terça-feira, 22 de setembro de 2015

Shalom Iehouah! Israel e Rússia coordenando ataques: Israel arma Ucrânia, Rússia arma Síria... Não enxergam? Iehouah Tseva'ot está no domínio mundial como nos velhos bons tempos. São tão bloqueados seus cérebros? Onde estão suas mentes? Respeitem e apoiem Israel, o sionismo, o mundo judeu cristão e cooperem na restauração geopolítica cultura ancestral do Grande Israel. Cuidado! Suas crenças e profecias pode afasta-los da presença de Iehouah Elohim Tseva'ot l





Inhalt
Navigation
Weitere Inhalte
Metanavigation
Suche
Choose from 30 Languages


Albanian Shqip
Amharic አማርኛ
Arabic العربية
Bengali বাংলা
Bosnian B/H/S
Bulgarian Български
Chinese 中文
Croatian Hrvatski
Dari دری
English English
French Français
German Deutsch
Greek Ελληνικά
Hausa Hausa
Hindi हिन्दी
Indonesian Bahasa Indonesia
Kiswahili Kiswahili
Macedonian Македонски
Pashto پښتو
Persian فارسی
Polish Polski
Portuguese Português do Brasil
Portuguese Português para África
Romanian Română
Russian на русском
Serbian Српски/Srpski
Spanish Español
Turkish Türkçe
Ukrainian Українська
Urdu اردو


×
DWDeutsche WelleFREE - In Google PlayVIEW
DW.COM IN 30 LANGUAGES
DW AKADEMIE
SOBRE A DW
Deutsche Welle



NOTÍCIAS

Política
Economia
Cultura e Estilo
Meio Ambiente
Ciência e Tecnologia
Esporte
Futebol

ESPECIAIS
9 de novembro de 1989
Alemanha+Brasil
Ao longo do Reno
Conheça a Alemanha
Copa 2014
Golpe de 64
Legado judaico-alemão no mundo
Migração
Minha avó e a ditadura
Segunda Guerra Mundial

MEDIATECA

Ao vivo
Todo o conteúdo
PROGRAMAS

África
Angola
Moçambique
Guiné-Bissau
Cabo Verde
São Tomé e Príncipe
Mais África
Emissões
Contraste
Learning by Ear
Especiais
Como vencer a fome em África?
Recursos naturais em África
Moçambique
Angola
Nigéria
Guiné-Conacri
Tanzânia
40 anos 25 de Abril e de independência
Portugal
Guiné-Bissau
Moçambique
Cabo Verde
São Tomé e Príncipe
Angola
Podcasting
Frequências
Quem somos
TV
APRENDER ALEMÃO

CURSOS DE ALEMÃO
Cursos de alemão
Comece já
Deutsch Interaktiv
Mission Europe
Radio D
Deutsch - warum nicht?
Wieso nicht?
Marktplatz
Audiotrainer

DEUTSCH XXL
Deutsch XXL
Deutsch Aktuell
Deutsch im Fokus
Telenovela
Bandtagebuch
Landeskunde

COMMUNITY D
Community D
Das Porträt
Facebook & Co.
Podcasts & Newsletter
Service

DEUTSCH UNTERRICHTEN
Deutsch unterrichten
DW im Unterricht
Unterrichtsreihen
Deutschlehrer-Info
POLÍTICA
ECONOMIA
CULTURA E ESTILO
MEIO AMBIENTE
CIÊNCIA E TECNOLOGIA
ESPORTE
MINHA AVÓ E A DITADURA
CONHEÇA A ALEMANHA
NOTÍCIAS / POLÍTICA

MUNDO
Rússia e Israel anunciam ação militar coordenada na Síria

Em Moscou, Netanyahu e Putin anunciam plano de coordenar operações no espaço aéreo sírio para evitar "desentendimentos". Israel quer evitar que arsenal russo enviado a Assad acabe nas mãos do Hisbolá.



Reunidos em Moscou nesta segunda-feira (21/09), o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e o presidente da Rússia, Vladimir Putin, anunciaram um plano de coordenar suas operações militares no espaço aéreo da Síria.

Segundo o premiê israelense, os governantes "concordaram sobre um mecanismo" para "prevenir desentendimentos entre as Forças de Defesa de Israel e tropas russas".

Israel teme que aviões de guerra e sistemas antiaéreos enviados pela Rússia às forças do regime do presidente sírio, Bashar al-Assad, acabem nas mãos do Hisbolá. Principal inimiga de Israel, a milícia com base no Líbano é aliada de Assad e recebe suporte do Irã.

"Nossa política é fazer de tudo para impedir o envio de armas ao Hisbolá", disse o primeiro-ministro israelense.

"Segunda frente"

Durante o encontro, Netanyahu disse a Putin que o Irã e a Síria vem fornecendo armas de guerra avançadas ao Hisbolá na tentativa de estabelecer uma "segunda frente terrorista nas Colinas de Golã". A região foi tomada da Síria por Israel e anexada ao território do país em 1981.

Putin afirmou que "entende" as preocupações, mas rejeitou a ideia de que as forças de Assad e o Irã estejam criando uma "segunda frente" contra Israel.

O presidente russo argumenta que o auxílio militar à Síria é necessário no combate ao grupo "Estado Islâmico" (EI) e que o envio de armamentos está de acordo com tratados internacionais vigentes. Já os Estados Unidos acusam Moscou de fomentar o conflito entre o regime de Assad e os rebeldes sírios.

