sábado, 17 de outubro de 2015

Defenda-se Israel. Defenda-se Estados Unidos. Defenda-se Mundo Livre. Vomitem Obama e os Democratas. Vomitem de Gaza, Cisjordânia e do Mundo terroristas de qualquer idade e pretexto


AGÊNCIAS
PORTAL
RÁDIOS
TV

OUVIDORIA
ACESSO À INFORMAÇÃO



EBC


AO VIVO
Ouça ao vivo a orquestra Petrobras Sinfônica no Theatro Municipal do Rio

Ouça ao vivo: Botafogo enfrenta o Bragantino pela Série B





Compartilhar:




Internacional


Dia de Fúria convocado pelo Hamas contra Israel termina com 4 palestinos mortos

Criado em 16/10/15 22h04 e atualizado em 16/10/15 22h03
Por Agência Ansa
PUBLICIDADE



O Dia de Fúria contra Israel convocado pelo grupo fundamentalista muçulmano Hamas para esta sexta-feira (16) terminou com pelo menos quatro palestinos mortos. Dois deles morreram durante confrontos com o Exército israelense na passagem de Erez e nos arredores de Nahal Oz, ao Norte da Faixa de Gaza, região que é comandada pela facção islâmica. Além disso, mais de 100 pessoas ficaram feridas.

Em diversas áreas do território palestino, manifestantes tentaram cruzar a fronteira com Israel, mas foram duramente repelidos pelas forças de segurança. As outras duas vítimas foram registradas na Cisjordânia. Primeiro, um homem vestido de fotógrafo apunhalou um jovem israelense em Hebron e foi morto pela polícia.

Já durante a noite, Ihab Hanani, de 19 anos ferido em confrontos com o Exército perto da cidade de Beit Furik, morreu em um hospital de Nablus.

Mais cedo, nesta mesma localidade, dezenas de palestinos haviam incendiado o túmulo de José, local considerado sagrado pelos judeus. O próprio presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, condenou o ataque, chamando-o de "irresponsável".

Esses episódios aumentaram ainda mais a tensão no Oriente Médio, em meio aos temores de uma nova Intifada (revolta) palestina contra os israelenses.

"Israel tem o direito de se defender e de proteger seus cidadãos, e os palestinos têm o direito de perseguir suas legítimas aspirações. Ambas as partes devem parar com a retórica, abaixar o tom e começar a resolver os problemas", disse o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, durante uma coletiva de imprensa ao lado da sua colega sul-coreana, Park Geun-hye.

TAGS: ISRAEL, PALESTINA,CONFRONTO, MORTOS, MAHMOUD ABBAS, INTERNACIONAL
CREATIVE COMMONS - CC BY 3.0Fale com a Ouvidoria


Deixe seu comentário
PUBLICIDADE



ÚLTIMAS


POLÍTICA


17h17 · 17/10
Ex-vereador investigado na Lava Jato cumprirá prisão domiciliar



ESPORTES


17h01 · 17/10
Série C: Fortaleza e Brasil de Pelotas tem novo confronto por acesso à série B



POLÍTICA


16h26 · 17/10
Dilma desembarca na Suécia em busca de acordos comerciais e educacionais



EDUCAÇÃO


16h03 · 17/10
Fique atento aos horários de provas do Enem



ECONOMIA


15h27 · 17/10
Brasileiro desconhece importância da polinização na produção rural



NOTÍCIAS


15h06 · 17/10
Parque do Flamengo comemora 50 anos com atividades culturais e esportivas



INTERNACIONAL


14h38 · 17/10
Espanhóis protestam contra políticas que geram desigualdade



ECONOMIA


14h31 · 17/10
Agricultura pode ajudar Brasil a erradicar pobreza, diz representante da FAO



MEIO AMBIENTE


14h30 · 17/10
Pesquisadora de mudanças climáticas diz que cidades mantêm erros do século 20

VER TODAS



Empresa Brasil de Comunicação S/A - EBC


Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasilexceto quando especificado em contrário e nos conteúdos replicados de outras fontes.
Política de privacidade | Termos de Uso


CNPJ: 09.168.704/0001-42


Endereço da Sede: Setor Comercial SUL - SCS // Quadra 08 Bloco B-60 1º Piso Inferior - Edifício Venâncio 2000 - Asa Sul - Brasília/DF CEP - 70333-900 Outros endereços