segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Olá Sabichões de 'Não Sei Que Deus ou No Que Deu': "DEUS" Misericordioso sem ser o mesmo De Exércitos que tem suposto objetivo histórico permanente com Israel além de fronteiras e mil besteiras? "O Crentoide" - galera sadia e produtiva - tem fundamento. E os demais? - Quantos milhares de anos os sírios tem tido pra se organizarem, e salvo curtas exceções - por influência dinástica estrangeira acasalada - vai ver que andou fazendo e como foi vivendo. Israel foi pra exílios, andou por todo planeta, se misturou com todos os povos, combatido, caçado, proibido, e mesmo em minoria e aparente fraqueza sempre atingiu e atinge superação. - LONGA VIDA AOS CRENTOIDES SIONISTAS - IEHOUAH TSEVA'OT É CONVOSCO! - Pois tem milhares/milhões de crentoides tão antissemitas quanto os psicóticos anti-Israel daqui e dali. Vocês antissemitas são maioria de um jeito ou de outro, mas essa é a boa fraqueza do antissemitismo igual a anti-sionismo idêntico a anti-Israel. A morte de ninguém é interessante, mas sacrificar a real consciência sobrevivente sionista e humana primordial por suas loucas paixões é aceitar as tendências empurradas pelos que se fazem mestres em sacanear a vida humana, global e natural. Com ou sem palavras de Torah ou Biblia é obvio: Yehowah Tseva'ot - Iehouah Dos Exércitos; é contra todo anti-sionista ou anti-Israel-judeu-cristão-biblia e por aí vai. Eu e vocês vamos embora desta vida, os inimigos de Israel também, ESSE MILAGRE SEMPRE FOI ASSIM, Israel não. Com ou sem Terra, Reino, Nação, Povo, Religião ou Ideologia, ISRAEL PERMANECE E NA HORA CERTA PREVALECE. Insetos? Obrigadissimo. Insetos dizimam povos inteiros não? Acorda valentão. Imagine Insetos Sionistas - Insetos De Iehouah Tseva'ot! - Por carregar bactérias? Energia Planetária do Calibre de Iehouah Elohim Tseva'ot é menos imperativo? - Dimona? Cadê Dimona em 1973, 1967, 1958, 1947-48, 1929, 1914-1918, 1884, 1801...? Cadê Dimona ou Usa de 1973 para trás? Cadê Dimona nas campanhas de extermínio hebreu-judeu católicas, muçulmanas, romanas, persas e assírias? Cadê Dimona quando seus joelhos tremem diante de algo hebraico? CADÊ DIMONA QUANDO TODA ESTRATÉGIA ANTISSEMITA DE TODOS OS TEMPOS É INFERIOR À UM MINIMA IDÉIA SEMITA HEBRAICA JUDAICA CRISTÃ CABALISTA SIONISTA, DESTINADA A BENEFICIAR TODA HUMANIDADE EM DIFERENTES ÉPOCAS DE TEMPO? Te amo Iah Iehouah Sou gamado em você Tsahal Amo Vocês Sionistas... Hoje e sempre: Israel Alianças Cristãs Judaicas Linda e Querida Dimona!


Sputnik Brasil
versões regionais
EntrarCadastrar-se19:43 28 SETEMBRO 2015


CAPA
BRASIL
MUNDO
SOCIEDADE
DEFESA
OPINIÃO
MULTIMÍDIA
CHARGES
AGORA NO AR




BUSCA
Urgente: Putin e Obama: cara a cara pela primeira vez em dois anos


Quando a verdade pouco importa: Israel bombardeia a Síria
© AFP 2015/ MENAHEM KAHANA
MUNDO
12:44 28.09.2015URL curta
12019250
Israel realizou ataques de artilharia contra posições do exército sírio nas Colinas de Golã em resposta a um míssil que cruzou a fronteira israelita, informa a agência AP citando a assessoria de imprensa das Forças de Defesa de Israel.





© AFP 2015/ JALAA MAREY
Israel bombardeia posições sírias em resposta a míssilEste foi o segundo disparo de um míssil contra Israel nos últimos dois dias a partir do território sírio e não provocou vítimas. Os militares opinam que o míssil poderia ter atingido Israel casualmente, durante os confrontos armados internos na Síria. No comunicado divulgado pelos israelenses, diz-se o seguinte:



“Em resposta ao bombardeio com mísseis, a artilharia das Forças de Defesa de Israel realizou um ataque contra dois postos do exército sírio na parte central das Colinas de Golã pertencente à Síria.”

