sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Sara Winter seja abeçoada por Iehouah Elohim Tseva'ot pelo exercício de sua auto-consciência e percepção inteligente. Para Lgbt ter seus direitos, crentes não tem obrigação de desprezar seus valores éticos bíblicos. Note-se que para legítima humildade ela não precisou dd nenhuma visão beata, fanática ou negacionista da realidade. Abram o olho religiosos e não religiosos.


Feminista que ficou seminua em cruz pede perdão aos cristãos

Sara Winter reconhece que cometeu 'blasfêmia' em protesto.
19/12/2015 - 04:39:09
    

Sara Winter era uma das líderes do movimento feminista Bastardxs, que costumava protestar contra o que chamavam de opressão religiosa. Entre outras coisas, mostrou os seios a pastores durante um protesto.
Porém, Sara e Bia Spring ficaram realmente famosas pelo beijaço gay que promoveram em frente à Igreja da Candelária, no Centro do Rio de Janeiro, em 2014. Com os seios à mostra e falsas coroas de espinhos na cabeça, as duas ficaram deitadas a uma cruz feita de papelão com a inscrição LGBT, fazendo referências ao movimento Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros.
Na ocasião, acusou as “instituições religiosas, sobretudo cristãs, que tanto atrasam o desenvolvimento de nossa política, principalmente com relação aos direitos reprodutivos da mulher e também às políticas públicas voltadas para o público LGBT”.
Depois disso, várias coisas aconteceram até que Sara se desligou oficialmente dos movimentos feministas. Antes pró-aborto, ao ficar grávida e ter o primeiro filho, vem manifestando nas redes sociais posições opostas as que antes defendia.
Ela agora tem se dedicado a tentar mostrar os bastidores dos movimentos feministas. Escreveu um livro chamado “Vadia, não”, onde mostra como as orgias, o álcool, as drogas e desvio de dinheiro fazem parte desses movimentos.
Contudo, o mais surpreendente é que ela veio a público nesta terça (15) pedir perdão aos cristãos pelo que fez. Em um vídeo de 3 minutos postado no Youtube, Sara diz ter se dado conta do quanto ofendeu as pessoas em suas manifestações.
“Infelizmente, deixando-me levar pelo extremismo, acabei por ofender milhares de pessoas religiosos e não religiosas”, escreveu ela no texto que acompanha o vídeo. Também diz que sua vida mudou e que está “desenvolvendo sua espiritualidade”. Estaria ainda aprendendo mais sobre líderes religiosos como Jesus.
Nos três minutos do vídeo, ela conta que tem se envolvido com um centro de caridade e tem ajudado crianças da periferia. Afirmando que tem pautado sua vida pelos 10 mandamentos, declarou acreditar que se todos fizessem o mesmo, o mundo seria melhor.
Relata que a atitude de uma criança que brincou durante um período de oração a fez refletir sobre suas posturas no passado. Classificando o próprio ato de “blasfêmia”, agradeceu pelas orações que afirma ter recebido e pediu que elas continuem, pois ela tem enfrentado perseguições de movimentos de esquerda.
Os comentários deixados por internautas na rede social mostram que as palavras dela têm ecoado positivamente. Embora receba eventuais críticas por ter “traído” o movimento feminista, a maioria das pessoas reconhecem a mudança na vida da ex-ativista e o papel que Deus teve nesse processo.
MT Agora - Gospel Prime

Mais Noticias

Poluição Sonora

Igrejas geram maioria das reclamações de poluição sonora

Confissão

Casal é preso ao dar 'testemunho' de homicídios em igreja

Cidade Bíblica Será Reconstruída

Cidade bíblica de Gilgal será reconstruída em Israel

Controvérsia

Arqueólogo diz que Jesus Cristo nasceu em 'outra Belém'

24/12/2015 -

Preso há seis anos por sua fé é liberto no Irã

Farshid Fathi foi condenado por 'agir contra a segurança nacional'.
24/12/2015 -

Igreja desaba após ventania e mata pastor

Homem não resistiu aos ferimentos e faleceu no hospital da cidade.
20/12/2015 -

Pastor diz ter fotografado anjo ao lado de homem que sobreviveu a acidente

O caso aconteceu na Colina do Sul e chamou atenção da imprensa local.
20/12/2015 -

'Só Deus pode tirar o cinturão de mim', diz Rafael dos Anjos

Brasileiro é campeão da categoria leve do UFC e defende seu título neste sábado.
20/12/2015 -

Para brasileiros, blasfemar é mais grave que pequenas fraudes

Estudo avalia a moral e ética brasileira.
19/12/2015 -

Evangélicos são presos por recusarem conversão ao catolicismo

Perseguição religiosa no México vem aumentando nos últimos anos.
19/12/2015 -

Pastor é condenado a prisão perpétua na Coreia do Norte

le foi obrigado a confessar o crime de 'subversão' ao sistema comunista de Pyongyang.
17/12/2015 -

Especialista afirma que Cristo era baixinho e tinha pele escura

Utilizando técnicas forenses e tomografias computadorizadas, Richard Neave tentou recriar o rosto de Jesus.
17/12/2015 -

Baile evangélico faz sucesso em Bangu

A ideia surgiu para ter um espaço onde a juventude cristã pudesse se divertir.
17/12/2015 -

Missionários brasileiros resgatam meninas vítimas do tráfico no Nepal

São 15 anos de trabalho do projeto Meninas dos Olhos de Deus que é sustentado por meio de doações.
17/12/2015 -

Líder de louvor vence The Voice americano

Jordan Smith era o favorito desde o início.
12/12/2015 -

Estudo mundial mostra relação entre religião e ciência

Os resultados surpreenderam por mostrar que há muitos cientistas que se consideram religiosos
12/12/2015 -

“Chiquinha” do Chaves aceita Jesus como Salvador

Atriz mexicana converteu-se durante cruzada do argentino Luiz Palau.
12/12/2015 -

Mercado gospel movimenta cerca de R$ 21bilhões por ano

O segmento atrai cada vez mais empresários que oferecem produtos específicos para este público
09/12/2015 -

Novo Pentecostes? Mil judeus aceitam a Jesus como Messias numa única noite

Evento em Tel Aviv foi ministrado pelo pastor pentecostal Sid Roth.