Na semana passada, o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, alertou que a tática russa de enviar armamentos à Síria ameaça o combate dos EUA e de países aliados contra o EI. Imagens de satélite mostraram a chegada de tanques e outros equipamentos militares russos a uma base aérea próxima à cidade de Lataquia, onde fica o principal porto da Síria.

Putin argumentou que as ações de Moscou no Oriente Médio sempre foram e serão "responsáveis."

Após a reunião, Netanyahu disse que informou a Casa Branca sobre "cada detalhe" do encontro. "Todos têm interesse em evitar choques desnecessários" sobre a Síria, afirmou o premiê.

KG/rtr/ap



O MÊS DE SETEMBRO EM IMAGENS
Vaccari e Duque condenados

O ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto foi condenado a 15 anos e 4 meses de prisão. De acordo com a Justiça Federal, ele recebeu 4,2 milhões de reais em propinas no esquema de corrupção da Petrobras. O ex-diretor de Serviços da estatal Renato Duque (foto) recebeu pena de 20 anos e 8 meses de prisão e terá de pagar uma multa de mais de um milhão de reais. (21/09)
12345678910111213141516171819202122232425


MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO


EUA e Rússia retomam conversas sobre cooperação na Síria

Secretário de Estado americano, John Kerry, aponta para possibilidade de ação conjunta de EUA e Rússia no combate ao grupo terrorista "Estado Islâmico". Sírios realizam ao menos 25 ataques aéreos sobre Palmira. (19.09.2015)


França debate intervenção na Síria

Perante Parlamento, primeiro-ministro defende participação em ataques aéreos em território sírio contra "Estado Islâmico". Valls diz ainda que solução para conflito com permanência de Assad no poder não é possível. (15.09.2015)


Putin defende apoio militar da Rússia ao regime sírio

Presidente russo reafirma que "Estado Islâmico" (EI) não pode ser derrotado sem cooperação com Damasco. Enviar tropas à Síria está entre as "várias opções" sendo consideradas por Moscou, afirma. (15.09.2015)


O mês de setembro em imagens


Data 21.09.2015
Assuntos relacionados Síria, Rússia
Palavras-chave Netanyahu, Putin, Síria, Guerra
Compartilhar Enviar Facebook Twitter google+ Mais
Feedback : Comentário
Imprimir Imprimir a página
Link permanente http://dw.com/p/1Ga6V

CONTEÚDO RELACIONADO

Moscou considera enviar tropas à Síria 18.09.2015

Caso o regime Assad faça um pedido, Kremlin diz que irá discuti-lo e avaliá-lo através de "diálogos bilaterais". EUA planejam conversações com russos sobre guerra civil síria, diz secretário de Estado John Kerry.


Putin defende apoio militar da Rússia ao regime sírio 15.09.2015

Presidente russo reafirma que "Estado Islâmico" (EI) não pode ser derrotado sem cooperação com Damasco. Enviar tropas à Síria está entre as "várias opções" sendo consideradas por Moscou, afirma.


Brasil prorroga norma que facilita visto a refugiados sírios 21.09.2015

Resolução válida por mais dois anos flexibiliza concessão de vistos aos requerentes de asilo que fogem da guerra civil na Síria. No Brasil, mais de 2 mil sírios são reconhecidos como refugiados.


Data 21.09.2015
Assuntos relacionados Síria, Rússia
Palavras-chave Netanyahu, Putin,Síria, Guerra
Compartilhar EnviarFacebook Twittergoogle+ Mais
Envie seu comentário!
Imprimir Imprimir a página
Link permanentehttp://dw.com/p/1Ga6V

PÁGINA INICIAL

Governo alemão pressiona Volkswagen após escândalo


A falácia do carro econômico


O que esperar da visita do Papa aos EUA


Rússia e Israel anunciam ação militar coordenada na Síria


Novos tremores atingem o Chile


Xi Jinping inicia visita em meio a divergências crescentes com os EUA


GALERIAS DE FOTOS

A arte e os horrores de Auschwitz

Exposição mostra obra de artistas que sobreviveram aos campos de concentração nazistas.


A Segunda Guerra Mundial

Em 1° de setembro de 1939, as forças armadas alemãs atacaram a Polônia, sob ordens de Hitler.


Quem foi Anne Frank?

A jovem alemã escondeu-se na Holanda durante 25 meses, até que a família foi descoberta e deportada para Auschwitz.


O inferno de Dresden

Há 70 anos, Dresden era posta abaixo em três dias de bombardeio. Cerca de 25 mil pessoas morreram.


Imagens curiosas do arquivo da Stasi

Artista recebeu autorização para pesquisar os arquivos do serviço secreto da Alemanha Oriental.


Haus der Geschichte: um passeio pela história alemã

Milhares de objetos – de uma chuteira a um tanque de guerra – contam a história da Alemanha no pós-Guerra.


MAIS GALERIAS

Castelos e palácios alemães


A moda na Oktoberfest


Burgos alemães


Alemão divertido


Carros alemães


Passeio pelo Mosela




NOTÍCIAS
Política
Economia
Cultura e Estilo
Meio Ambiente
Ciência e Tecnologia
Esporte

Destaques de A a Z
MEDIATECA
Ao vivo
Todo o conteúdo
PROGRAMAS
África
Emissões
Contraste
Learning by Ear
Especiais
Podcasting
Frequências
Quem somos
TV
APRENDER ALEMÃO
Cursos de alemão
Deutsch XXL
Community D
Deutsch unterrichten
EXPLORE A DW
DW no Celular
Newsletters
Podcasts
RSS
ABOUT DW
Redação DW Brasil

© 2015 Deutsche Welle | Proteção de dados | Expediente | Contato