sábado, 21 de maio de 2016

Com a resignação do ministro para a Defesa Moshe Yaálon, o "linha dura" Yehudah Glick, conhecido activista a favor das orações dos judeus no Monte do Templo e que em 2014 sobreviveu milagrosamente a um atentado de que foi vítima às mãos de um palestiniano que disparou 4 tiros contra este judeu, irá ocupar o cargo vazio no parlamento em Jerusalém - o knesset


68 anos da restauração da independência de Israel - Milagre da nossa época!
Oliveira da Figueiraem Amigo de Israel - Há uma hora

*Nos 68 anos da restauração da Independência, festejou-se em Israel e um pouco por todo o Mundo. Judeus e não judeus, israelitas e não israelitas, amigos de Israel, todos. * Em Lisboa, amigos de Israel reuniram-se no lugar onde está o símbolo do *pogrom *anti-judaico de há quase 600 anos. Num momento em que o terrorismo islâmico se espalha pelo mundo, e pressiona diversas sociedades contra a democracia israelita (a única do Médio Oriente) gestos como estes são extremamente importantes para a continuidade do único estado judaico do Mundo! *Em Israel a festa veio para as ruas, ...mais »

YEHUDAH GLICK NO KNESSET
Shalom em SHALOM ISRAEL - Há 4 horas

Com a resignação do ministro para a Defesa Moshe Yaálon, o "linha dura" Yehudah Glick, conhecido activista a favor das orações dos judeus no Monte do Templo e que em 2014 sobreviveu milagrosamente a um atentado de que foi vítima às mãos de um palestiniano que disparou 4 tiros contra este judeu, irá ocupar o cargo vazio no parlamento em Jerusalém - o knesset - tendo já adiantado que respeitará as leis agora vigentes respeitantes à interdição de orações feitas por judeus e cristãos no lugar mais sagrado para o judaísmo. De qualquer modo, espera-se deste rabino nova iorquino de 50 anos... mais »