domingo, 17 de abril de 2016

PARABÉNS PELA NOMEAÇÃO. E SEJA ACRESCENTADO: A POPULAÇÃO ÁRABE ISRAELENSE NÃO DESCENDE DE PALESTINOS ANTERIORES QUE NÃO FOSSEM SOMENTE OS JUDEUS E ÁRABES QUE JÁ VIVIAM NESTAS TERRAS E ERAM TRABALHADORES NESTAS SOBRE GESTÃO BRITÂNICA E FRANCESA




Muçulmano é nomeado delegado de polícia pela primeira vez em Israel

Jamal Hakrouch prestará serviços da polícia para o setor árabe. Comunidade de árabes israelenses tem 1,4 milhão de pessoas no país.

13/04/2016 14h55 - Atualizado em 13/04/2016 14h59


Da AFP


Jamal Hakrouch, muçulmano, é promovido nesta quarta-feira (13) a delegado na polícia de Israel (Foto: Reprodução/ Twitter/ משטרת ישראל)


A polícia israelense anunciou nesta quarta-feira (13) a nomeação pela primeira vez em sua história de um muçulmano para o posto de delegado.


"Jamal Hakrouch, que é o primeiro delegado muçulmano da história da polícia israelense, foi nomeado hoje chefe do deparamento encarregado de desenvolver os serviços da polícia para o setor árabe", afirma a polícia em um comunicado.


"Trata-se de um programa que inclui a criação de novas instalações da polícia em localidades árabes e reforço das já existentes para que o trabalho da polícia seja mais acessível ao público árabe", acrescenta o texto.


Hakrouch, que vive em Kfar Kana (norte), entrou para a polícia em 1978 e ocupou muitos postos em sua carreira antes de obtener o posto de comissário, o mais elevado na polícia israelense.


"Em uma emotiva cerimônia, demos a patente de comissário a Jamel Hakrouch, primeiro muçulmano nesse posto na história da polícia israelense", parabenizou no Facebook o ministro da Segurança Interna Guilad Erdan, ligado ao primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu.


A comunidade de árabes israelenses, descendentes de 160 mil palestinos que ficaram em sua terra depois da criação deIsrael, em 1948, conta atualmente 1,4 milhão de pessoas, sendo 17,5% da população total.


A comunidade árabe-israelense se queixa de discriminações, especialmente em termos de emprego e moradia.




Globo Notícias 

© Copyright 2000-2016 Globo Comunicação e Participações S.A.


BESbswyBESbswyBESbswyBESbswyBESbswy