O general Mohammed Abbas, especialista militar, declarou à Sputnik, comentando o assunto:

“O último bombardeio não pode ser justificado. Ya'alon [ministro da Defesa de Israel – ed.] declarou que qualquer ataque contra as Colinas de Golã não ficará sem resposta. Mas ele não se deu ao trabalho de perceber a origem do bombardeio. Desta vez Israel compreendeu a seriedade das ações do governo russo em questão de ajuda ao exército sírio em combate contra terrorismo, por isso é realizada mais uma provocação.”



© FOTO: KREMLIN.RU
Putin: golpes de poder são absolutamente inaceitáveis para a RússiaO especialista também comentou os esforços da coalizão internacional em luta contra o terrorismo na área:



“A coalizão liderada por Washington falhou. Ela não alcançou nada em um ano porque os seus objetivos reais eram a ‘colheita dos frutos’ do terrorismo, e não o seu combate.”

O especialista declarou que as ações da Rússia nesta situação mostram que o Kremlin compreendeu a intenção real de Washington. Segundo o especialista, “o exército sírio pode vencer o Estado Islâmico com a ajuda de uma força que não só combate o terrorismo no terreno, mas também na mídia”.


250


Tags:
terrorismo, bombardeio, Síria, Israel
Padrões da comunidadeDISCUSSÃO
COMENTAR NO FACEBOOKCOMENTAR NO SPUTNIK


EM FOCO

Em 10 frases, o discurso de Putin na ONUO presidente da Rússia, Vladimir Putin, protagonizou um esperado discurso na 70ª Assembleia Geral da ONU, nesta segunda-feira, quando esclareceu as posições tomadas por seu país. Leia um resumo do que ele disse.
01946

Especialista militar desmente rumores sobre porta-aviões chinês se aproximando da SíriaUm jornal libanês tinha lançado o rumor.
12786

Bank of America admite recuperação da economia russaUm dos maiores bancos norte-americanos, o Bank of America, vê sinais de que a economia russa está recuperando, segundo o relatório da entidade bancária recém-publicado.
21138

Índia vai testar mísseis BrahMos lançados a partir do caça Su-30MKIUma fonte próxima ao Ministério da Defesa da Índia, disse que os testes serão realizados em quatro etapas, com um míssil diferente em cada etapa. No momento, já foram realizados com sucesso os testes terrestres e marítimos do míssil.
31052

Estônia e Rússia demarcam fronteira no meio de exercícios estoniano-estadunidensesA Rússia e a Estônia iniciarão em breve o processo de ratificação do acordo de delimitação de fronteiras, afirmaram os chefes da diplomacia russa e estoniana Sergei Lavrov e Marina Kaljurand durante a sua reunião nas margens da sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York.
01308

Povo ucraniano pede demissão de premiê YatsenyukUma petição eletrônica exigindo a demissão do primeiro-ministro da Ucrânia Arseny Yatsenyuk foi registrada no site oficial do presidente Pyotr Poroshenko.
41016

NOTÍCIAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
MAIS LIDAS
MAIS DISCUTIDO

19:30Cristina Kirchner discursa na Assembleia Geral da ONU
18:50Dilma admite crise econômica na ONU e pede solidariedade com refugiados
18:39Putin e Obama: cara a cara pela primeira vez em dois anos
18:06Rússia proíbe voos ucranianos em seu território
17:45Opinião: Argentina quer juntar-se ao BRICS para dar um salto de qualidade internacionalTodas as notícias

MULTIMÍDIA
FOTOS
CHARGES
INFOGRÁFICOS

Os mais formidáveis armamentos russos


SIGA O SPUTNIK
FACEBOOK
TWITTER



NOTÍCIASBrasilMundoSociedade
Ciência e tecnologia
Cultura
Esportes
Mundo insólitoDefesaOPINIÃOMULTIMÍDIAFotosVídeosInfográficosChargesRÁDIOProgramasEntrevistasOnde nos ouvirSPUTNIKQuem somosAplicativo móvelTermos de UsoContato
© 2015 Sputnik. Todos os direitos reservados

×
Sputnik NewsSputnikFREE - In Google PlayVIEW



Leia mais: http://br.sputniknews.com/mundo/20150928/2257654/israel-siria-bombardeio.html#ixzz3n4wQfALA,