Anúncio Funerário da Morte de Moshe Guilherme Nicolaevsky
O que você vai dizer quando amanhã acordar e você ler no jornal da amanhã a notícia de que fui morto em um esfaqueamento em praça pública por um terrorista árabe pro islâmico?
Com certeza nada mais poderá fazer, pois minha morte será necessária afim de que você saiba o quanto te fará falta uma pessoa que só deseja o bem da humanidade.
Talvez a minha morte signifique mais que a minha vida, pois se eu morrer ao menos você sentirá falta de mim e não apenas de minhas palavras.
Quando eu morrer amanhã por tiros de militantes do hamas, eu te perdoarei, por não ter se levantado e lutado pela minha causa. Por ter me defendido diante de uma sociedade que apóia a violência e o assassinato de inocentes.
Espero que você se lembre das minhas fotos, das minha palavras, do meu amor por Elohim, e que meu testemunho de amor possa estar sendo uma benção em sua vida mesmo após a morte.
Sinceramente, espero que após eu ter sido apedrejado por árabes radicais em uma de minhas viagens nas estradas de Israel, você não me esqueça com o passar do tempo, pois tudo o que desejei, foi compartilhar mais e mais de minha vida com você, mas infelizmente isto já não será possível, e o máximo que você poderá fazer, será um dia visitar meu túmulo aqui em israel, e as últimas palavras que você lerá nele será: porque você não me defendeu quando eu estava vivo?
Moshe Nicolaevsky
Benaiah Cabral Ben Avraham Leiehouah
Talvez as boas pessoas do mundo já queiram entregar as flores funerárias antes de cada morte.
Escreva um comentário...