupos, estavam inscritas para assistir à conferência on-line.

5
COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
    RECENTES
    POPULARES
  • Benaiah Leiehouah
    Parem de ser míopes, 'judeus'. Deixar o Oriente Médio nas mãos de Obamas e Putins promete destruição como nunca viram. Condenem a genocida e terrorista "Lei Internacional", estabeleçam o Grande Israel em todos os sentidos e anexem definitivamente todas as áreas desequilibradas do Oriente Médio. De acordo investimento e necessidade, para sempre áreas sobre controle militar e econômico sionista.
    Imagem do usuário
  • RECENTES
    POPULARES
  • Benaiah Leiehouah
    Dá pra compreender ela. Não o neto. 'Inferno' é os 'outros', cidadão.
    Imagem do usuário
  • Conforme Termo de Uso, comentários com conteúdo inadequado e spam poderão ser removidos a critério da Globo.com.
RECENTES
POPULARES
  • Ibrahim
    há 2 horas
    Minha avó dizia que os judeus são a personificação do mal na terra. Que eles são o mal , o demo. Vendo tudo que ocorre ao redor deste povo , a maneira que eles acumularam fortunas através dos tempos , com escravidão , pornografia e guerras , eu me pergunto se ela não estava com a razão .
    • Luiz Orlando
      há 2 horas
      Esse fascista assassino deveria é ser condenado pela corte internacional.
    • Sidinei Cunha
      há 2 horas
      k.gão.
    Mundo
    versão clássica
    Globo © 2001-2014
    princípios editoriais