terça-feira, 22 de setembro de 2015

Mesmo disparando um rifle o objetivo israelense ou israelita é salvar, proteger, preservar e restaurar. - Já um assassino armado de pedra não deixa de ser letal por supostamente ser criança e antes de tudo é um assassino









Sputnik Brasil
versões regionais
EntrarCadastrar-se20:26 22 SETEMBRO 2015


CAPA
BRASIL
MUNDO
SOCIEDADE
DEFESA
OPINIÃO
MULTIMÍDIA
CHARGES
AGORA NO AR




BUSCA



Polícia de Israel poderá disparar contra palestinos que lançam pedras
© AFP 2015/ ABBAS MOMANI
MUNDO
12:27 22.09.2015(atualizado 14:18 22.09.2015) URL curta
024303
A polícia israelense agora pode usar franco-atiradores para abrirem fogo contra jovens palestinos que lançam pedras em algumas regiões do país, diz a edição Think Progress alegando o jornal israelense Haaretz.





© AFP 2015/ JACK GUEZ
Por que a AIEA não inspeciona programa nuclear de Israel mas presta tanta atenção ao Irã?Enquanto funcionários oficiais dizem que serão usadas armas não letais, já houve casos de morte de adolescentes palestinos no passado.



A polícia em Jerusalém e partes meridionais de Israel será equipada com rifles Ruger para disparar contra os jovens que recentemente lançaram pedras contra passageiros de veículos e residências. Segundo a autorização do procurador-geral israelense Yehuda Weinstein, os policiais só podem disparar se os lançadores de pedras ameaçarem a vida de pessoas. A polícia somente terá o direito de alvejar as pernas dos perturbadores e os oficiais terão de participar de treinos na Academia Nacional de Polícia.

Mas mesmo com as restrições, esta política poderá resultar em mortes de mais crianças e adolescentes palestinos, diz o Think Progress. Assim, em julho Mohammed Kasbeh, um jovem de 17 anos, foi atingido por balas e morto por lançar pedras contra o veículo de um dos comandantes das Forças de Defesa de Israel. O coronel Yisrael Shomer disse que disparou porque temeu por sua vida enquanto um jovem palestino lançava pedras contra o seu veículo militar. As testemunhas negam esta declaração, dizendo que Kasbeh lançava pedras mas tentou escapar quando soldados israelenses começaram a persegui-lo a pé. Um perito médico concluiu que Kasbeh foi morto com um tiro nas costas e na cabeça.

A decisão de equipar a polícia israelense com rifles Ruger aconteceu três semanas depois de o premiê israelense Benjamin Netanyahu ter apelado aos serviços de segurança para mudarem a política de aplicação de lei para lidar com os lançadores de pedras. Antes disso, a autorização de usar armas era limitada às Forças de Defesa de Israel.



© AFP 2015/ ABBAS MOMANI
Líder da Palestina promete polêmica em seu discurso na ONULembramos que Netanyahu também pretende promover a lei que prevê a prisão mínima de 20 anos para quem lançar pedras e bombas incendiárias contra veículos.



Críticos da nova política, inclusive o executivo da Organização de Libertação da Palestina Wasel Abu Youssef, dizem que este é um novo meio de matar palestinos:

“Este governo direitista e fanático persegue a sua política criminosa de matar palestinos. As novas leis significarão mais escalada, assassinos e crimes contra o nosso povo”, disse ele ao Guardian.

A polícia de Israel anteriormente tinha o direito de usar rifles, mas durante a revolta palestina conhecida com a Segunda Intifada, uma série de jovens foi morta com armas na Cisjordânia. Consequentemente a polícia foi privada de autorização de usar armas.

Sarit Michaeli, porta-voz da organização israelense de direitos humanos B'Tselem comentou à Sputnik a decisão do governo de Israel:

“Estamos preocupados com a decisão de expandir a zona de uso de franco-atiradores para Jerusalém Oriental. Israel quer usar as mesmas normas contra palestinos que lançam pedras e participam de tumultos da Cisjordânia também em Jerusalém Oriental, território ilegalmente ocupado em 1967. O perigo consiste em que os soldados irão usar munições de combate mesmo em situações sem ameaça. E infelizmente isto terá consequências mortais. Israel usa força e somente força para resolver os seus problemas ligados com a discriminação da população palestina pelo próprio Israel”.


03


Tags:
armas, polícia, vítimas, confrontos, Benjamin Netanyahu, Palestina, Jerusalém, Israel
Padrões da comunidadeDISCUSSÃO
COMENTAR NO FACEBOOKCOMENTAR NO SPUTNIK


EM FOCO

Kerry admite: aviões russos estão na Síria com fins defensivosOs aviões militares russos posicionados na Síria estão sendo utilizados com fins defensivos, declarou o secretário de Estado americano, John Kerry.
1965

Kremlin alerta OTAN a não se aproximar ainda mais das fronteiras russasQualquer avanço da OTAN na direção das fronteiras russas irá forçar Moscou a tomar medidas de resposta para assegurar a segurança nacional, afirmou nesta terça-feira o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.
02864

Submarino russo classe Kilo volta à ativaO Vladikavkaz, submarino classe Kilo a diesel que entrou em serviço na Marinha russa em 1990, voltará à ativa nesta quarta-feira.
6880

Poroshenko acredita que bloqueio alimentar da Crimeia devolverá península à UcrâniaDesde o último domingo ativistas ucranianos promovem por tempo indeterminado, mediante o consentimento das autoridades de Kiev, uma ação de bloqueio alimentar da península, impedindo a entrada de alimentos através da sua fronteira com a Ucrânia.
111211

Venezuela quer comprar 12 caças Sukhoi devido a agravamento da situação na fronteiraEsta declaração foi feita pelo presidente do país latino-americano Nicolás Maduro. Ele sublinhou que, em resultado de reuniões com o ministro venezuelano da Defesa, foi decidido fortalecer a aviação militar do país.
01784

Putin: Rússia precisa diminuir sua dependência dos preços de petróleoO presidente da Rússia, Vladimir Putin, declarou nesta terça-feira, 22, que a Rússia precisa garantir o equilíbrio e a sustentabilidade de suas finanças públicas, bem como diminuir a dependência dos preços de petróleo. A declaração se deu durante uma reunião de governo sobre o orçamento federal para o ano de 2016.
0831

NOTÍCIAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
MAIS LIDAS
MAIS DISCUTIDO

20:12Papa realiza visita aos Estados Unidos e é recebido pelo presidente Barack Obama
18:40Recuperação da Alemanha pós-crise de 2008 pode servir de lição para o Brasil
18:27Kerry admite: aviões russos estão na Síria com fins defensivos
18:09Brasil renova concessão de visto especial a refugiados sírios
17:46Americana é detida na China sob suspeita de espionagemTodas as notícias

MULTIMÍDIA
FOTOS
CHARGES
INFOGRÁFICOS

Vladimir Putin acompanha exercícios militares


SIGA O SPUTNIK
FACEBOOK
TWITTER



NOTÍCIASBrasilMundoSociedade
Ciência e tecnologia
Cultura
Esportes
Mundo insólitoDefesaOPINIÃOMULTIMÍDIAFotosVídeosInfográficosChargesRÁDIOProgramasEntrevistasOnde nos ouvirSPUTNIKQuem somosAplicativo móvelTermos de UsoContato
© 2015 Sputnik. Todos os direitos reservados

×
Sputnik NewsSputnikFREE - In Google PlayVIEW



Leia mais: http://br.sputniknews.com/mundo/20150922/2194050.html#ixzz3mVsxZlFR