domingo, 29 de novembro de 2015

O ministro da Defesa de Israel Moshe Yaalon disse que um dos aviões do grupo aéreo russo na Síria entrou por engano no espaço aéreo controlado por Israel sobre as Colinas de Golã e voltou, sem quaisquer incidentes, ao espaço aéreo do outro lado da linha de demarcação.


Sputnik Brasil
versões regionais
EntrarCadastrar-se22:01 29 NOVEMBRO 2015


CAPA
BRASIL
MUNDO
SOCIEDADE
DEFESA
OPINIÃO
MULTIMÍDIA
CHARGES
AGORA NO AR




BUSCA



Ministro: avião russo entra em território controlado por Israel, mas sai sem incidentes
© Sputnik/ Aleksander Astafiev
MUNDO
12:15 29.11.2015(atualizado 18:56 29.11.2015)URL curta
857536560
O ministro da Defesa de Israel Moshe Yaalon disse que um dos aviões do grupo aéreo russo na Síria entrou por engano no espaço aéreo controlado por Israel sobre as Colinas de Golã e voltou, sem quaisquer incidentes, ao espaço aéreo do outro lado da linha de demarcação.





© SPUTNIK/ ALEXANDER VILF
Ações da Turquia contradizem recomendação da OTANSegundo as palavras do ministro, para resolver a situação foi usado um canal de comunicação estabelecido entre os miliares dos dois países.



“Aconteceu um pequeno erro e o piloto entrou uma milha [1,6 quilômetros] no nosso espaço aéreo. Ele foi imediatamente contatado e, logo, mudou o trajeto e voltou à Síria”, disse o ministro neste domingo (29) no ar de uma rádio internacional israelense. Ao mesmo tempo, o ministro não especificou quando aconteceu este incidente.

Anteriormente, o Ministério da Defesa da Rússia informou que a Força Aérea da Rússia e de Israel realizam treinamentos de garantia de segurança dos voos sobre a Síria e organizaram uma linha direta para informar-se mutualmente sobre as ações de aeronaves dos dois países.

Cerca de um ano atrás, os militares israelenses, no setor das Colinas de Golã controlado por eles e em circunstâncias semelhantes, abateram um bombardeiro Su-24 do exército sírio e um drone.

“Uma vez que os aviões russos não pretendem efetuar golpes contra nós, não há necessidade de abatê-los automaticamente”, disse Yaalon.

“Como nós não incomodamos as suas ações e não interrompemos aquilo que acontece na Síria… Assim eles não incomodam os nossos voos e ações, em conformidade com os nossos interesses”, continuo o ministro.



© SPUTNIK/ DMITRY VINOGRADOV
Rússia e Israel trocam informações sobre a SíriaLembramos que em 30 de setembro, a Força Aeroespacial da Federação da Rússia começou uma operação na Síria, após Damasco ter enviado um pedido a Moscou solicitando ajuda no combate ao Estado Islâmico e outros grupos terroristas.



Moshe Yaalon acrescentou que os acordos entre os militares russos e israelenses sobre a prevenção de situações de conflito no espaço aéreo sírio pressupõem avisos obrigatórios por parte do lado russo sobre voos perto das fronteiras israelenses.

“Nós criamos um canal aberto de comunicações para evitar incompreensões… Eles nos informam quando voam perto [das Colinas] de Golã”, concluiu o ministro da Defesa israelense.

Em 1967, durante a Guerra dos Seis Dias, Israel impôs sua jurisdição militar sobre 1.200 quilômetros quadrados do território das Colinas de Golã, na Síria. O Parlamento israelense em 1981 proclamou unilateralmente a sua soberania sobre o território, mas este passo nunca foi aprovado pela comunidade internacional.


560


Tags:
espaço aéreo, avião, aviação, Moshe Ya'alon, Colinas de Golã, Síria, Rússia, Israel
Padrões da comunidadeDISCUSSÃO
COMENTAR NO FACEBOOKCOMENTAR NO SPUTNIK


EM FOCO

UE oferece 3 bilhões de euros à Turquia e considera sua adesão ao blocoBruxelas e Ancara chegaram a um acordo neste domingo sobre um projeto visando a conter o fluxo de imigrantes sírios para a Europa, no contexto de um plano maior que promete acelerar as negociações para a entrada da Turquia na União Europeia.
502557

'Independência do Curdistão é questão de tempo'A emergência de um Curdistão independente é apenas uma questão de tempo, segundo afirmou neste domingo o presidente da República Tcheca, Milos Zeman.
3467

Assad: exército sírio avança e terroristas recebem cada vez mais apoio do exteriorO presidente da Síria, Bashar al-Assad, disse durante encontro com Ali Akbar Velayati, conselheiro do Líder Supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei, que os países hostis ao seu governo aumentaram o fornecimento de armas e a ajuda financeira aos grupos extremistas por conta do sucesso do exército sírio, apoiado por Rússia e Irã.
173972

Cameron pedirá à RAF para matar líderes do EI na SíriaO primeiro-ministro britânico, David Cameron, disse que irá pedir à Força Aérea Real (RAF) para atacar a liderança do Estado Islâmico, caso o parlamento aceite sua proposta de estender a campanha antiterrorista do Reino Unido para a Síria.
222200

Tribunal dos EUA aprova proibição à venda de armas para muçulmanosLoja de armas que se recusou a vender produtos para muçulmanos foi considerada inocente pela justiça norte-americana.
1507

Opinião: Kiev usa tensões entre Rússia e Turquia para desestabilizar a CrimeiaAproveitando o fato de a atenção de Moscou estar concentrada no diferendo com a Turquia, o governo ucraniano organizou um apagão na Crimeia. Porém, fazendo isso, Kiev pode não só causar uma crise humanitária na península, mas também arrisca perder o fornecimento de gás e carvão da Rússia, opina o jornalista Max Tucker.
103706

NOTÍCIAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
MAIS LIDAS
MAIS DISCUTIDO

19:20'Independência do Curdistão é questão de tempo'
18:06Tribunal dos EUA aprova proibição à venda de armas para muçulmanos
17:30UE oferece 3 bilhões de euros à Turquia e considera sua adesão ao bloco
16:37Assad: exército sírio avança e terroristas recebem cada vez mais apoio do exterior
15:45Cameron pedirá à RAF para matar líderes do EI na SíriaTodas as notícias

MULTIMÍDIA
FOTOS
CHARGES
INFOGRÁFICOS

Confira as poderosas armas usadas pela Rússia contra Estado Islâmico na Síria


SIGA O SPUTNIK
FACEBOOK
TWITTER



NOTÍCIASBrasilMundoSociedade
Ciência e tecnologia
Cultura
Esportes
Mundo insólitoDefesaOPINIÃOMULTIMÍDIAFotosVídeosInfográficosChargesRÁDIOProgramasEntrevistasOnde nos ouvirSPUTNIKQuem somosAplicativo móvelTermos de UsoContato
© 2015 Sputnik. Todos os direitos reservados

×
Sputnik NewsSputnikFREE - In Google PlayVIEW



Leia mais: http://br.sputniknews.com/mundo/20151129/2912649/Russia-Israel-gola-aviao-incidente.html#ixzz3svhQddGl