domingo, 18 de outubro de 2015

Iehouah te ilumine Cristão. Realmente, o peso literal é insubstituível, mesmo na Brit Chadasha - Nova Aliança - Novo Testamento. Literalmente se reportando antes a uma visão hebraica aramaica do que greco latina e legitimando posteriores por anteriores. David Stern não fez uma tradução literal e deixou isso claro com exatidão, além de enfatizar riquezas de outras traduções, portanto é mais uma recompensa para o Cristo que toda divisão supera e a civilização da humanidade que precisa da grande riqueza hebraica dele. Quem estuda com temor e amor as Escrituras sabe que Paulo teve a mesma linha, o que não questiona inspiração ou credo algum. Paulo sempre reforçou a Torah em Ieshu''a e combateu a a apresentação distorcida dela que era conhecida como "Palavra de Deus" naqueles dias. Não seja a justiça de David Stern um tropeço para residir iniquidade em seus supostos críticos.


Razões Pelas Quais a Bíblia Judaica, por David H. Stern[Publicada Pela Editora Vida] é uma Heresia



A “Bíblia Judaica Completa” e o “Novo Testamento Judaico” são uma Perversão e Distorção do Claro Significado das Escrituras.





Para começar, devo dizer que eu não sou, de forma nenhuma, contra o povo judeu, nem sou contra os judeus que passaram a crer em Jesus. Este não é um ataque contra eles, mas um ataque à tentativa do Sr. David Stern de destruir o significado das Escrituras.

Na página xxi da introdução ao seu Novo Testamento Judaico, o Sr. Stern escreve:

"... Nesta escala, o Novo Testamento Judaico tende para o final da escala em seguir o método de tradução por Equivalência Dinâmica [que não traduz literalmente cada uma e todas as palavras que Deus fez escrever, mas ao contrário, usa aquelas palavras, mesmo bastante diferentes, que o tradutor entende que seriam melhores, segundo suas posições]. E, em certos pontos, principalmente em relação à questão do Judaísmo [que o tradutor acha que ainda deveria plenamente persistir nas igrejas], ele [o Novo Testamento] se torna militante [extremado e ardoroso em usar e defender a equivalência dinâmica]. Por exemplo, em outras versões a frase grega'upo nomon' é comumente traduzida como 'sob a lei'. Mas, por conta desta interpretação ter sido usada para fortalecer a Teologia Cristã contrária à Torah, o Novo Testamento Judaico define o significado destas duas palavras em grego usando doze palavras em português: 'em sujeição ao sistema que resulta de perverter a Torah em legalismo'. (O Tradutor e Suas Interpretações.) O que levanta a questão de saber se o tradutor deve"injetar suas opiniões" para dentro da sua tradução. ONovo Testamento Judaico cautelosamente responde afirmativamente ..."
- David Stern
 

Esta declaração, por si própria, mostra que essa pessoa não deve ser considerada idônea para traduzir as Escrituras, porque ela já parte do pressuposto de uma idéia pré-concebida que quer que seja justificada por meio das Escrituras (ainda que estas - as Escrituras - não comportem tais idéias).

Qual é o resultado então da nova, previamente desconhecida, tradução que o Sr. Stern faz do termo 'Lei'? Seu livro de Gálatas transforma o apóstolo Paulo na expressão máxima daquele inimigo que Paulo (de fato) estava combatendo!

Vamos dar uma olhadela em Gálatas 2:19.

No Novo Testamento REAL está escrito:
“Porque eu, pela lei, estou morto para a lei, para viver para Deus.” (Gl 2:19 ACF)
[Esta é a exata tradução mais literal e fiel e competente do Grego, vejam:egw <1473> gar <1063> {PORQUE EU} dia <1223> {ATRAVÉS}nomou <3551> {DA LEI} nomw <3551> {PARA A LEI} apeyanon<599> (5627) {MORRI,} ina <2443> {A FIM DE QUE} yew <2316> {PARA DEUS} zhsw <2198> (5661) {EU VIVA}]

[Compare isto com] o FALSO Novo Testamento Judaico, de David Stern, que diz:

"Pois foi através de deixar a Torah falar por si mesma que eu morri para a má interpretação tradicional dela, que é legalista, de modo que eu pudesse viver em relação direta com Deus."
Qual o problema [nesta distorção]? Enquanto Paulo claramente afirma que morreu para a Torah, o Sr. Stern tenta fazer Paulo dizer que apenas morreu para a "má interpretação" [legalista] da mesma. E a implicação que o Sr. Stern quer inferir é que Paulo (e, portanto, cada crente em Jesus) ainda permanece sob a obrigação de obedecer a Torah "real".

A falseada tradução que o Sr. Sterns fez do livro de Gálatas representa o exato ponto de vista daqueles que Paulo estava combatendo em sua carta! A tradução falsificada do Sr. Stern transforma Paulo em um herói para aqueles a quem Paulo estava combatendo, ao escrever!

A epístola aos Gálatas é distorcida e pervertida em sua totalidade, pela falsificação de Stern. E essa falsificação pode ser constatada ao longo de toda a sua tradução [do Novo Testamento].

Se você possui um exemplar da Bíblia Judaica Completa ou do Novo Testamento Judaico, de David Stern, eu lhe encorajo, leitor, a empreender uma comparação da tradução fraudulenta da epístola de Gálatas [na versão de Stern]com uma tradução não falseada do Novo Testamento, a fim de você constatar com os próprios olhos como o Sr. Stern tentou destruir esta epístola de Paulo.

Esta não é uma inquietação irrelevante. O verdadeiro significado e a essência da Bíblia estão em jogo, aqui.




JohnQ.

Copiado dehttp://www.shelfari.com/groups/23452/discussions/67207/Reasons-why-the-JEWISH-BIBLE-by-David-H-Stern-is-heresy





Traduzido por Emanuel Pavoni, levemente revisado por H.M.S. Tudo que está entre colchetes são notas explicativas acrescentadas.





Comentário do tradutor: Isso me faz lembrar o dito de Pedro:
"Falando disto, como em todas as suas[de Paulo] epístolas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, e igualmente as outras Escrituras, para sua própria perdição. 2Ped. 3:16...

Mas acima de tudo fica a ressalva de Deuteronômio 4:2 e Apocalipse 22:18...
“Não acrescentareis à palavra que vos mando, nem diminuireis dela, para que guardeis os mandamentos do SENHOR vosso Deus, que eu vos mando.” (Dt 4:2 ACF)

 “Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro;” (Ap 22:18 ACF)



Maranata! Amém.


 



Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)

(retorne a http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-Traducoes/ 
retorne a http:// solascriptura-tt.org/)